Revelando, imortalizando histórias e talentos
9.10.16

Homenagem ao centenário do sambista Silas de Oliveira

 

Um dos grandes personagens da história do samba, o compositor Silas de Oliveira (1916-1972) é tema do vídeo que a Fundação Nacional de Artes – Funarte  divulga em sua página no YouTube nesta terça-feira, dia 4 de outubro de 2016, quando se completam exatos 100 anos do nascimento daquele que é considerado o mestre do samba-enredo. 

 

 

Silas foi um dos fundadores do Império Serrano, tradicional escola de samba do Morro da Serrinha, na Zona Norte do Rio, para a qual compôs grandes clássicos, como Aquarela brasileira (para o carnaval de 1964) e Heróis da liberdade (em 1968, em parceria com Manoel Ferreira e Mano Décio da Viola), entre muitos outros sambas.

 

 

A parceria com Mano Décio e algumas das obras-primas de Silas de Oliveira são destaques do vídeo, produzido pelo Centro de Programas Integrados da Funarte. O vídeo traz também depoimentos de especialistas em samba, como o baterista, cantor e compositor Wilson das Neves; o historiador Luiz Antonio Simas; e as escritoras e pesquisadoras Rachel Valença e Marília Trindade Barboza – esta última autora da biografia Silas de Oliveira: do jongo ao samba-enredo, escrita em parceria com Arthur Loureiro de Oliveira Filho e publicada pela Funarte em 1981, através do concurso de monografias promovido pela instituição a partir de 1979.

 

 

Além do samba-enredo, Silas de Oliveira também fez história como compositor de sambas de partido-alto, como Na água do rio, com Manoel Ferreira; e sambas de terreiro, como Apoteose ao samba, Amor aventureiro (ambos com Mano Décio da Viola) e Meu drama (com Joaquim Ilarindo), este último grande sucesso do cantor Roberto Ribeiro.

 

Vídeodepoimentos produzido pela Funarte (Fundação Nacional das Artes) comemorativo ao centenário do sambista:

 

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 00:27  comentar

Outubro 2016
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10


23



SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO