Revelando, imortalizando histórias e talentos
9.6.08

Caetano Veloso e Roberto Carlos, juntos

 
O 'rei' Roberto Carlos vai mexer em uma chaga que já dura mais de 40 anos: a Bossa Nova. DATA do show no  RIO de JANEIRO FOI ALTERADA DE 15 PARA DIA 22, EM são Paulo continuam as mesmas datas.

Fazendo parte das comemorações dos 50 anos da Bossa Nova, Caetano Veloso e Roberto Carlos dividirão palcos por três datas no mês de agosto, dia 22 no Teatro Municipal do Rio de Janeiro e nos dias 25 e 26 no Auditório do Parque do Ibirapuera, São Paulo, cantando Tom Jobim. É uma das grandes notícias do mundo musical brasileiro. Roberto Carlos ficou ausente do ritmo por mais de 40 anos. Desde o início de carreira em 1950, quando era crooner na boate Hotel Plaza, em Copacabana - Rio de Janeiro, e teria sido confundido como um estranho ou mero imitador do genial baiano João Gilberto, que teria classificado seu comportamento mediante ao estilo. A partir daí, ele se retraiu e não mais se manifestou sobre o gênero musical. Seu primeiro disco "Louco por você” de 1961, o qual ele ama odiar, o repertório era formado por bossa nova e devido os acontecimentos desagradáveis ele renega até hoje este disco. A dupla Roberto e Caetano serão acompanhados por 30 músicos e todos sob direção de Jacques Morelenbaum. Os produtores do evento esperam que Roberto cante seis canções de um set que contém dez músicas de repertório que não o seu; somente Tom Jobim. Por exemplo, "Por causa de Você", [Dolores Duran/Tom Jobim], 'Eu Sei Que Vou te Amar' [Tom e Vinícius de Morais].
 
Musicalmente falando, Caetano e Roberto já obtiveram bons frutos. Quando Caetano foi exilado em Londres, de lá, enviou ao rei a canção “ Como Dois e Dois”, contida no LP de 1971, do então jovem-guardista, além de Debaixo dos Caracóis dos seus Cabelos [Roberto e Erasmo] uma homenagem ao Caetano, então tropicalista. Nos anos 1977 e 1978 duas canções ‘ Muito Romântico’ e ‘Força Estranha’ foram feitas por Caetano especialmente para Roberto Carlos. O encontro inédito é intermediado pelo Itaú Brasil que investiu R$ 20 milhões para o projeto. Portanto, referindo-se ao Brasil este é o encontro da década.

Principais shows

A programação das comemorações do movimento verdadeiramente brasileiro é grande, e, Além de Caetano Veloso e Roberto Carlos [dias 15, 25 e 26/08], a data inclui o retorno de João Gilberto aos palcos. O genial e genioso cantor se apresenta nos dias 14 e 15 de agosto no Auditório do Ibirapuera, São Paulo, e no dia 24 no Teatro Municipal, Rio de Janeiro; em 5 de setembro ele canta em palco muito familiar, Teatro Castro Alves, Salvador - Bahia. João Donato fará apresentações nos dias 8 e 9 de julho, no Auditório do Ibirapuera, e no dia 11/7 no Teatro Municipal do Rio de Janeiro. Além das reverências aos expoentes da Bossa Nova, acontecerão uma série de homenagens ao cantor João Donato com três concertos no mês de julho. Interpretes de gêneros musicais diferentes e mais jovens como Fernanda Takai {Pato Fu}, Bebel Gilberto, Marcelo D2, Roberta Sá entre outros cantam Donato.

Exposição – 50 anos de Bossa Nova

A idéia dos organizadores é fazer com que o visitante mergulhe na história de 50 anos atrás com depoimentos, músicas históricas e simulação de ambientes como o ‘apartamento do violão’, no caso o de Nara Leão.

No dia 7 de julho será aberta a visitação a megaexposição referente à Bossa Nova na Oca do Ibirapuera. Esta inclui um show virtual com Nara Leão, Tom Jobim, Vinícius de Morais, Stan Getz e Frank Sinatra. O show vai utilizar a mesma tecnologia que a banda cartum Gorillaz usa, o Eyeliner. Ou seja, uma espécie de holografia criará o encontro entre os mestres da bossa. Segundo Carlos Nader, curador da exposição, no show será possível o telespectador ouvir coisas como o bater do próprio coração e ranger de ossos. É uma mostra interativa e o espectador tem à disposição ambientes futuristas onde com um toque de mão no ar poderá acessar músicas e dados sobre a Bossa Nova. É algo semelhante a tecnologia antevisão utilizada no filme Minority Report. Em um outro ambiente uma câmara anecóica [sem eco] será instalada cuja função é simular um ambiente de total silêncio. No primeiro andar da Oca estarão Tom Jobim, Vinícius de Morais e João Gilberto. Cada um tem seu próprio espaço com textos, fotos e músicas. A mostra ficará por dois meses em cartaz. [Francisco Martins]

 

 

Joss Stone: cantora com "C"

 
Voz quente, potente e grave quem ouve e não a conhece pensa se tratar de uma das grandes vozes negras.

Rapariga inglesa dona de voz e beleza espetaculares Joss Stone se apresenta no Brasil, e pede apenas tapetes persas no palco haja vista que se apresenta descalças. Quando tinha dez anos Joss ouviu um disco de Aretha Franklin, uma das melhores referências da soul music. A partir dai ela decidiu o que queria da vida, cantar, e aos 14 anos concretizou seu sonho. Se apresentou ao lado de Sir Elton John, Simply Red e para George Bush e, por final, reinventa a soul music. Tom Cruise disse em directo, que é seu fã número um. Sharon Stone também fez questão de assumir que é fã de Joss Stone, assim como Mick Hucknall. Aos 21 anos ela parece aquela mesma menina que cantava a plenos pulmões entre quatro paredes onde se sentia mais protegida. Em sua audição sempre incorporou músicas de Janis Joplin, James Brown e Whitney Houston. Mas foi mesmo depois de ver um anúncio do CD de Aretha Franklin, aí Joss percebeu que não poderia ser outra coisa se não cantora.Joss Stone é apegada aos animais e quando pequena se inscrevera em um concurso caça-talento " Star for a Night" para tentar ganhar um dinheiro e manter os custos de seu cavalo. Cantou "Natural Woman" e o resultado foi o primeiro prêmio, e sem saber acabava de assinar seu primeiro contrato com a gravadora S -Curve. Seu álbum de estréia "Soul Session" é uma seleção de Rithym & Blues covers e vendeu mais de um milhão de cópias. Logo viria " Mind, Body, and Soul" o disco com composições próprias, das 14 faixas 11 eram de sua autoria. O disco vendeu mais de 1,5 mi cópias somente na primeira semana. A diva Joss Stone estará fazendo shows pelo Brasil, São Paulo e Rio de Janeiro, no mês de junho. [AgênciaFM]
 

13/06 RIO DE JANEIRO
Av. Infante Dom Henrique, 85 - Parque do Flamengo - RJPista Vip: R$ 400,00 Pista: R$ 190,00 Camarote B: R$ 480,00 Camarote A: R$ 400,00

SÃO PAULO
dia 16 no Via Funchal> 16/06 SÃO PAULORua Funchal, 65 - Vila Olímpia, - São Paulo, BrasilPreços: Pista - Especial: R$ 400,00Pista - Setor: R$ 200,00 - Pista - Setor B: R$ 150,00Mezanino: R$ 220,00 - Camarote: R$ 400,00Horário: 22h00
Bourbon Street no dia 14, 23h00
em um show para poucos.
http://www.bourbonstreet.com.br/
 

 

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 20:50  comentar

Junho 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
13

15
17
19

22
24
25
26
27
28

29
30


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds