Revelando, imortalizando histórias e talentos
21.9.12
Exposição com fotos raras de guru indiano, por Cartier-Bresson, em exposição na Índia
 
NOVA DÉLHI - ÍNDIA - Exposição de fotografias do mestre  francês Henri Cartier-Bresson feitas de um guru indiano que chegou a ser indicado para o Prêmio Nobel da Paz e sua parceira espiritual nascida na França, estão em exposição na capital indiana Nova Délhi.
São mais de cem cópias de fotos de um álbum arrematado em um leilão de Londres por um colecionador de arte, feitas em alguns meses antes de Sri Aurobindo, fundador da comunidade na cidade francesa colonial de Pondicherry, falecer em 1950.
 
Toda técnica do pai do fotojornalismo, Cartier-Bresson, ficam evidentes a partir do momento em que aquele país  lhe permitiu registar imagens do funeral de Mahatma Gandhi, em janeiro de 1948.
 

Em preto-e-branco as fotos tiradas por Cartier-Bresson morto em 2004 aos 95 anos de idade, apresentam Aurobindo em seu quarto, e a Mãe dialogando com os devotos. A série de imagens de, a Mãe, nascida Mirra Alfassa, em Paris, é vista jogando tênis.
As fotos haviam sido mantidas fora da vista do público por décadas. Algumas das imagens foram publicadas na revista britânica Illustrated em 1951, mas a Mãe se opôs à maneira com que Aurobindo foi descrito no artigo que acompanha s imagens, no qual sua secretária pessoal descreveu como "indescritivelmente vulgar" em uma carta enviada a Cartier-Bresson.
 
A  Mãe do guru comprou todos os negativos de fotos por 3.000 dólares da Magnum Photos, agência fundada por Cartier-Bresson, e depois imprimeiu álbuns para vender os devotos. O material foi colhido por Cartier-Bresson em abril de 1950. MAIS: http://overmanfoundation.wordpress.com/2011/05/01/the-last-photographs-of-sri-aurobindo/
EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 00:46  comentar

Setembro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9

17
19
20

23
25



SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO