Revelando, imortalizando histórias e talentos
28.1.12

Bonecas Karajá fazem parte do patrimônio cultural brasileiro

Uma referência cultural nas aldeias indígenas, as bonecas Karajá passaram a ser parte do patrimônio cultural do Brasil.
O artesanato das bonecas, muitas vezes, é a única ou a mais importante fonte de renda das famílias. A confecção das figuras de cerâmica - chamadas na língua nativa de ritxòkò (na fala feminina) e ritxòò (na fala masculina) - envolve técnicas tradicionais transmitidas de geração a geração.
A atividade exclusiva das mulheres é desenvolvida com o uso de três matérias-primas básicas: a argila ou o barro - suù; a cinza, que funciona como antiplástico; e a água, que umedece a mistura do barro com a cinza. As ritxòkò têm significados sociais profundos, reproduzindo o ordenamento sociocultural e familiar dos Karajá.
Com motivos mitológicos, de rituais, da vida cotidiana e da fauna, as bonecas Karajá são importantes instrumentos de socialização das crianças que se vêem nesses objetos e aprendem a ser Karajá. A proposta, aprovada na última quarta-feira (25), foi apresentada ao Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) pelas lideranças indígenas das aldeias Buridina e Bdè-Burè, localizadas em Aruanã, Goiás, e das aldeias Santa Isabel do Morro, Watau e Werebia, localizadas na Ilha do Bananal, no Tocantins, com anuência de membros das aldeias Buridina, Bdè-Burè e Santa Isabel do Morro.
EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 13:39 

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Janeiro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9

16
17
20

22
25

29
30
31


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds