Revelando, imortalizando histórias e talentos
14.5.14

Nascida em Nova Iorque, desde sua estreia Susan Hayward foi considerada uma das atrizes mais belas e talentosas que Hollywood e o mundo testemunhou. Mas, alcançar o estrelato não foi nada fácil

 

 

Susan travou uma luta árdua para vencer no cinema. No ano de 1935, após realizar alguns testes não muito bem sem sucedidos na Broadway, Edythe Marrenner (nome de batismo) optou pela carreira de modelo. Em 1937, teve suas fotografias publicadas no jornal Saturday Evening Post, então,  foi convidada por David O. Selznick para participar de um teste de fotogenia para seu filme; ...E o Vento Levou. 

 

O teste seria para o papel de Scarlett O´Hara, que foi desempenhado por Vivien Leigh. A busca por rostos bonitos era uma constante em Hollywood, e o grande diretor William A. Wellman também estava em busca de uma jovem estrela para seu filme. Ao encontrá-la encantou-se com a beleza estonteante da modelo, deu-lhe o papel de Isobel Rivers na película Beau Geste, cujo papel masculino foi desempenhado magistralmente por Gary Cooper. Em 1939, Susan Hayward estreava na telona mas, isso não significava sua consagração como atriz, algo ainda muito  longe de acontecer.

 

Com uma indicação ao Oscar em 1947 pelo filme 'Desespero', tudo parecia que engrenaria na telona. Mas, perdeu o prêmio para talentosa Loreta Young. Outra vez seria indicada ao Oscar, desta vez em 1949, por sua atuação no melodrama 'Meu Maior Amor'. Outra vez deixou escapar a cobiçada estatueta para sua concorrente Olivia De Havilland, por sua atuação magistral em 'Tarde Demais'. Em 1952 com Meu Coração canta, e em 1955 com Eu Chorarei Amanhã, novamente é derrotada por Shirley Bothe e Ana Magnani respectivamente. Com a decepção profissional que estava vivendo, Susan Hayward sofria grandes desilusões com seu ex-marido, o ator secundário Jess Barker. 

 

Em 1953 após uma discussão onde sofrera diversas agressões físicas, Susan Hayward, fora lançada por Barker dentro da piscina onde este tenta afogá-la, o motivo? Era fútil, ele queria um novo cadilac. A notícia gerou um escândalo em Hollywood, e isso fez Susan pedir o divórcio. O insistente  Baker, não assimilou a situação e, constantemente, com pretexto de visitar os Gregory e Timothy, aproveitava para  extorquir algum dinheiro da atriz. 

 

A situação estava insuportável, e ela, a  beira de um colapso nervoso. Então,  Susan Hayward preferiu não mais viver daquela maneira e decide por um fim em sua triste vida ingerindo dois vidros de seconal.  Em 1973, ela foi diagnosticada com um câncer cerebral sem nenhuma chance de cirurgia. Neste caso a vida imita a arte pois dez anos antes Susan Hayward havia interpretado uma personagem com um tumor cerebral em 'Horas Perdidas', ( versão do melodrama 'Vitória Amarga' com Bette Davis de 1939). No ano de 1974 participou da cerimônia do Oscar, sua última aparição pública. Na noite de 14 de março de 1975, morre Susan Hayward aos 57 anos. 

link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 00:01  comentar

Maio 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

13
17

19
21
23

25
26
27
30


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO