Revelando, imortalizando histórias e talentos
23.11.07

Tuesday, January 22, 2008"Anna and the King of Siam"

 

Um dos mais memoráveis musicais de todos os tempos estrelado por dois astros: Deborah Kerr e Yul Brynner.

O Rei e Eu, baseado no musical Anna and the King of Siam, de Margaret London é uma verdadeira obra de arte visual e musical, e conta com uma trilha sonora inesquecível de Rodgers & Hammerstein e coreografia idem de Jerome Robbins. O enredo do filme gira em torno de uma história verídica da inglesa Anna Leonowens [Deborah Kerr], que vai ao sião para tornar-se professora da corte real em 1860. Apesar de ela logo se desentender com o teimoso monarca [Yul Brynner], ao passar do tempo, Anna e o Rei deixam de tentar mudar um ao outro e desenvolvem uma boa convivência. O filme foi vencedor de seis prêmios Oscar, e contém alguns dos mais magníficos cenários da história de Hollywood. No elenco também aparecem outros nomes talentosos como Rita Moreno, Rex Thompson, Martin Benson e Terry Sounders. A trilha sonora é um espetáculo à parte: canções como "Getting to Know You" "I Wish a Happy Tune"Hello, Young Lovers" e Shall We Dance", feitas sob medida finalizam esta obra-prima, este clássico mundial

Apresentações
Direção: Darryl F. Zanuck
Seleção de cenas - colorido
Duração: 144 minutos - livre
Menu interativo
Biografias produção e elenco
Idiomas e Legendas: Espanhol, Inglês e Português

 

"La Dolce Vita"

 

"A Doce Vida" é a obra-prima do diretor italiano Federico Fellini e um dos melhores filmes de todos os tempo do cinema mundial.
Marcello Mastroianni interpreta um jornalista que sobrevive de fofocas e boatos da sociedade romana. Ele se sente incomodado do modo que exerce a profissão, mas, mesmo assim sua carreira é envolvida por verdadeiro turbilhão de acontecimentos e aventuras amorosas. No seu caminho, cruzam mulheres belíssimas como a superestrela Sylvia [Anita Ekberg] e a misteriosa Maddalena [Anouk Aymée]. Esta película apresenta, também uma produção que marcou época, ganhando a Palma de Ouro em Cannes, e foi o primeiro longa metragem a conquistar este prêmio, por unanimidade. Ganhou Oscar de melhor figurino, e foi indicado por melhor diretor, direção de arte e roteiro.

Apresentações especiais:

Duração: 166 minutos
Legendas: Português e Inglês
Gênero: Clássico
P&B Mono - Widescreen
Regiões: Todas
Música: Nino Rota

 

 

"O Pagador de promessas"  [27/12/2007]

 

Colocar um filme brasileiro entre os Clássicos DVD não é tarefa muito fácil. Mas, O Pagador de Promessas, a produção tupiniquim mais bem-sucedida da história do País não pode estar de fora.

Com direção roteiro de Anselmo Duarte e baseado na peça teatral de Dias Gomes, o filme brasileiro mais premiado até os dias de hoje: Vencedor do grande prêmio Darius Milhaud - Golden Gate, vencedor da Palma de Ouro, Cannes 1962 e indcicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro. O tema de "O Pagador de Promessas" gira em torno da história de Zé do Burro [Leonardo Villar] e sua mulher, Rosa [Glória Menezes]. Eles vivem em uma pequena cidade distante 42 quilômetros de Salvador -BA. Certo dia, o burro do Zé é atingido por um raio e ele leva-o até um terreiro de Candomblé para tentar salvá-lo. Salvo pela promessa à Santa Bárbara, sua via crucis está apenas começando. Zé, passa cumprir sua promessa, e viaja rumo a Salvador carregando nas costas uma grande cruz de madeira que ele pretende colocar dentro da igreja de Santa Bárbara. Ele encontra uma objeção ferrenha por parte do Padre Olavo [ Dionísio Azevado] que alega que a promessa fora feita dentro de um terreiro de candomblé. Mas sua vida torna-se ainda mais angustiante quando percebe que Rosa, sua mulher, está de gracejos com o cafetão "bonitão, interpretado por Geraldo Del Rey. No elenco, um desfile de talentosos, além dos citados Norma Bengell e Othon Bastos desempenham papéis de destaque neste clássico tupiniquim. Edição Carlos Coimbra e produção de Oswaldo Massaini. LEIA MAIS SOBRE CLÁSSICOS EM DVD www.formasemeios.blogs.sapo.pt o site brasileiro mais visitado na Europa.  [AgênciaFM]
Agradeciemntos: www.mafernandes.com.br

www.dynacom.com.br

Apresentações especiais:

Produção do DVD - 2005
Telecinado e remasterizado
Gênero: Drama P&B
Duração: 95 minutos
Audio mono - regiões: todas
Censura - 10 anos

 

20/12/2007 -  "Giant" Drama


Este filme é a mais legítima declaração contra a intolerância racial que o cinema já mostrou. É o último filme do ator James Dean.

"Assim caminha a Humanidade" conta a história de três gerações de influentes texanos, seus conflitos raciais, amorosos e a disputa econômica entre os tradicionais pecuaristas; os novos magnatas do petróleo do Novo Oeste. É uma grandiosa saga no coração de um dos maiores estados norte-americano. Com um elenco dos melhores elenco de todos os tempo: Elizabeth Taylor, Rock Hudson, Dennis Hopper, Sal Mineo e James Dean, este último não assistiu ao filme pois morrera antes da produção ser finalizada. Baseado no romance de Edna Ferber [Giant - Gigante], foi indicado a dez Oscar e foi vencedor de Melhor Diretor, George Stevens. O filme é o retrato de uma era. É um legado contundente. Agradeciemnto: warnerbrosvideo.com.br

Apresentações especiais:

Formato de tela: Letterbox 4x3
Classificação indicativa: 12 anos
Menu estático,
Colorido - 1956
Legendas: Inglês, Português,
Espanhol e Chinês
Duração:
Disco 1- 108 minutos
Disco 2 - 93 minutos




"PAL JOEY"

Um charmoso cantor financia seu próprio clube noturno com o patrocínio de uma rica viúva, estrelado por Rita Hayworth, Frank Sinatra e Kim Novak, em musical sofisticado de Rodgers e Hart.

"Meus dois Carinhos" estreiou no ano de 1957, no mês de outubro, e teve quatro indicações ao Oscar. Trata-se de uma série de enquetes escritos por John O'Hara para a revista The New Yorker. Compostos por carta que contavam as aventuras de um jovem cantor na cidade que costumava assinar suas cartas "Seu Amigo Joey". Primeiramente foi adaptada para o teatro com canções sofisticadas de Richard Rodgers e Lenz Hart, com estréia em dezembro de 1940, e 190 apresentações. É um musical de categoria, imaginem Frank Sinatra, Kim Novak e Rita Hayworth juntos? É agradável e divertido ao mesmo tempo.

Curiosidades:
O papel de Joey interpretado por Sinatra deveria ser de Marlon Brando, mas Sinatra entrou em ação através de sua produtora Essex e literalmente comprou o papel. Já Rita Hayworth, trabalhou no filme em troca de sua liberação do contrato com os estúdios da Columbia; enquanto Novak era a estrela em ascensão dos estúdios. Sinatra cantava suas próprias canções e Hayworth foi dublada por Jo Ann Greer e Novak por Trudi Erwin.

Apresentações especiais:

Diretor- George Sidney
Menus Interativos 2.0 Dolby surround
Idiomas: Inglês e Português
Legendas: Inglês, Português; Espanhol
Chinês, Coreano e Tailandês
Publicidade Original do filme
Notas sobre o elenco

 

Monday, December 03, 2007  "Gilda"

Rita Hayworth em papel magnífico encanta gerações neste que é um dos mais famosos filmes da história do cinema.

Existem clássicos e os clássicos dos clássicos. É exatamente na última categoria onde se situa Gilda, com a lendário atriz Rita Hayworth, destilando sensualidade e magnetismo. A história de Marion Porsonet Gilda é casada com um milionário dono de cassino ilegal na América Latina, que contrata Johnny Farrel para cuidar do negócio sujo. Não demora e Farrel torna-se o braço direito de Mundson [George MacReady]. O que MacReady não sabia era que Gilda, no passado, fez parte da vida de Johnny Farrel, que é incumbido de fazer de Gilda uma mulher fiel, correta. Movida pelo ódio e a dor do abandono, ela faz de tudo para intimidar e fazer ciúmes a Farrel. Ela provoca uma reação dele que não demoraria explodir. Esbanjando sensualidade na canção 'Put the Blame on Mame' Rita/Gilda, entraram para história universal do cinema, e ela se tornou a dama da Columbia. Um dia perguntada por que se casara tantas vezes ela respondeu: "Os homens se deitam com Gilda e acordam com Rita". Talvez tenham alguma decepção."disse Rita Hayworth.

# Já sobre a canção citada, se trata da história de uma vaca que supostamente teria dado um coice em uma luminária a óleo no estábulo, e incendiado toda fazendo e respectivo curral. Mas, não passavam de suposições, Mame, a vaquinha, sabia que estava sendo usada como "bode" espiatório. [FM] Agradecimento: www.SonyPictures.com.br



Diretor - Charles Vidor
Disco camada dupla
Duração aproximada: 110 minutos
Categoria - Drama - 1946
Formato de tela Standard
Idiomas e legendas:
Português, Inglês, Espanhol
Documentário sobre Rita

 

"The Lost Weekend"


Um filme poderoso e forte, um retrato do devastador efeito do álcoool sobre seus dependentes.

"Farrapo Humano" estrelado por Ray Milland e Jane Wyman aborda o tema alcoolismo de modo profundo, seus efeitos sobre os dependentes. Don Birman era bom aluno na escola e fazia bons textos para o jornal do colégio. Incentivado, deixou os estudos para tentar ser escritor, e recebeu como presente de sua mãe uma máquina datilográfica. Não conseguiu publicar nada, ninguém quis seus escritos. Desencantado, decide afogar suas mágoas na bebida, e para adqüirí-la ele não mede esforços: pede dinheiro emprestado, rouba bolsa de mulheres, penhora a velha máquina de datilografia etc. Só resta para Birman o suicídio? Não, ainda lhe resta Helen [Jane Wyman] que o ama de verdade e está disposta a ajudá-lo. Confuso, ele não sabe mais os limites entre o bem e o mal. Ele não quer ajuda de ninguém. Porém, ela não desiste, mesmo tendo ele roubado seu casaco de vison e trocando-o por uma arma. É um filme repleto de realismo algo até a época muito forte aos padrões hollywoodiano. É o gênio de Billy Wilder manifestado neste ganhador de 4 Oscar, um dos melhores dramas do cinema de todos os tempos. Em uma noite, Birman passa por todas às agruras: lembranças e arrependimentos e delirium tremens causados por suas bebedeiras.

Apresentações especiais

Legendas: Português
Dolby Digital 2.0 [mono]
Menus interativos
Classificação indicativa: 14 anos
Duração: 101 minutos - P&B
Diração: Billy Wilder
www.classicline.com.br

 

"A Streetcar Named Desire"


Clássico é clássico, e "Uma Rua Chamada Pecado" é um filme para todos os tempos.E esta rua é o lugar que você estava esperando conhecer.

Este filme é o resultado de uma ótima obra literária de Tenessee William que se tornou um marco no cinema é um referêncial e um filme de respeito. Sua produção ocorreu em um momento de censura muito forte, por isso ele carrega também à bandeira dessa luta contra os censores. Fada a fazer história, esta obra também venceu quatro Oscar, sendo três deles na mesma categoria de atuações, algo até hoje intacto. Se o filme já é tudo isso, imaginem nessa versão original do diretor Elia Kazan, ou seja, é o filme que Tenessee e Kazan gostariam de ter levado às telas de todo o mundo, algo atrapalhado pela legião de censores que apareceriam no último minuto da finalização desta obra. Esta nova versão repõe os quase quatro minutos subtraídos na versão das telas, entre as quais uma cena cheia de tensão sexual entre Blanche [Vivien Leigh] e Stanley Kowalski [Marlon Brando], e a paixão de sua esposa Stela [Kim Hunter] por seu marido.[francisco martins]
# Agradecimento: www.warnerbrosvideo.com.br



Apresentações

Menu interativo
Legendas: Inglês, Português & Espanhol
Original Preto & Branco - 1951
Formato de tela: Fulscreen
Classificação indicativa: 14 anos

 

 

 

Beat the Devil"


Seis vigaristas tentam aplicarum ousado plano na África

"O Diabo riu por último" é baseado em livro de James Helvic, e traz um elenco de ESTRELAS como Humphrey Bogart e Jennifer Jones e roteiro de Truman Capote. Quatro vigaristas a caminho da África, mas ficam retidos na Itália enquanto aguardam que sejam feitos reparos no barco no qual viajam. Os golpistas assumem identidades de vendedores de aspiradores de pó, mas na verdade eles planejam se apossar através de esquema fraudulento, de terras com valiosos minerais, no Quênia. Conhecem um casal de golpistas que pretendem atrapalhar os sonhos dos quatro vigaristas, ou seja, eles têem os mesmos planos em mente. Na época, este belo filme foi recebido com desinteresse tanto pela crítica quanto pelo público. Mais tarde "O Diabo riu por último" foi reconhecido pela crítica européia como um dos grandes trabalhos de John Huston, galgando estáto de obra-prima tal humor refinado. Também foi este o sexto e último filme da parceria entre Huston e Humphrey Bogart, um de seus atores preferidos.

Elenco: Gina Lollobrigida, Peter Lorre
Robert Morley e Peter O'Toole

Classificação indicativa: 14 anos
Formato de tela: standard
Menus interativos e acesso direto aos capítulos
Dublado em Português
Audio - 2.0 Stéreo

 

The Bicycle Thief"


Uma fascinante e trágica história da Itália pós guerra. O desespero pela sobrevivência é o mote deste clássico italiano.

"Ladrões de Bicicletas", baseado na obra de Luigi Bartolini e dirigido pelo extraordinário Vittório di Sica, relata a luta de Antônio Ricci [Lamberto Maggiorini] um cara há dois anos desempregado e busca nos becos da labirintos das ruas de Roma sua bicicleta roubada, sem a qual ele não conseguirá trabalhar. Ricci encontra um trabalho na repartição pública como colador de cartazes de filmes, mas para isso precisa provar que tem uma bicicleta. Desesperado, sua esposa Maria [Lionella Carell]vê nos lençóis de puro linho a única salvação para comprar uma bicicleta para o marido, então penhora todas as roupas usadas de cama e mesa e consegue dinheiro para comprar a bicicleta. Na companhia do pai, Bruno de 9 anos [Enzo Staiola], que busca em todos os becos de Roma o ladrão e a bicicleta de seu pai.

Em seu caminho encontram vários personagens bizarros e interessantes da cidade; um empresário, um médium, um trabalhador de uma bicicletaria, inclusive uma que fora repintada e aumenta a suspeita de Ricci, e um jovem que ele suspeita ser o ladrão. Este filme é antes de uma história é um documento, é tocante sua busca e desepero para dar dignidade à sua esposa e ao filho. É um grande cla'ssico do moviemnto neo-realista do cinema italiano e, justamente é um Classico DVD F&M.

Gênero: Drama P&B
Duração: 86 minutos
Formato de tela: 4X3 Fullscreen
Rigião - todas -
Legendas: Português

 

"Somewhere in Time"


O tema deste maravilhoso clássico-recente são vidas através de auto-hipnose e poder da mente. Tudo é possível.

"Em Algun Lugar do Passado", é baseado no romance de Richard Matheson, - Bid Time Return. No mês de maio de 1972, na noite de estréia de sua primeira peça tetral, o jovem escritor Richard Collier [Christopher Reeve] depara-se com uma misteriosa senhora, que suplicante, dirige-se até ele "Volte para mim" diz a senhora, que lhe presenteia com um raro relógio de bolso. Intrigado com à cena, Collier sai em busca de mais informações sobre aquela figura, e descobre tratar-se de Elise McKenna [Jane Seymour]. Cada vez mais obsecado pelo passado da atriz, ele recorre a um antigo professor a fim de se convencer de que seria possível viajar no tempo através da auto-hipnose, e assim encontrar a atriz. Sua técnica dá certo e eles encontram-se, e se apaixonam. Mas, o assessor da atriz, William Fawcet Robinson [Christopher Plummer] torna-se um impecilho ao romance. Conseguirá o amor de Collier e McKenna superar e sobreviver à diferença entre eles e seu assessor? Poderá collier permanecer em uma época à qual não pertence? é um dos mais interessantes romances pós-vida, e que merece entrar para os Clássicos DVD. A trilha sonora por conta de John Barry, é emocionante.

Diretor: Jeannot Szwarc - 1980
Legenda: Português
Duração: 103 minutos
Classificação indicativa: livre

 

The Harder They Fall"


"A Trágica Farsa" é baseada no livro de Budd Schulberg e apresenta um Humphrey Bogart ainda mais inspirado em sua atuação.

Após receber o prêmio de melhor ator pelo filme "Uma Aventura na África"1951, Humphrey Bogart estrela este este que seria o seu último filme. Em uma memorável atuação, ele interpreta um repórter esportivo, que após perder o emprego em um jornal quase pára no ostracismo. Eddie Willis [Bogart] aceita a proposta não muito ética de um promotor de boxe Benko [Rod Steiger], e juntos planejam enganar não somente ao Toro Moreno [Mike Lane] mas também ao público. Moreno, um gigante com quase dosi metros de altura, mas um fraco, porém Willis assume a acessoria de imprensa para tentar abafar os escândalos juntos aos colegas de imprensa. Ou seja, usar de sua influência jornalística e coagir profissionais da área. Toro Moreno só vence as lutas planejadas pelo seu empresário Benko, só as lutas onde compra o adversário. A sucessão de vitórias de Moreno o faz acreditar que é um lutador de verdade, e começa sonhar que será capaz de ganhar o título mundial. Mas seus sonhos são destroçados quando cruza com o campeão mundial. Seu enorme corpo é destroçado pelo campeão mundial, o boxeador peso-pesado e campeão mundial Max Baer. Entre corrupção, ativa e passiva, Eddie Willis [Bogart] desfila seu tipo intrigante de profissional nada ético, o que faz justiça aos clássicos de Bogart. [Francisco Martins]

Apresentações especiais
Diretor: Mark Robson
Original preto e Branco
Audio digitalmente masterizado
Idiomas: Inglês e Português [mono]
Legendas: Português, Inglês, Espanhol,
Coreano e Francês
Tela: Widscreen anamórfico

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 19:49  comentar

Novembro 2007
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
13
14
15
16
17

18
20
21
22
24

25
27
28
29
30


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds