Revelando, imortalizando histórias e talentos
16.10.16

 

Memória viva de antepassados é marca da obra Água de Barrela, de Eliane Alves Cruz. 


Imagine alguém que possui um baú cheio de tesouros no porão de casa, mas não tem ideia das preciosidades que guarda. 

 

É assim que a escritora Eliane Alves dos Santos Cruz, 50 anos, autora de Água de Barrela, se sente ao falar de seu primeiro livro. O romance conta a saga da família da autora desde sua origem, na África, até as relações constituídas no Brasil do século XIX. 

 

A publicação foi a vencedora da edição de 2015 do Prêmio Oliveira Silveira, oferecido pelo Ministério da Cultura, por meio da Fundação Palmares, com o objetivo de incentivar produções literárias que valorizem e deem visibilidade às manifestações culturais da população afro-brasileira. A autora precisou buscar ajuda de especialistas para verificar quais informações relatadas por sua tia-avó eram verdadeiras e quais eram fruto de alucinações.

 

A escritora acredita que, ao ler o livro, as pessoas começarão a se identificar com a história e a voltar-se para suas famílias com um olhar diferenciado sobre os mais velhos. Para pessoas com as quais muitos jovens não possuem contato, mas que são a base das raízes familiares. "Dar valor ao passado é importante para termos esperança de construirmos um futuro melhor.

 

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 01:32  comentar

Outubro 2016
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10


23



SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO