Revelando, imortalizando histórias e talentos
30.1.16

Luiz Inácio Lula da Silva e sua esposa Marisa Letícia, ou seja, rato e ratazana vão depor como investigados, dia 17 de fevereiro.

 

A intimação partiu do promotor de Justiça criminal de São Paulo, Cássio Conserino, que investiga tríplex 164 A, no Guarujá, que seria do ex-presidente; ex-presidente da OAS, José Adelmário Pinheiro, o Léo Pinheiro, também foi intimado. 

 

José Dirceu e Lula\Foto: Mauricio Cardim\ AgênciaFM

Ao saber da intimação " Eu sou um cidadão acima de qualquer suspeita. Eu e minha família estamos sendo alvo de um cerco de denúncias vazias", disse Luiz Inácio Lula da Silva, presidente do brasil. 

 

 

Conserino diz ter indícios de que houve tentativa de esconder a identidade do verdadeiro dono do tríplex 164 A, no Guarujá, que seria do ex-presidente, o que pode caracterizar crime de lavagem de dinheiro. Ainda no âmbito da Promotoria paulista foi aberto um inquérito em 2010 para investigar suspeitas de desvios de recursos da Cooperativa Habitacional dos Bancários do Estado de São Paulo (Bancoop), fundada nos anos 1990 por um núcleo do PT.

 

Os promotores acreditam que o ex-presidente Lula é o verdadeiro dono do tríplex 164 A, que passou por uma reforma milionária, bancada pela OAS. O valor da reforma foi da ordem de R$ 779 mil, e a obra foi suprevisionada por Marisia Letícia, então primeira-dma do Brasil. 

 

 

Mediante tudo isso, a Polícia Federal incluiu o triplex 164-A, que seria da família do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no rol de imóveis com “alto grau de suspeita quanto à sua real titularidade” sob investigação na Triplo X. 

 

Declaração de patrimônio


 

Em 2006, quando se reelegeu presidente, Lula declarou à Justiça eleitoral possuir uma participação em cooperativa habitacional no valor de R$ 47 mil.

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 00:03  comentar

Janeiro 2016
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

12
14
16

18
21

24
25
26
28
29

31


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO