Revelando, imortalizando histórias e talentos
16.7.08

06/08 Alma Boa de Setsuan encenado por atriz mediana Denise Fraga.

 
Tema atualíssimo como se tivesse sido escrito hoje sob encomenda para o Brasil

Obra-prima do dramaturgo Inglês Bertold Brecht encenada no Brasil na década de 1950 por Maria Della Costa, ganha nova roupagem pelas mãos do diretor Marco Antônio Braz, e apresenta no papel principal, Denise Fraga. Ambientado na China, o texto é focado nas relações éticas, e gira em torno de uma prostituta que se faz passar por homem para poder se tornar patrão. A partir daí, o espetáculo se desenvolve e fala sobre a tirania de políticos poderosos e suas falcatruas, e do descaso com os menos favorecidos. Deuses, e uma Santíssima Trindade descem à terra em busca de uma única alma boa. No elenco, Denise Fraga, Ary França, Joelson Medeiros, Virgínia Cláudia Melo entre outros. Não esperem ver uma Maria Della Costa em cena, Denise Fraga é uma atriz limitada. Não vai muito além do humor corriqueiro. Mas pelo conjunto, o espetáculo merece uma recomendação. Foto:
www.terra.com.br . [Francisco Martins]

Teatro Renaissence: [11] 3188-4147]
Alameda Santos, 2233, Cerqueira César - São Paulo
Sexta-feira às 21h30
Sábado, 21h00
Domingo - 19h00
R$ - 60 à 80,00
Até 28/09
 

 Ana Luísa Lacombe, atriz premiada, estréia infantil no Teatro Ágora
 

O grupo Faz e Conta, de Ana Luisa Lacombe, volta ao imaginário infantil com O Conto do Reino Distante no Teatro Ágora (Bela Vista), no dia 2 de agosto, às 16horas. O espetáculo tem texto de Simoni Boer, trilha musical de Sérvulo Augusto e direção de Paulo Rogério Lopes. Em cena, Ana Luisa Lacombe e Camila Bellodi. A temporada vai até 28 de setembro de 2008. Ana Luisa dá continuidade à sua pesquisa de integrar a linguagem do teatro com a do contador de histórias e reúne uma premiada equipe para montar O Conto do Reino Distante - contemplado pelo PAC (Plano de Ação Cultural da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo). Com este trabalho, fecha-se a trilogia iniciada com Fábulas de Esopo - ganhador do APCA de melhor atriz (e três indicações para o Coca-Cola FEMSA de melhor espetáculo, texto e atriz), seguido por Lendas da Natureza, em 2006, contemplado pelos prêmios APCA e Coca-Cola FEMSA, ambos como melhor atriz.


 
O Conto do Reino Distante é uma aventura que aborda temas antigos numa história inédita, e põe no palco a busca do crescimento, da superação e da perplexidade do indivíduo perante o mundo. Com estrutura de conto de fada, o espetáculo mostra o rito da passagem da infância para o mundo dos adultos. A princesa, personagem principal, precisa vencer o enclausuramento na torre do castelo e recuperar a espada levada pela bruxa para a Floresta do Sol. [Fotos divulgação]

Sinopse

O Reino Distante aguarda o nascimento do príncipe, o herdeiro do reino. Nasce uma menina, que passa sua infância tecendo e bordando trancada numa torre, na companhia de suas minúsculas amigas, as formigas. Mas quando a hora chegar, a princesa, heroína da história, vai escapar da torre, enfrentar a bruxa e recuperar o reino.

O Grupo Faz e Conta

Criado em 2003, a companhia de Ana Luísa Lacombe tem por premissa trabalhar, a cada nova montagem, com uma equipe de criação diferente. Conto do reino distante conta com a dramaturgia de Simoni Boer (que se inspirou em mestres do gênero como J.R.R Tolkien, Andersen e os irmãos Grimm), a direção de Paulo Rogério Lopes e a trilha sonora de Sérvulo Augusto (executada ao vivo). Ana divide o palco pela primeira vez, com a atriz Camila Bellodi.

Ficha Técnica
Idealização: Ana Luísa Lacombe Texto: Simoni Boer Direção e espaço cênico: Paulo Rogério Lopes Elenco: Ana Luísa Lacombe e Camila Bellodi Concepção da projeção: Ana Luísa Lacombe, Camila Bellodi, Paula Galasso e Paulo Rogério Lopes Figurinos: Ana Luísa Lacombe Musical Original e Trilha sonora: Sérvulo Augusto Desenho de Luz: Mirella Brandi Operação da luz: Aline Barros Produção executiva e Operação do som:
Patrícia Torres Realização: Grupo Faz e Conta

Serviço

De 02 de agosto a 28 de setembro de 2008
Local: Ágora Teatro - Rua Rui Barbosa, 672 – Bela Vista
Telefone: 011 3141-2772 Lotação: 88 lugares Duração: 55 minutos
Acesso a deficientes físicos / Estacionamento com manobrista
Temporada: sábados e domingos às 16h.
Ingresso: R$16 (inteira) e R$8 (meia).
Abertura da bilheteria: uma hora antes.
Faixa etária recomendada: 5 a 10 anos

Informações para a imprensa
Canal Aberto – 11 2914 0770/ 9126 0425 – Márcia Marques - http://www.canalaberto.com.br/
 
EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 15:06  comentar

Julho 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
14
15
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds