Revelando, imortalizando histórias e talentos
6.9.06

MUSEU BMW DE CURITIBA

 

A fábrica Bayerish Motoren Werke data de 1916 na fabricação de aviões daí o logotipo de uma hélice

O Museu BMW de Curitiba foi iniciado em 1975 com a aquisição do modelo R61. Nesta época o seu fundador João Carlos Ignaszewski ainda não imaginava que iria formar uma das maiores coleções particulares da América do Sul. A coleção é constituída por 23 motocicletas e 12 automóveis sendo que destes, 6 motos e 2 carros. O modelo mais antigo de motocicleta da coleção é uma R32 ano 1923 - o primeiro modelo de motocicleta fabricado pela BMW . O automóvel mais antigo da coleção é um modelo 315 de 1933. Todos os veículos no museu, encontram-se em estado impecável de restauração e funcionam perfeitamente. A performance das motos da marca pode ser resumida em baixa potência, bom torque em baixas rotações, robustez, durabilidade, maneabilidade, conforto e baixo nível de ruído. O resultado da durabilidade pode ser visto hoje, quando os exemplares desta marca, que eram raros na época, ainda estão rodando, enquanto outras marcas que eram abundantes na época são raramente vistas rodando nos dias de hoje. 1923: A R32, primeira motocicleta da marca, projetada pelo eng. Max Fritz, estréia nos salões de Paris e Berlim. Já apresenta as características básicas das futuras motos da marca: motor boxer de 2 cilindros e transmissão secundária por eixo cardã. O Museu tem um exemplar em processo de restauração.Em 1924, Rudolf Schleicher, chefe de desenvolvimento, fêz uma versão esportiva do motor R32 e o instala na R37, com a qual Franz Bieber conquistou para a BMW. o campeonato alemão de velocidade. Já no ano de 1925: É apresentada a R39, primeira monocilíndrica da marca, com motor de 250cc e 6,5hp. Em 1926, Schleicher conquista uma medalha do ouro no British Six Days Off-Road 1926: Schleicher conquista uma medalha do ouro no British Six Days Off-Road

1928: Surge a BMW R62 com motor de 750cc, permanecendo como a moto de maior cilindrada da marca ate 1973. Ernst Henne vence o Targa Florio, na Itália, com uma BMW. 1929: Foi lançada a R11 com válvulas laterais e a R16 com válvulas na cabeça, introduzindo o quadro com seção estampada e não tubular. Ernst Henne estabelece um novo recorde mundial de velocidade em Ingolstadter Landstrasse, perto de Munique: 216km/h. Porém em 1935: a BMW lança a R12, a primeira motocicleta equipada com suspensão dianteira telescópica e também a R17. No ano de 1936, Pela primeira vez um compressor volumétrico é instalado em uma motocicleta de competição da narca. A R5 apresenta um motor boxer modificado com dois comandos de válvula no cabeçote. Já em 1937, foi lançado a R35 monocilíndrica de 341cc com caixa de marcha de 4 velocidades e a R20 com 192cc, as primeiras motocicletas com garfos telescópicos. Ernst Henne estabelece novo recorde mundial de velocidade para motocicletas: 279,5 km/h. 1938: É introduzida a suspensão traseira com pino oscilante em 4 modelos, dentre os quais estão a R51 (o Museu tem uma em restauração ) e a R61. A BMW produz a sua moto de número 100 000.

A BMW consegue os dois primeiros lugares no Senior TT da IIha de Man. Schorsch Meier se torna o primeiro piloto estrangeiro a vencer essa prova inglesa em Man corn uma moto não britânica, seguido pelo companheiro de equipe, o inglês Jock West. No ano de 1941, eis que surge a R 75 militar, equipada con side-car e tração na motocicleta e no side-car (veja o sistema de tração junto com a foto).Surge a R 75 militar, equipada com side-car e tração na motocicleta e no side-car. Schorsch Meier vence o campeonato alemão, repetindo a proeza nos anos de 1948, 1949, 1950 e 1953. Após a guerra, 1948 a fábrica estava praticamente destruída. Um pequeno grupo de funcionários começaram a montar novamente as motocicletas se utilizando de peças que sobraram dos modelos militares, iniciando assim, a produção em 1948 com o modelo R24 250cc de "rabo duro". Em 1950 são apresentadas a R25 monocilíndrica com pino oscilante na traseira e a R 51/2, a primeira boxer do pós-guerra. No ano 1951 foi inaururado o período pós guerra com a R 51/3, com novo desenho e tecnologia. Ficou conhecida como "a indestrutível", tamanha era a resistência e qualidade das peças empregadas na sua fabricação. 1952 o modelo esportivo R68 recém lançado se torna a primeira moto alemã de série a atingir 160 km/h. Em 1953 foi lançada a R25/3 , monocilíndrica com a mesma tecnologia da série /3.

1954: Wilhelm Noll e Fritz Cron conquistam o primeiro titulo de Campeões do Mundo de velocidade em side-car. o que se seguiria com mais 19 títulos na modalidade até 1974.1955: São lançadas as R50 e R69 equipadas coma nova suspensão traseira de quadro elástico, muito mais eficiente e introduzem o garfo dianteiro Earless, a melhor solução encontrada até hoje para a utilização de side-cars. Em 1956: Lançada a R26, a monocilíndrica com garfo Earless e a R60 de 600cc. 1960: Introduzida a série /2 das R50 e R60, além das esportivas R50 S e R69 S. A partir de 1963 passam a utilizar o pisca modelo "olho de onix" na extremidade do guidon. Em 1970 - a fábrica de motocicletas se transferiu de Munique para Berlim, aproveitando-se de incentivos do Governo alemão necessários para produzir uma motocicleta mais econômica que pudesse competir com as japonesas. Introduzindo então a série /5. e a 1973: São introduzidas os modelos da série /6 com modelos de maior cilindrada com 900cc, a esportiva R90 S. Pela primeira vez uma motocicleta BMW de série ultrapassa a marca dos 200km/h. É a resposta alemã ao sucesso da CB750 da Honda.

Em 1976: a empresa introduz a série 7 incluindo a R100RS de 1000cc, a primeira moto de série no mundo de série com carenagem integral. O sucesso da carenagem foi tão grande que imediatamente os proprietários dos modelos anteriores (a partir da R75) atualizaram suas motocicletas incorporando a carenagem da R100RS. Juntamente com a R100RS foi lançada a R100S (65hp e carenagem igual a da R90S) e a R100 (60hp). A carenagem esportiva da R100RS, em 1978 é transformada em carenagem turística na R100RT. Em 1980, é apresentada a R80 G/S enduro, com a revolucionária suspensão traseira Monolever. {Francisco Martins}

 

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 14:56  comentar

Setembro 2006
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10

17
21

24
29
30


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO