Revelando, imortalizando histórias e talentos
3.3.17

FOTO: Rochinha -
(Reprodução somente 

com autorização


Pintora e desenhista, nasceu em 1876, Rio de Janeiro, RJ, e aos dezesseis anos começou a estudar desenho e pintura com Nicolau Antonio Facchinetti. Foi sua aluna durante seis anos. Sua produção conhecida e estima-se, nos dias atuais, em cerca de vinte e cinco peças entre desenhos, aquarelas e pinturas sendo que, a maior parte com inspiração em vistas da Baía de Guanabara e Serra dos Órgãos, RJ. Era vizinha de Louise e Eliseu Visconti, e chegou a figurar, com seus filhos, em algumas cenas pictóricas de Visconti. Amélia Silva Costa, assinava sua produção pictórica ( A.COSTA).


Foi figura relevante nas artes plásticas em sua época. Poucas telas restaram de seu legado pictórico. Essa tela - denominada de K11, návio que leva o nome de seu marido -, é uma raridade absoluta. Tanto pela escassez de telas da pintora quanto pelo tempo de sua realização, estima-se que a pintura tenha no mínimo cem anos. A pintora foi homenageada na SP Art. Tela carece de pequeno reparo.


Avô


Provavelmente influenciada pelo avô estudou música e literatura, pois era sobrinha do escritor Guimarães Júnior, autor do romance humorístico 'A família agulha' (1900) e de um Perfil biográfico de Pedro Américo (1871), entre outros livros. Amélia e Felinto tiveram duas filhas e um filho Yvone, Sylvia e Armando Perry.


Marido


Seu marido, o Almirante Felinto Perry nasceu no Rio de Janeiro, em 2/2/1870. Faleceu também no Rio em 2/12/1929, foi herói da Revolta da Armada, e também responsável pelos primeiros submarinos da esquadra brasileira. Amélia Silva Costa viveu grande parte de sua vida em Teresópolis. (Leia sobre Felinto Perry em http://www.mar.mil.br/forsub/historico.html


Medidas: 80x1,00

 

 

VALOR:60.000,00

5511/2848-3230/ 9-6893-9392

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 00:24  comentar


Abril 2017
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
14
15

19
21

23
26
28
29

30


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO