Revelando, imortalizando histórias e talentos
5.12.16

O  historiador de cinema de origem francesa Jean-Loup Passek, cujo espólio esteve na base da criação do Museu de Cinema de Melgaço, morreu nesta segunda-feira, 5,  aos 80 anos, informou a autarquia local na sua página no Facebook.

 

Segundo a informação partilhada pelo município de Melgaço, Jean-Loup Passek foi diretor editorial do "Dictionnaire Larousse du Cinema", conselheiro para o cinema do Centre Georges Pompidou, fundador e diretor do Festival de la Rochelle e coordenador da "Caméra d'Or" do festival de Cannes.

 

Também dirigiu o Festival Internacional de La Rochelle (de 1973 a 2001), foi conselheiro de cinema do Centro Pompidou (de 1978 a 2011).

 

Ele colecionou inúmeros objetos, testemunhos, documentos, raridades da Sétima Arte, reunindo um espólio pessoal com mais de cem mil fotografias, milhares de cartazes, livros e um magnífico conjunto de aparelhos do período do designado pré-cinema.

 

Jean-Loup Passek foi distinguido em setembro de 2016  com a Medalha de Mérito Cultural, na Cinemateca Portuguesa, que lhe foi entregue pelo secretário de Estado da Cultura, Miguel Honrado.

link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 23:59  comentar

Dezembro 2016
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11

18
23
24

25


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO