Revelando, imortalizando histórias e talentos
6.11.15

Diane Keaton é Ruth enquanto Morgan Freeman interpreta Alex. Eles estão casados há algumas décadas, moram num bairro de Nova Iorque que, de repente, tornou-se hipster, a ponto de seu pequeno apartamento passar a valer 1 milhão de dólares. 

 

 

Essa é a premissa de "Ruth & Alex", que o diretor Richard Locraine --trabalhando com um roteiro adaptado de um romance de Jill Ciment-- não se esforça muito para expandir. Diane e Morgan se esforçam, mas não conseguem superar as limitações da narrativa e dos personagens. Há algumas tramas paralelas que pouco acrescentam, como a doença do cachorro do casal e a caçada a um terrorista pela cidade.

 

 

 

A película parece uma metralhadora giratória, atira para todos os lados: comédia, romance, drama, crítica social à exploração imobiliária-- sem nunca decidir o que vai fazer quando crescer. Poderia ter rendido uma comédia cáustica sobre o mercado imobiliário, com a tentativa de Ruth e Alex lucrarem em cima de seu velho apartamento. Mas Locraine escolhe fazer um filme apenas fofo, muito devido ao carisma da dupla de atores.

 

 

As presenças de Diane e Freeman com variações de tipos – bem feitos -, que já interpretaram diversas vezes; ele é o homem idoso e sábio, que com fala baixa e pausada transmite seus ensinamentos. Já ela, por sua vez, é a mulher pragmática, cheia de energia e sagacidade para lidar com pessoas e resolver problemas.

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 22:44  comentar

Novembro 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11

15
19
21

26
28



SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO