Revelando, imortalizando histórias e talentos
8.6.12




Sua soltura composicional vem sendo mostrada a partir do disco de estreia "Procissão das formigas". Reafirmada em "Colheita dos versos", consagrada em "Batuque do Coração" e emolduradas em "A nudez de um fonograma", onde canta e diz ao mesmo tempo sobre linhas melódicas de lastro estético.



Foto em Botucatú - SP - 1995




Versando sobre temas rurais e urbanos ou em regravações de compositores pontuais exemplo Geraldo Vandré ou Caetano Veloso, este brasileiro do Maranhão é detentor de capacidade inesgotável de surpreender não somente em seus ritmos melódicos mas também na forma de construir suas letras. Todo mundo sabe da diversidade e rica contribuição de índios, negros originários de Daomé, atual Benin, e franceses que homenagearam a capital do estado dondo nome ao seu protetor. O estado também presenteia o Brasil com tambor-de-crioula, bois de matraca, lelê e mangaba, Festa do Divino entre outras manifestações populares.


Quando se percebe toda essa exuberância cultural, então, pode-se entender melhor as influências e vertentes de Lourival Tavares, que se utiliza de todas ao mesmo tempo, sem intenção de mostrar como simples curiosidade turística ou cartão-postal. Tem personalidade e atitude naturais que, vindas do sertão do estado flui e fundem-se com os faróis dos carros e as antenas das TV' s das metrópoles numa simbiose entre ritmos fortes adornadas por melodias sutis. Como se pode perceber, ele não se fixa somente na rica matéria-prima adquirida no seu torrão natal: sem deixar de ser o que sempre foi; soube evoluir em sua obra inquieta, pessoal. Nesta vertente, não citar Lourival Tavares como um dos maiores compositores, seria no mínimo, má vontade.

 


O cantor se prepara para cumprir agenda de shows no Maranhão e Piauí, neste mês de junho, onde poderá apresentar um repertório com canções de sua autoria como Canto Razão, O evangelho segundo a música popular brasileira, Solidão das Lamparinas, Anatomia da razão, Canto razão e "Enluarado ou parcerias frutíferas exemplo "Manhã do século XXI " (Tavares \ Edmilson Costa), Velha calça de xadrez ( Tavares, Josias Sobrinho e Éden Bentes), No batuque do coração (Tavares  Luiz Carlos Bahia) regravações elogiadíssimas como "Pequeno concerto que virou canção" (Geraldo Vandré), o Ciúme (Caetano Veloso ...) entre outras onde ele evoca mitos, liberdade, deuses que permeiam o universo do poeta cantador. (Formas&Meios).


Contato para shows


55 11\ 9847-9789

55 11\ 2848-3230


Francisco Martins

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 19:06  comentar

Junho 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
15
16

22
23

24
25
30


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO