Revelando, imortalizando histórias e talentos
13.12.13

BOA ESTREIA, quinta-feira, 26/12, "Álbum de Família" tem Meryl Streep e Julia Roberts em atuações convincentes.

 

 

SÃO PAULO, BRASIL - Estreia película "Álbum de Família", uma adaptação da peça de Tracy Letts, que rendeu ao dramaturgo o prêmio Pulitzer em 2008. Neste peça, o escritor mira mira na base da sociedade, a família, e, provando que Lev Tolstoi não estava errado, as famílias infelizes aqui são bem infelizes ao seu modo.

 

 

Os Weston estão diante de um dilema que, finalmente, os une, e traz à tona suas diferenças e ódio mútuo acumulado por décadas. Bev desapareceu sem deixar notícias e sua filha Ivy (Julianne Nicholson), a única que mora na mesma cidade que os pais, no Meio-Oeste dos EUA, chama suas irmãs, a mais velha, Barbara (Julia Roberts, indicada ao Globo de Ouro), e a caçula, Karen (Juliette Lewis), para ajudar a controlar a mãe delas, Violet, vivida por (Meryl Streep) veterana do cinema norte-americano e indicada 3 vezes ao Oscar. Violet é uma metralhadora giratória, sem pudor em ofender marido, filhas ou a empregada, uma nativa chamada Johnna (Misty Upham), a quem Violet insiste em chamar de "índia".

 

Algo irônico, ao mesmo tempo, sintomático que a matriarca esteja sofrendo de um câncer na boca, que lhe dá sensação de queimação quase em tempo integral. É também a desculpa de que ela precisava para continuar a se entupir de pílulas de todos os tipos e cores. Segredos do passado, diferenças, que poderiam ser conciliáveis, em "Álbum de Família", são  estopim, querosene e estilhaços voam para todos os lados. Assim é uma família de verdade. 

 

 

Cine Humberto Mauro apresenta a mostra Cinema e Direitos Humanos, que reúne 38 filmes sul-americanos, entre curtas, médias e longas-metragens.

 

 

 BELO HORIZONTE (MG) BRASIL- No mês de dezembro, o Cine Humberto Mauro apresenta a mostra Cinema e Direitos Humanos, que reúne 38 filmes sul-americanos, entre curtas, médias e longas-metragens, dando uma importante visão do modo como os direitos humanos são abordados no cinema. O Festival Latino 2013, por sua vez, reúne trabalhos de jovens fotógrafos latino-americanos e, a partir de atividades culturais, tem a missão de difundir a cultura e a língua espanhola e latino-americana em Belo Horizonte.

 

Com edições sempre às quintas-feiras, o projeto História Permanente do Cinema tem todas as sessões comentadas por especialistas. No Curta Circuito, serão apresentadas duas sessões com produções brasileiras. 

 

A programação traz também o Forumdoc.BH e Festival de Cinema Polonês.

 

13 - SEX

 

17h FESTIVAL LATINO 2013 | Flamenco de Raíz, de Vicente Pérez Herrero, (Espanha, 2011) | exibição digital | Livre | 85’

19h FESTIVAL LATINO 2013 | Siete Mesas de Billar Francés, de Gracias Querejeta (Espanha, 2007) | exibição digital | 12 anos | 113’

21h FESTIVAL LATINO 2013 | La Maleta Mexicana, de Trisha Ziff (Espanha, México, França, Estados Unidos, 2011) | exibição digital | Livre | 86’

 

 14 SÁB

16h FESTIVAL LATINO 2013 | El Cielo Gira, de Mercedes Álvarez, (Espanha, 2004) | exibição digital | 12 anos | 115’

18h FESTIVAL LATINO 2013 | Cosas Que Nunca Te Dije, de Isabel Coixet, (Espanha, 2004) | exibição digital | 12 anos | 115’

 

20h FESTIVAL LATINO 2013 | Mientras Duermes, de Jaume Balagueró, (Espanha, 2010) | exibição digital | 12 anos | 102’

 

 15 DOM

 

16h FESTIVAL LATINO 2013 | Chico & Rita, de Fernando Trueba e Javier Mariscal (Espanha, Reino Unido, 2010) | exibição digital | Livre | 94’

18h FESTIVAL LATINO 2013 | Tres Días com la Familia, de Mar Coll (Espanha, 2009) | exibição digital | Livre | 86’

20h FESTIVAL LATINO 2013 | Arriya (La Piedra), de Alberto Gorritiberea (Espanha, 2011) | exibição digital | Livre | 100’

 

 16 SEG

 

17h FESTIVAL LATINO 2013 | María y yo, de Félix Fernández de Castro (Espanha, 2010) | exibição digital | Livre | 80’

19h FESTIVAL LATINO 2013 | Arrugas, de Ignacio Ferreras (Espanha, 2011) | exibição digital | Livre | 89’

 

21h FESTIVAL LATINO 2013 | No Habrá Paz Para Los Malvados, de Enrique Urbizu (Espanha, 2011) | exibição digital | 12 anos | 118’

 

 

17 TER

 

 17h 5º FESTIVAL DE CINEMA POLONÊS | Sessão de Curtas: O Cinematógrafo (Kinematograf, 2009) | Gata (Laska, 2008), de Michał Socha | A Aula do Infinito (Lekcja nieskończoności, 2008), de Jakub Jabłoński e Bartłomiej Kik | A Catedral (Katedra, 2001) | A Grande Fuga (Wielka ucieczka, 2006), de Damian Nenow | Caminhos do Ódio (Paths of Hate, 2010) | Desfazer (Undo, 2003), de Marcin Waśko | Arca (Arka, 2007), de Grzegorz Jonkajtys | A Arte Caída (Sztuka Spadania, 2004) e A História da Polônia em Animação (Animowana Historia Polski, 2010) | 16 anos | 81´

 

19h 5º FESTIVAL DE CINEMA POLONÊS | Imagine (Polônia, França e Portugal, 2012), de Andrzej Jakimowski | 16 anos | 105´

21h 5º FESTIVAL DE CINEMA POLONÊS | 80 Milhões (80 Milionów, Polônia, 2011), de Waldemar Krzystek | 16 anos | 102´

 

 

18 QUA

 

17h 5º FESTIVAL DE CINEMA POLONÊS | Canção de Ninar (Kołysanka, Polônia, 2010), de Juliusz Machulski | 14 anos | 95´

19h 5º FESTIVAL DE CINEMA POLONÊS | Amor (Miłość, Polônia, 2010), de Sławomir Fabicki | 16 anos | 105´

21h 5º FESTIVAL DE CINEMA POLONÊS | Quinta Estação do Ano (Piąta Pora Roku, Polônia, 2012), de Jerzy Domaradzki | 12 anos | 96´

 

 

19 QUI

 

17h HISTÓRIA PERMANENTE DO CINEMA | Repulsa ao Sexo, de Roman Polanski (Repulsion, Inglaterra,1965) | Inglaterra | 18 anos | 105’ | Sessão comentada

19h30 5º FESTIVAL DE CINEMA POLONÊS | Indeléveis, de Jacek Borcuch (Nieulotne, Polônia, Espanha, 2012) | 16 anos | 93´

 

21h15 5º FESTIVAL DE CINEMA POLONÊS | Sessão de Curtas: O Cinematógrafo (Kinematograf, 2009) | Gata (Laska, 2008), de Michał Socha | A Aula do Infinito (Lekcja nieskończoności, 2008), de Jakub Jabłoński e Bartłomiej Kik | A Catedral (Katedra, 2001) | A Grande Fuga (Wielka ucieczka, 2006), de Damian Nenow | Caminhos do Ódio (Paths of Hate, 2010) | Desfazer (Undo, 2003), de Marcin Waśko | Arca (Arka, 2007), de Grzegorz Jonkajtys | A Arte Caída (Sztuka Spadania, 2004) e A História da Polônia em Animação (Animowana Historia Polski, 2010) | 16 anos | 81´

 

 

20 SEX

 

17h ESPECIAL DE NATAL | A Felicidade não se Compra, de Frank Capra (It’s a Wonderful Life, EUA, 1946) | Livre | 130’

19h15 ESPECIAL DE NATAL | A Roda da Fortuna, de Ethan e Joel Coen (The Hudsucker Proxy, EUA, 1994) | Livre | 111’

21h15 ESPECIAL DE NATAL | Papai Noel às Avessas, de Terry Zwigoff (Bad Santa, EUA, 2003) | 14 anos | 98’

 

 21 SÁB

 

16h ESPECIAL DE NATAL | A Roda da Fortuna, de Ethan e Joel Coen (The Hudsucker Proxy, EUA, 1994) | Livre | 111’

18h ESPECIAL DE NATAL | Papai Noel às Avessas, de Terry Zwigoff (Bad Santa, EUA, 2003) | 14 anos | 98’

 

20h ESPECIAL DE NATAL | A Felicidade não se Compra, de Frank Capra (It’s a Wonderful Life, EUA, 1946) | Livre | 130’

 

 22 DOM

 

16h ESPECIAL DE NATAL | Papai Noel às Avessas, de Terry Zwigoff (Bad Santa, EUA, 2003) | 14 anos | 98’

18h ESPECIAL DE NATAL | A Felicidade não se Compra, de Frank Capra (It’s a Wonderful Life, EUA, 1946) | Livre | 130’

20h15 ESPECIAL DE NATAL | A Roda da Fortuna, de Ethan e Joel Coen (The Hudsucker Proxy, EUA, 1994) | Livre | 111’

 

23 – 31 DE DEZEMBRO | RECESSO

 

ENTRADA GRATUITA COM RETIRADA DE INGRESSO (1 POR PESSOA) MEIA HORA ANTES DE CADA SESSÃO.

 

Local: Cine Humberto Mauro

Informações para o público

(31) 3236-7400

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 23:40  comentar

Dezembro 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14

17
21


30


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO