Revelando, imortalizando histórias e talentos
3.1.17

A Agência Nacional do Cinema (Ancine) e o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) divulgaram lista com 11 projetos para cinema e TV, inscritos em chamadas públicas de fluxo contínuo, que serão contemplados com investimentos do Programa Brasil de Todas as Telas. O anúncio inclui dois longas-metragens de ficção para as salas de cinema e nove projetos para a TV, sendo seis séries e três telefilmes documentais. O investimento total é de R$ 17,4 milhões em recursos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA).

 

Hackers x crackers, de Mauricio de Souza Dias, com exibição na Play TV; Somos o que perdemos, de Heloisa Passos, com exibição no canal Cinebrasil TV; e Pessoas, de Marcelo Machado, Lais Bodanski, Viviane Ferreira, João Jardim e Marco del Fiol, a ser exibida pelo Canal Curta!.

 

Também documentais são as séries Expedição Nordeste, de Vânia Alves Smith Lima, Rodrigo de Luna Vieira e Matheus Vianna (TV Aratu); Outras brasileiras, de Diego Dadalt (Globosat); Sonho americano, de Paulo Nascimento (Travel Box Brazil); e Matizes do Brasil, de José Belisário Franca (Canal Curta!). Duas séries de ficção com primeira exibição prevista para o SBT, na TV aberta, completam a lista: a segunda temporada de A garota da moto, de João Daniel Tikhomiroff, e Z4, de Alexandre Boury.

 

Pela Chamada Pública Prodecine 02/2016, na qual distribuidoras apresentam projetos de produção de longas-metragens, dois filmes de ficção com destinação inicial para as salas de exibição receberão recursos: Jovens polacas, de Alex Levy-Heller, apresentado pela Pipa Produções; e DAS - Divisão Antisequestro, de Vicente Amorim, apresentado pela Downtown Filmes.

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 18:20  comentar

Janeiro 2017
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10

15
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO