Revelando, imortalizando histórias e talentos
18.1.17

Museu da Difusora acreana

 

Museu da Difusora acreana recebe nome do primeiro diretor da emissora


Como forma de reconhecimento, após a reforma do prédio, o novo museu do espaço recebeu o nome do locutor. O local arquiva os itens que fizeram parte da trajetória da Difusora, como aparelhos de som, discos, fotos e cartas recebidas de todo o mundo.


Responsável por estar à frente dos grandes programas de sucesso da Rádio Difusora Acreana, tais como Correspondente Difusora, A Hora da Saudade e Ave Maria, além de escrever radionovelas, Alfredo Mubárac fez história durante sua passagem pelo veículo de comunicação, sendo ele o primeiro diretor artístico. EDITORIAS:

 

 

 

Lendas do Piauí: um resgate do imaginário popular. Obra de Arlene Portelada reúne 68 lendas extraídas do imaginário popular com ilustração de Mestre Portelada.

 

As estórias que permearam a infância da maioria dos piauienses, agora podem ser encontradas num compilado à venda nas bancas e livrarias. Lançado na sexta-feira (15), na Central de Artesanato Mestre Dezinho, o livro “Lendas do Piauí” representa o resgate da história do povo e da região nordeste. EDITORIAS:

Oficina Cultural gratuita

 

De janeiro até abril a Oficina Cultural , São Paulo, traz três ateliês gratuitos para quem quiser aprimorar técnicas em desenho e pintura.

 

O pintor Martins de Porangaba que expõe até 28/02 “Macunaíma: pinturas e desenhos de Martins de Porangaba” na casa ministrará dois ateliês nos dias 18 de janeiro e 19 de abril. O primeiro, às 14h00, é o inédito Ateliê de Modelo Vivo. A classificação é de 14 anos.EDITORIAS:

 

Expo Memorial da Resistência

 

Mostra fica em cartaz até 20 de março de 2017, no 3º andar do Museu e revela como foi a comunicação entre os presos políticos e seus familiares e amigos, por meio de cartas, nos anos de chumbo; testemunhos sobre as correspondências deverão ser coletados durante o período da exposição.

Figura meramente ilustrativa

 

SÃO PAULO (SP) BRASIL - A exposição Carta Aberta – correspondências na prisão, composta de aproximadamente 70 cartas, de dentro e fora da prisão, trocadas entre presos políticos e seus familiares e amigos entre os anos de 1969 a 1974.  EDITORIAS:

 
 

Em Belém, ministro visita maior coleção de livros raros do País, Grêmio Literário Português. 

(Foto: Tarso Sarraf)


Em seu primeiro compromisso oficial na cidade de Belém (PA),Brasil  o ministro da Cultura, Roberto Freire, visitou o acervo de livros raros do Grêmio Literário Português. Criada em 29 de setembro de 1867, a entidade completa neste ano 150 anos de existência. EDITORIAS:

  

 

Vá de trem: Conheça museus SP
 

Museu de Arte Sacra e Pinacoteca, por exemplo, ficam próximos à Estação da Luz da CPTM e têm entrada gratuita aos sábados. 


Quer aproveitar as férias de janeiro e visitar os museus de São Paulo? Sabia que alguns estão localizados próximo às estações da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos). Ao optar pelo trem, o visitante se livra de congestionamentos e ainda economiza. EDITORIAS: ,

 

 A banda irlandesesa U2 anuncia que celebrará o aniversário de 30 anos de seu álbum "The Joshua Tree”, um sucesso mundial de vendas, em uma turnê do disco na Europa e na América do Norte.

 

 

O disco de 1987 vendeu mais de 25 milhões de cópias em todo o mundo, e liderou as paradas musicais com seus hits "With Or Without You", "Where The Streets Have No Name" e "I Still Haven't Found What I'm Looking For". EDITORIAS:

 

 

 

A 25ª edição do Salão de Artesanato da Paraíba, Brasil, acontece este ano entre os dias 18 e 29 de janeiro, no Espaço Cultural, com o tema “Raiz cultural de um povo”. 

Foto: João Francisco \ Secom

 

O evento, uma realização do Governo do Estado, por meio do Programa de Artesanato da Paraíba (PAP), contará com cerca de 400 artesãos, representando um total de mais de 3 mil profissionais envolvidos, apresentando peças produzidas com materiais como algodão colorido, madeira, metal, osso, fios, pedras e produtos como cordel, xilogravura e comidas regionais.EDITORIAS:

 

Ed Wood com Johnny Depp

 

Um retrato exótico da vida daquele que foi eleito o pior cineasta de Hollywood de todos os tempos,  Ed Wood. Interpretado por Johnny Depp, em atuação magistral. Quanto ao filme, já nascera clássico. 

 

O veterano Martin Landau vive o papel de Bela Lugosi, grande amigo de Wood. Durante décadas Lugosi tentou colaborar para que o estigma de pior cineasta fosse eliminado do currículo o diretor, produtor e roteirista Ed wood. Não conseguiu. 

 

Focando os relatos nos anos 50, quando o diretor se envolveu com um bando de atores desajustados, incluindo um Bela Lugosi (Martin Landau) em fim de carreira. Durante esta época, ele produziu filmes de péssima qualidade.  EDITORIAS:

 

FORMAS & MEIOS: APOIO MASTER

                                  

Clique e acesse site

link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 00:05  comentar


Janeiro 2017
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10

15
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds