Revelando, imortalizando histórias e talentos
4.8.17

 

A partir desta quinta-feira (3), a Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo (SELJ) inicia um programa de visitas e exposições monitoradas em sua sede, um prédio histórico na Praça Antônio Prado, centro da capital paulista, onde funcionou durante décadas o extinto Banco de São Paulo.

 

Projetado pelo arquiteto Álvaro de Arruda Botelho e inaugurado em 1938, o edifício tombado pelo Condephaat é um importante símbolo do estilo art déco na capital e mantem detalhes da época, como os cofres particulares preservados, pisos, revestimentos e elevadores.

 

As visitas aos cofres (com portas produzidas pela empresa alemã Panzer, fabricante de tanques durante a Segunda Guerra Mundial), à antiga agência, aos elevadores, à sala de reuniões do presidente e ao terraço do sexto andar serão realizadas às quintas-feiras, das 8 às 10 horas. A exposição de móveis, quadros e itens históricos do edifício estará aberta ao público de segunda a quarta-feira, das 8 às 11 horas.

 

O secretário estadual de Esporte, Lazer e Juventude, Paulo Gustavo Maiurino, comentou sobre o novo projeto de visitação e exposição. “Os elementos históricos são muito presentes até hoje no edifício que sedia a SELJ e queremos levar à população o acesso a esse local desconhecido por grande parte dos moradores da cidade”, disse Maiurino.

 

O projeto de visitação e exposição do antigo Banco de São Paulo é uma realização da SELJ em parceria com a Imobiliária Refúgios Urbanos, ZAC Imóveis e Graziella dos Imóveis.

 

SERVIÇO

 

Visitação e exposição monitoradas do edifício-sede da SELJ (antigo Banco de São Paulo)

Datas fixas para visitação: quintas-feiras, das 8 às 10 horas

Datas fixas para exposição no cofre: segunda a quarta-feira, das 8 às 11 horas

Data de início das visitas: 3 de agosto de 2017 (quinta-feira)

Endereço: Praça Antônio Prado, nº 9, Centro, São Paulo-SP

E-mail para agendamento e informações: deborahturcultural@gmail.com

Mais informações: (11) 3104-8992 / 3241-5822

 

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 14:57  comentar

 

Mostra propõe passeio artístico e conta com cerca de 400 obras em homenagem ao Jubileu de 300 anos de Nossa Senhora Aparecida

 

Quem é apaixonado por arte não pode perder a mais nova exposição do Museu Afro Brasil (em São Paulo). A mostra “Barroco Ardente e Sincrético – Luso-Afro-Brasileiro” reúne cerca de 400 obras de nomes consagrados, como Mestre Valentim e Aleijadinho e é uma homenagem ao Jubileu de 300 anos de Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil.

 

A mostra introduz o visitante ao espírito do barroco, passando pelas suas referências na cultura erudita e popular, entre os séculos XVII e XIX. Além de traçar variadas manifestações do estilo artístico em Portugal e no Brasil, com ênfase em suas expressões em um país miscigenado.

 

Para assinalar o contexto histórico, a exposição registrará a Revolta dos Alfaiates (1798-1799), na Salvador do século XVIII, e apresentará algumas das festas profanas que surgem do advento do barroco: as cavalhadas de Goiás, a luta dos mouros e cristãos, o maracatu, o Rei de Congo e o bumba-meu-boi maranhense.

 

SERVIÇO

 

Exposição “Barroco Ardente e Sincrético – Luso-Afro-Brasileiro”

Até 3 de dezembro de 2017

De terça a domingo, das 10h às 17h

Museu Afro Brasil (Avenida Pedro Álvares Cabral, Portão 10, s/n – Parque Ibirapuera, São Paulo)

Ingressos a R$ 6 e R$ 3 (meia). Aos sábados de graça

www.museuafrobrasil.org.br

 

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 14:55  comentar

Agosto 2017
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
14
15
18

20
25

27
29
31


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds