Revelando, imortalizando histórias e talentos
17.9.16


Uma das festas mais antigas e tradicionais do estado de Goiás, a Romaria de Carros de Bois da Festa do Divino Pai Eterno de Trindade, ganhou o registro de Patrimônio Imaterial do Brasil, e a Casa da Flor, localizada em São Pedro D'Aldeia, na Região dos Lagos, no Rio de Janeiro, foi tombada como Patrimônio Material Cultural.

 

Os anúncios ocorreram durante a 83° Reunião do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), nesta quinta-feira (15), em Brasília. O ministro da Cultura, Marcelo Calero, acompanhou a primeira parte da reunião, na qual foi aprovado o registro da Romaria de Carro de Boi. 

 

A devoção ao Divino Pai Eterno, em Trindade, começou por volta de 1840, quando um casal encontrou um medalhão entalhado com a imagem do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Desde então, muitas pessoas peregrinam até a região. Os carros de boi eram, antigamente, o principal meio de transporte para as famílias das zonas rurais. Mais tarde, permaneceram como tradição cultural. 

 

O Conselho também confirmou o tombamento da Casa da Flor como Patrimônio Cultural. Em 1912, Gabriel Joaquim dos Santos (1892-1985), um trabalhador nas salinas, de São Pedro D'Aldeia, na Região dos Lagos (RJ), abusando da criatividade decidiu construir sua própria casa.

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 00:53  comentar

Setembro 2016
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10





SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO