Revelando, imortalizando histórias e talentos
1.12.13

8ª Mostra cinema e Direitos Humanos, Curitiba

 

Com o apoio da Secretaria de Estado da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, será exibida, de quarta (4) a segunda-feira (9), a 8ª. Mostra de Cinema e Direitos Humanos na América do Sul. 

 

CURITIBA (PR) BRASIL - A abertura será às 19h na Cinemateca de Curitiba, e a realização é da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, em parceria com o Ministério da Cultura. Serão exibidos, gratuitamente, 24 filmes sul-americanos divididos entre curtas, médias e longas-metragens em formato digital.Alinhando imaginação e pensamento a Mostra começou no dia 26 de novembro, com estreia oficial em Vitória (ES), e segue até 22 de dezembro, com projeção de 38 filmes em todo o território nacional, alternando-se pelas 26 capitais, Distrito Federal e interior do país.  EDITORIAS: atualidades, filmes em cartaz

 

 
 

Ótima estreia - filme multinacional  "Trem Noturno para Lisboa" adaptado do bestseller  de Pascal Mercier tem atores portugueses

 

 

Coproduções com profissionais de vários países traz "Trem Noturno para Lisboa" - 2013, do dinamarquês Bille August.

 

Trata-se de uma adaptação do livro homônimo de Pascal Mercier, pseudônimo do professor suíço de filosofia Peter Bieri, que retrata a jornada de investigação e autoconhecimento de Raimund Gregorius (Jeremy Irons), também um professor que se entrega à ideia de viver o momento, o famoso carpe diem do poeta romano Horácio. EDITORIAS: filmes em cartaz

 

 
 

 Cidade do Vale do Paraíba é berço da história do escritor Monteiro Lobato e possui diversas atrações naturais

 

 

 Estimativa de 2010 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) aponta que aproximadamente 4.120 pessoas vivem em uma cidade do interior paulista, cercada pela Serra da Mantiqueira, com ar de tranquilidade e muitas cachoeiras para distrair o olhar. Monteiro Lobato é o nome deste município que, incorporado a São José dos Campos em 1934, foi emancipado em 1948, recebendo o nome do destacado escritor um ano depois. EDITORIAS: cultura

 

 
“O Homem do Dente de Algodão”, baseado em história real
 

 

Que tal encontrar aquela pessoa para uma azaração legal e, em um beijo ardente, um dente de algodão aparece em sua boca, arghhhhhhh!. Essa é a história verídica do ex-modelo Cleri Carlo, o homem do dente de algodão.

 

Este conto pode até parecer hilário pelo título mas é pura realidade. Como pode uma pessoa ter um dente de algodão? Por quanto tempo? e Por que? Esta é a história de um modelo de relativo sucesso que ficou sem recurso, e por ironia, um brasileiro, país sem nenhuma tradição no auxílio dentário gratuito.

 

http://formasemeios.blogs.sapo.pt/?skip=1&tag=contos+%26+hist%C3%B3rias

 

 

Mostra apresenta trinta e cinco versões diferentes do símbolo natalino

 

 

SÃO PAULO (SP) BRASIL - A partir da próxima terça-feira, 26, o Museu de Arte Sacra vai entrar no clima do Natal. A nova exposição traz trinta e cinco versões de presépios em materiais como argila, madeira, papel, tecido, barro cozido e aniagem. http://formasemeios.blogs.sapo.pt/1378214.html

 

 

 Meire Pavão: princípio do rock

 
 Cantora é uma das figuras citadas em “Festa de Arromba”, uma composição do ‘tremendão’ Erasmo Carlos.
  

Sua história no rock brasileiro é uma quase uma aparição, e deu-se entre as fases do rock and roll, representado por Celly Campelo e o período da Jovem Guarda, tendo Wanderléa, como sua representante maior. Todos esses fatores deram enorme contribuição no ofuscamento na carreira de Meire Pavão. A cantora nasceuTaubaté, interior paulista, filha do maestro Teothônio Pavão, ela começou a carreira quando adolescente no Conjunto Alvorada. Chamou atenção, a ganhou de programas exclusivos em TV’s. No seu repertório, Meire deixa um bom legado como a faixa ‘Lição de twist’, que consta em uma coletânea denominada Censurar Ninguém se Atreve.
http://formasemeios.blogs.sapo.pt/?skip=3&tag=elas%26ele
 

 

Intérprete de "O Telefone Chora" canta clássicos de boleros em alto estilo

 

 

Márcio José é um cantor brasileiro que nos anos 70 e 80 destacou-se na parada de sucesso com um hit sentimental "O Telefone Chora" cujo pano de fundo era um casamento mal resolvido. Seu diálogo ao telefone com um garotinho - seu filho cuja mãe escondia paternidade, levava às lágrimas os telespectadores, dos principais programas da televisão brasileira. 


O tempo passou e, igualmente a outros cantores de sua geração, a volúvel e comprável mídia nacional, fez com ele praticamente desaparecesse da chamada 'grande mídia'. Entretanto, o artista continua fazendo shows pois sua voz  continua muito boa. EDITORIAS: discos&shows

 

 

Dulcina abre o Pano apresenta o espetáculo “Aos Domingos”

  

 

Os irmãos Ana (Juliana Teixeira) e Edu (Jorge Caetano/ Michel Blois) sempre foram muito amigos. Em sua infância, seus pais se separam e a mãe, depois da separação, se transforma numa mulher doente e depressiva. O pai vai viver com uma amante e seu único comprometimento com Ana e Edu é pegá-los aos domingos para passar o dia. 

 

A infância de Ana se resumiu a esperar ansiosa pelo pai, que quase nunca vinha. Os irmãos crescem nessa região sombria e seca de afeto. Em busca de uma figura masculina em quem projetar segurança, Ana acaba se casando com Sérgio (Jandir Ferrari), com quem tem uma relação morna. http://formasemeios.blogs.sapo.pt/tag/teatro

 

Novembro Azul: câncer de próstata

 

SÃO PAULO (SP) BRASIL - O Museu do Futebol – instituição da Secretaria de Estado da Cultura, localizado no estádio do Pacaembu – abraçou a importância da conscientização sobre exames de rastreamento do câncer de próstata, apoiando o Movimento Novembro Azul, promovido pelo Instituto Lado a Lado pela Vida em parceria com a Sociedade Brasileira de Urologia. EDITORIAS: atualidades

 

 

Um ÉPICO sem reticências, mais um produto deslumbrante da MGM

Observando o fim de Atlânta

 

Um dos melhores épicos produzido pela MGM, Atlântida: o Continente Perdido, narra a história deste continente desaparecido, tendo como pano de fundo a saga de um pescador, o jovem Dimitrius (John Dall). Ao encontrar uma princesa (de Atlantis), naufraga Antília (Joyce Taylor), é seduzido pela beleza da nobre moça, que convence-o levá-lo de volta para sua terra nata, a misteriosa e avançada e ao mesmo tempo atrasada civilização dos atlantidas. Lá chegando, logo é feito escravo por um longo tempo. 


 

Um povo dotado de desejos, encantamentos, maldades e ambições, poderia ter sido o motivo pelo qual a cidade sido atacada pela fúria da terra, vindo a cidade a desaparecer em um colápso que a enterrou em um lugar até hoje desconhecido pelo homem. EDITORIAS: clássicos dvd

  

 
 
 

No ano em que se comemorou o centenário de morte do escritor cearense José de Alencar (José Martiniano de Alencar) ele foi homenageado com exposição na Biblioteca Mário de Andrade, em São Paulo. 

 


A mostra foi uma iniciativa da Secretaria de Cultura tendo outras bibliotecas públicas e colecionadores como colaboradores entre as quais Biblioteca Infanto Juvenil da Cidade, Museu Histórico Nacional e do colecionador Olyntho de Moura e Péricles da Silva Pinheiro. EDITORIAS: cultura

 

 
                        FORMAS & MEIOS: APOIO MASTER
 emec
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 21:35 

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Dezembro 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14

17
21


30


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds