Revelando, imortalizando histórias e talentos
2.4.15

ESTREIA - Em atuação impecável, Hilary Swank vive mulher com esclerose amiotrófica em “Um Momento Pode Mudar Tudo”.

 

 

 

SÃO PAULO (SP) BRASIL  – Hilary Swanke vem se firmando cada vez mais em papéis fortes, confirmando que não se trata simplesmente de um rostinho bonito. 

 

Um Momento Pode Mudar Tudo” (2014) é focado na relação que se estabelece entre Kate (Hilary Swank), uma designer e pianista clássica diagnosticada com esclerose lateral amiotrófica, e sua nova cuidadora e compositora frustrada, Bec (Emmy Rossum), que não tem talento nem para exercer a sua função, nem para se encontrar em sua vida amorosa e profissional. Uma amizade inusitada que se fortalece quando o relacionamento da paciente, aparentemente perfeito, com o seu marido Evan (Josh Duhamel) manifesta uma crise.

 

A produção segue o caminho que já foi trilhado por “Intocáveis” (2013), com a diferença que o grande sucesso francês apostava num tom de comédia e mais humanidade aos seus personagens, enquanto este investe no melodrama. Com roteiro assinado por Shana Feste e Jordan Roberts, para adaptação do livro de Michelle Wildgen, um elenco, via de regra, correto ajudam a tornar esses tipos humanos mais reais.


O destaque, não poderia deixar de ser, fica com a protagonista da película. Hilary Swank em atuação impecável, mesmo não podendo sonhar com uma estatueta por conta deste papel -, ela consegue dignificar os dois Oscar que ornam sua casa (Meninos Não Choram (1999) e a outra por (Menina de Ouro, 2004). Hilary Swank dá vida no tom ideal que o papel pede, exige. Quando a progressão da doença ocorre, seu talento fica fica mais evidente. Os pequenos detalhes, por exemplo os movimentos à alteração da respiração e da fala. Vale conferir. 

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 22:43  comentar

Abril 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
14
16
17

19
21
22
23
25

26
28
29


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO