Revelando, imortalizando histórias e talentos
29.12.09

 

 
Garoto-propaganda da Coca-Cola e da primeira calça jeans brasileira. O campinense Bob Nélson foi o responsável pela fusão da música caipira brasileira com o gênero country norte-americana. Em 1974, recebeu homenagem de Roberto e Erasmo Carlos com a música "A lenda de Bob Nélson" gravado por Erasmo Carlos.
 
Quando a Coca-Cola foi lançada no Brasil escolheu a figura de Bob Nélson como seu garoto-propaganda. O mesmo acontecia com a boa e velha calça jeans, a Far West; ele era o tipo adequado para divulgar a marca no Brasil. Seu estilo inconfundível, além da indumentária, era também a jovialidade, algo que ele preservou até os 91 anos. Bob Nélson fez carreira primeiramente no rádio, depois na música e na publicidade brasileira. Na publicidade, seu nome entrou para história como um dos primeiros a estrelar a campanha de lançamento de um produto, a Coca-Cola. Ídolo de Raimundo José, de Roberto Carlos, antes de assumir os microfones da rádio Tupi de São Paulo, em 1943, trabalhou como caixeiro-viajante, percorrendo quase todo o território nacional, e também na farmácia de propriedade de seu irmão.

Mudou-se para o Rio de Janeiro, onde passou a trabalhar na Rádio Tupi e a cantar na noite carioca. Participou de programas vespertinos de grande audiência na televisão na décadas de 50 e 60, " O Mundo é da Criança" com apresentação de Aérton Perlingeiro, cujo público alvo era o infantil, na TV Tupi. Chegou a assinar contrato de exclusividade com a Rádio Nacional, a maior audiência na época, e lá, permaneceu até meados dos anos 70. Nélson foi pioneiro na fusão entre música caipira brasileira e o country norte-americano, na década de 40. Inspirado nos filmes de Gene Autry, ele passou a se caracterizar como o "tirolês-caubói", cantando versões de canções do Oeste americano.

No ano de 1943 foi premiado pela TV Cultura de São Paulo por sua versão da música de Stephen Foster Oh! Susana, um dos maiores sucessos do alegre vaqueiro brasileiro. No cinema, sob direção de Watson Macedo para a empresa cinematográfica Atlântida, atuou em filmes como Segura esta mulher", 1946, e Este mundo é um pandeiro",1947.
Com a introdução da Coca-Cola no Brasil, na metade dos anos 40, Bob Nélson participou da primeira campanha publicitária do refrigerante, ao lado de Emilinha Borba e Francisco Alves, devidamente caracterizado de vaqueiro com chapéu e lenço amarrado no pescoço. A primeira calça jeans brasileira, a Far West, buscou na figura popular do caubói, a divulgação de seu produto.

Bob Nélson morou no Rio de Janeiro por mais de 60 anos, no bairro de Copacabana, à rua Paula Freitas. Lá, era facilmente reconhecido como um dos importantes componentes da época de ouro do rádio brasileiro. Também era reconhecido como alto membro da Escola de Samba Império Serrano, pela qual desfilou enquanto a saúde permitiu. quando morreu, em agosto de 2009 por complicações cardíacas. O radialista, cantor e ator Nélson Roberto Perez, nasceu no município paulista de Campinas, em 1918, e morreu em agosto de 2009, de parada cardíaca após complicações pulmonares.
 
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 18:21  comentar


Dezembro 2017
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO