Revelando, imortalizando histórias e talentos
8.1.17

 

Mário Soares morreu neste sábado,7, em Lisboa, aos 92 anos, é recordado como lutador antifascista, um dos fundadores da democracia portuguesa e do PS, europeísta e um político que disputou eleições até aos 82 anos.

 

 

Para homenagear o homem que fundou o PS, foi primeiro-ministro por três vezes e Presidente da República durante dez anos, o Governo português, liderado pelo socialista Antônio Costa, decretou três dias de luto nacional e o funeral, em Lisboa, terá honras de Estado. O funeral de Mário Soares vai realizar-se na próxima terça-feira, dia 10 de janeiro.

 

O corpo de Mário Soares vai parar primeiro na casa onde vivia o ex-Presidente, junto ao Campo Grande, onde ficará durante alguns minutos. Depois, vai passar pelo Campo Grande, volta à Avenida da República, passará pelo Saldanha e pelo Marquês do Pombal. Vai descer a Avenida da Liberdade, em direção à Câmara Municipal de Lisboa.

 

Mário Soares encontrava-se internado desde o dia 13 de dezembro, tendo sido transferido no dia 22 dos Cuidados Intensivos para a "unidade de internamento em regime reservado" do Hospital da Cruz Vermelha, depois de sinais de melhoria do estado de saúde.No entanto, no dia 24, um agravamento súbito da situação clínica obrigou ao regresso do antigo chefe de Estado à Unidade dos Cuidados Intensivos.

 

No dia 31 de dezembro, dia da última atualização feita pelo hospital sobre o seu estado de saúde, Mário Soares continuava em "coma profundo", mas "estável e com parâmetros vitais normais". Mário Alberto Nobre Lopes Soares, foi presidente da República, durante dois mandatos entre 1986 e 1996, além de primeiro-ministro por três vezes. (F&M\sapo.pt).

 

link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 00:02  comentar

Janeiro 2017
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10

15
18
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO