Revelando, imortalizando histórias e talentos
18.5.17

 

Compositor Marcus Viana faz trilha sonora para  “Nos Porões da Loucura”de espetáculo que retrata a história de hospital psiquiátrico

 

BELO HORIZONTE (MG) BRASIL - O Teatro Marília recebe nos próximos finais de semanas o espetáculo “Nos Porões da Loucura”, do diretor Luiz Paixão. 

 

A montagem retrata os momentos difíceis vividos pelos pacientes portadores de sofrimento mental e os indesejados pela sociedade, internados no Hospital Colônia de Barbacena. A peça fica em cartaz de 19 de maio a 11 de junho, sextas e sábados, às 20h30, e domingos, às 19h. Os ingressos serão vendidos com duas horas de antecedência, na bilheteria do teatro, por R$30,00 reais (inteira), R$15,00 (meia), e R$12,00 (nos postos do Sinparc e pelo site  www.vaaoteatromg.com.br). A bilheteria do teatro não aceita cartões. 

 

Com direção e concepção de Luiz Paixão e produção de Ana Gusmão, “Nos Porões da Loucura” resgata a trajetória do Hospital Psiquiátrico de Barbacena que culminou com a morte de 60 mil internos desde sua fundação em 1903.

 

Já a trilha sonora é assinada por Marcus Viana, um dos principais compositores de música instrumental brasileira, responsável pelas trilhas de diversas novelas, como “Pantanal”, “O Clone” e “A Casa das Sete Mulheres”, e dos filmes “Olga”, “Filhas do Vento” e “O Mundo em Duas Voltas”.

 

Espetáculo “Nos Porões da Loucura”

De 19 de maio a 11 de junho | sextas e sábados, às 20h30, domingos, às 19h

Classificação: 16 anos

Teatro Marília (Av. Alfredo Balena, 586, Santa Efigênia)

Ingressos a R$30,00 (inteira), R$15,00 (meia) e R$12,00 (nos postos Sinparc)

Informações para o público: (31) 3277-6319

 

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 22:16  comentar

 

Chris Cornell, músico norte-americano, que galgou os degraus da fama como vocalista do Soundgarden e mais tarde do Audioslave, morreu nesta quinta-feira em Detroit, USA, aos 52 anos de idade, informou seu representante. 

 

A família de Cornell irá trabalhar de perto com o médico legista para determinar a causa da morte, disse Brian Bumbery em comunicado. "Sua esposa Vicky e sua família ficaram chocados ao saber de seu falecimento súbito e inesperado", disse Bumbery. "Eles gostariam de agradecer aos fãs por seu carinho e sua lealdade constante e pedem que sua privacidade seja respeitada neste momento".

 

Cornell nasceu em Seattle, foi vocalista do grupo Soundgarden, uma das principais bandas do movimento grunge nos anos 1980 e 90. Em 1991, cujo álbum "Badmotorfinger", que vendeu um milhão de cópias.

 

Três anos depois a banda lançou "Superunknown", um sucesso comercial que rendeu dois Grammys ao grupo depois de chegar ao topo das paradas.

 

Em 2001, Chris Cornell se uniu a membros do Rage Against The Machine e formou o Audioslave, aclamado por seu disco homônimo, que vendeu três milhões de cópias. A Fundação Chris and Vicky Cornell arrecada fundos e faz parcerias com organizações para ajudar crianças que enfrentam pobreza, abusos e a falta de um lar.

 

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 22:14  comentar

Maio 2017
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13

14
17
20

25
26

28
29
30
31


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds