Revelando, imortalizando histórias e talentos
18.8.16

 

O'Neal, Hiller e MacGrow
O cineasta canadense Arthur Hiller, de “Love Story: Uma História de Amor”, que tem como protagonistas Ali MacGraw e Ryan O’Neal, o maior sucesso de 1970, morreu nesta quarta-feira,17, aos 92 anos, informou Academia de Artes e Ciências.

 

 

 
Cinematográficas. morreu de causas naturais em Los Angeles, declarou a Academia em comunicado. O diretor foi o presidente da Academia, que organiza a cerimônia anual do Oscar, de 1993 a 97 e foi durante muito tempo integrante da seção de diretores da organização.
 

 

 

Arthur Hiller dirigiu quase 40 filmes entre os anos de 1957 a 2006, em todos os gêneros: comédias, dramas, histórias de guerra, sátiras e musicais. O'Neal, MacGraw, George C. Scott, Maximilian Schell e John Marley, com interpretações indicadas ao Oscar foram dirigidos por Hiller.

"Love Story" foi indicado a sete Oscars, incluindo o de melhor filme e o de melhor diretor. Porém, venceu somente um, o de melhor música original. O filme "Love Story" conta a história de um romance frustrado entre o privilegiado Oliver (O’Neal) e Jennifer (MacGraw), de classe mais baixa. Ele traz uma das mais famosas falas do cinema dos anos 1970: “Amar é jamais ter que pedir perdão.”

link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 00:42  comentar

Agosto 2016
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9

15

22

29


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO