Revelando, imortalizando histórias e talentos
24.9.16

 

O Prêmio Funarte de Composição Clássica está recebendo partituras inéditas até o dia 13 de outubro.

No concurso, serão selecionadas 45 obras para compor o repertório da XXII Bienal de Música Brasileira Contemporânea, a ser realizada pela Fundação Nacional de Artes (Funarte) em outubro de 2017.

 

De acordo com Flavio Silva, coordenador de música erudita da Funarte, o prêmio revela talentos e reconhece profissionais que já tem experiência comprovada. "Os participantes têm um bom nível. O concurso é uma iniciativa importante para escolher as obras que vão para a bienal, realizada desde 1975", destaca.

 

No edital, estão contempladas uma obra para orquestra de câmara, com prêmio de R$ 22 mil; seis peças para orquestra de cordas (R$ 18 mil); 10 partituras para conjuntos de seis a dez intérpretes (R$ 17 mil); 12 obras para conjuntos de três a cinco intérpretes (R$ 12 mil); e 16 peças para solista ou duo (R$ 11 mil). "Uma comissão de seleção formada por 11 regentes e compositores de todo o Brasil reúne-se no Rio para escolher as obras", explica Flavio.

 

A seleção realizada por esses músicos contemplou os compositores Aylton Escobar, Dimitri Cervo, Edino Krieger, Edson Zampronha, Eli-Eri Moura, Ernani Aguiar, João Guilherme Ripper, Liduino Pitombeira, Marisa Rezende, Marlos Nobre, Oiliam Lana, Paulo Costa Lima, Ricardo Tacuchian, Ronaldo Miranda e Wellington Gomes.

 

As propostas deverão ser encaminhadas, juntamente com a ficha de inscrição e a documentação solicitada, para o seguinte destinatário:

Prêmio Funarte de Composição Clássica 2016
Centro da Música / Fundação Nacional de Artes – Funarte
Rua da Imprensa 16, sala 1308
20030-120 – Rio de Janeiro (RJ)

Mais informações:  clássicos@funarte.gov.br.

 

ESTA MATÉRIA PODE SER ACESSADA EM FMculturaTAMBÉM: Labels: 

 

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 20:16  comentar

Setembro 2016
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10





SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO