Revelando, imortalizando histórias e talentos
9.5.14

Morre um dos grandes intérpretes da canção popular brasileira, Jair Rodrigues de Oliveira

 

Ao lado dos filhos na sala da casa do artista, em reportagem para o

sitio português, O Público por FM. 

 

SÃO PAULO (SP) BRASIL - O cantor Jair Rodrigues foi encontrado morto dentro da sauna de sua casa, em Cotia, grande São Paulo. Segundo informações, ele foi vítima de um ataque cardíaco fulminante e foi encontrado pela empregada da família por volta das 9h00. Rodrigues ficou famoso ao defender composição de Geraldo Vandré e Téo de Barros, Disparada, em Festival apresentado na TV Record, 1966. 

 

Em 7 de fevereiro de 2010, no Pholia na Luz, ex-Pholia na Faria, o cantor foi homenageado com o Samba-enredo "Festa Para um Rei Negro: Jair Rodrigues" tema que a Associação Brasileira de Clubes da Melhor Idade {A.B.C.M.I.}.  O samba em homenagem aos 50 anos de carreira ao cantor nascido em Igarapava, interior paulista, foi interpretado por Raimundo José e Denilson Benevides, ambos amigos de Jair Rodrigues.

 

Jair, o eclético

 

Jair Rodrigues, cuja fama vem desde 1965 ao lado de Elis Regina, no programa O Fino da Bossa mantém aos (74 anos - na época da matéria o Jornal O Público)  uma energia invejável e vai a caminho da meia centena de discos. Entre seus álbuns indicados 'Dois na Bossa', 'Em Branco E Preto', 'Serestas & Serenatas'. O intérprete foi indicado ao Grammy Latino de Melhor Álbum de Samba/Pagode. Suas músicas mais conhecidas: Disparada, Deixa Isso Pra La, Tristeza, Vaqueiro de profissão e Majestade o Sabiá. Como se pode ver, Jair começou cantando samba, explodiu na MPB e flertou fortemente com a música sertaneja. Também é pre-cursor do rap no Brasil ao gravar "Deixa isso pra lá", de 1964. 

 

Jair Rodrigues de Oliveira, nasceu em 6 de fevereiro de 1939 (75 anos), Igarapava, São Paulo, era casado com Clodine Mello, deixa dois filhos Jair Oliveira (Jairzinho) e Luciana Mello, ambos cantores. O último show do artista foi na noite do dia 7 de maio, em São Lourenço, sul de Minas Gerais. O corpo do cantor será velado na Assembléia Legislativa de São Paulo, no Parque do Ibirapuera, zona sul da cidade. 

 

 

http://agenciafm.blogspot.com.br/2010/02/raimundo-jose-denilson-benevides.html


http://agenciafm.blogspot.com.br/2013/02/luciana-mello-canta-dia-16-em-portugal.html

 

-------------------

 

Conheça letra do samba-enredo em homenagem ao ícone popular Jair Rodrigues

 

"FESTA PARA UM REI NEGRO: JAIR RODRIGUES"

 

Em fevereiro de 2010, Jair Rodrigues foi enredo para o samba Pholia na Luz, do Bloco Unidos da Melhor Idade. Compsoição feita a quatro mãos: Denilson Benevides, Raimundo José, Misturinha e Arnaldo, captaram o espírito de 'jajá' a cada estrofe. Os dois primeiros compositores, além de cantores reconhecidos dentro e fora do Brasil, também eram grandes amigos do homenageado, Jair Rodrigues.

 

Chegando em disparada na avenida

A melhor idade vem mostrar

Festa para um negro

50 anos de sucesso popular

Teu canto me arrebata e arrepia

Tua história, só nos faz emocionar

Jair, cantamos agora

 

Sucesso que jamais se esquecerá

(Bis) Olelê, olalá, paga no ganzê,

Pega no ganzá

(Bis) Lalaiala, Laialaialaiala

Laialaialaiala, quero de novo cantar

 

Igarapava te mandou

E viu tua vida se transformar

Salgueiro, Portela querida

 

E os grandes festivais

Prepare o seu coração

 

Que hoje, eu quero cantar

Pois veio lá do sertão

O grande cancioneiro popular

Menino feliz, de bem com a vida

Crescendo em São Carlos

 

E o povo aplaudindo

Menino feliz, de bem com a vida

Que veio prá noite

 

Da noite pro mundo

Encantando nossos corações

Nos faz cantar assim...

 

------------------------------------------------------------

 

BIENAL DO LIVRO 2014

 

 

O escritor cearense Moreira Campos é um dos homenageados na Bienal do Livro 

 

 

 

 

 

TIANGUÁ (CE) BRASIL - No dia 7 de maio, marcou os 20 anos de falecimento de um dos maiores escritores brasileiros de todos os tempos: o cearense Moreira Campos. A Secretaria da Cultura do Governo do Estado presta homenagem ao autor e divulga uma série de atividades relacionadas à vida e à obra do grande contista, que serão realizadas na programação da Bienal do Livro do Ceará 2014, marcada para 5 a 14 de dezembro, no Centro de Eventos do Ceará, com realização do Governo do Estado, por meio da Secult e de secretarias e instituições parceiras. O autor de "Dizem que os cães veem coisas" será o homenageado especial da Bienal, contando com uma série de ações e lançamentos, em sua memória. 

 

 

 

Começando pela republicação, em dois volumes, da obra completa de Moreira Campos e pelo lançamento de uma obra inédita, "A Gota Delirante". E pela presença de referências a Moreira Campos, a seu tempo e a seus personagens, na ambientação de toda a Bienal. Incluindo uma reprodução do Bosque Moreira Campos, espaço da Universidade Federal do Ceará (UFC), que será recriado cenicamente no Centro de Eventos.

 

 

 

A Bienal 2014

 

 

 

A Bienal do Livro do Ceará 2014 promete ser um evento de grandes dimensões, contemplando diferentes segmentos da cena literária, do infantil ao acadêmico, do juvenil às biografias, dos estreantes aos veteranos, dos livros para públicos mais específicos às publicações de maior apelo e resposta de público.

 

 

 

Outra diretriz da Bienal é a integração com as ações das políticas de educação e de livro e leitura do Ceará, com a presença de estudantes e professores das escolas da rede estadual, de representantes da rede estadual de bibliotecas, a participação dos agentes de Leitura e ações para visibilidade a livros de autores cearenses, publicados com apoio da Secretaria da Cultura através dos editais do Mecenato e de Incentivo às Artes.

 

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 04:22  comentar

Maio 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

13
17

19
21
23

25
26
27
30


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO