Revelando, imortalizando histórias e talentos
25.8.06

 

Essa versão para o cinema de "Miami Vice" corre o risco de decepcionar os fãs do seriado que tão bem definiu a década de 1980. Não há os famosos ternos em tons pastel que vestiam o ator Don Johnson, nem a noite encharcada de néon que desempenhava um papel tão importante na história.
Em seu lugar, o filme de Michael Mann, que estréia nesta sexta-feira, traz um produto mais sombrio e duro que, embora se beneficie consideravelmente da direção fotográfica de Dion Beebe, é frustrantemente inerte -- uma excursão longa e verborrágica que não consegue seduzir o espectador. Quem for ao cinema pensando encontrar um pouco da velha camaradagem entre os detetives Ricardo Tubbs e Sony Crockett vai se decepcionar com a versão criada por Jamie Foxx e Colin Farrell, na qual os dois atores parecem disputar um concurso para ver quem ostenta expressão mais sombria gastando o mínimo de energia. Talvez isso tenha a ver com o calor de Miami... de qualquer forma, o resultado são diálogos chochos e cenas lânguidas.
Ao atualizar o seriado, que ficou no ar entre 1984 e 1989, o roteirista e diretor Mann não se restringiu ao cenário colorido de South Beach, aventurando-se em águas mais turvas nesta história em que os policiais antinarcóticos à paisana Sonny Crockett (Farrell) e Ricardo Tubbs (Foxx) combatem traficantes internacionais sinistros.
EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 15:17  comentar

Agosto 2006
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11

13

20

27


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO