Revelando, imortalizando histórias e talentos
1.7.12


Olimpiadas Londres 2012 terá com torre de 115 metros de altura. Para construir a The Orbit foram necessários 8 quilômetros de aço tubular, e a necessidade de ser erguida em menos de um ano

Foto: Cícero Silva/Agência FM

LONDRES - INGLATERRA - Denominado The Orbit, o monumento que deverá ser um dos pontos de visitação na cidade, é a maior obra pública da história de Londres, superando o Big Ben e a Coluna de Nelson. Localizada no coração da Vila Olímpica, a obra está sendo testada em seus ajustes antes de inaugurar aquele que promete ser uma grande atração não somente durante os dos Jogos Olímpicos de 2012. Medindo 115 metros, o The Orbit, contém em sua construção criatividade e tecnologia da Grã-Bretanha. A torre foi planejada pelo artista plástico Anish Kapoor e pelo arquiteto e designer Cecil Balmond.  

Durante os Jogos acontecerão  grandes eventos incluindo uma grande exposição mundial  relacionada as edições dos Jogos Olímpicos. Entretanto, a organização londrina quer mais, é preciso construir algo que seja um marco na história dos jogos. A obra surpreende até mesmo os autores que declararam "Eu não tinha a menor ideia de que chegaríamos a algo tão magnífico quanto isso" disse Boris Johnson, prefeito de Londres. 
 
 
A torre tem uma estrutura bastante complexa com uma única linha toda retorcida e inclinada. Também tem uma única linha que vai seguindo em frente. . A obra tem semelhança com um sistema planetário, porém, uma leveza e tensão na sua forma. Trata-se de um 'símbolo bem contemporâneo, algo bem antenada com o século XXI.  


 
The Orbit/Foto: F.Martins

 
 
O distrito de Lancashire, a 320 quilômetros de distância de Londres, é a sede da empresa com experiência no ramo começou a confecção da torre. Ela já forneceu material para a construção da Millennium Bridge e do estádio do Arsenal, ela nunca tinha assumido um projeto tão complexo quanto o do ícone olímpico. 
 

Uma das preocupações era garantir a precisão milimétrica necessária para encaixar as conexões do monumento, foi criado um sistema de lasers controlado por computadores. A sua estrutura foi montada, mas ainda falta colocar as escadarias  levarão os visitantes ao topo. Quando os Jogos Olímpicos acabarem, The Orbit permanecerá acima do parque olímpico “Rainha Elizabeth”, estabelecendo novos padrões de sustentabilidade e acessibilidade.  "O projeto de revitalização continuará nos próximos 20 a 25 anos, quando construiremos as casas, as escolas e os centros comunitários, não apenas para londrinos, como também para turistas nacionais e internacionais ", diz  Malcolm Ross, diretor executivo da empresa.(Francisco Martins).
EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 14:11  comentar

Julho 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15




SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO