Revelando, imortalizando histórias e talentos
15.10.08
Fundador do movimento ' condoreiro' e divulgador dos pensadores alemães além de jurista e filósofo.

 


Tobias Barreto de Menezes nasceu em Sergipe, na vila de Campos, em 7 de junho de 1839. Na sua cidade deu início aos estudos de latim e música, então resolveu ingressar no Seminário em Salvador, BA, mas a saudade não deixou que permanecesse mais de um dia, e regressou para sua terra natal. Já em 1864 entraria para a Faculdade de Direito, em Recife,PE, bacharelando-se em 1869.
Durante algum tempo advogou no interior do estado e em 1882, passou brilhantimente em um concurso para a faculdade onde estudara. Regeu várias cátedras. Versado em línguas, especialmente alemã, divulgou as obras dos pensadores germânicos. Foi o iniciador do movimento chamado 'condoreiro', que teve em Castro Alves o ponto mais alto.Como jurista foi um foco de irradiação das doutrinas alemãs da época e chegou a colaborar em revistas cientificas da Alemanha.
Abolicionista fervoroso e partidário da república, Tobias Barreto deixou diversos trabalhos escritos tais como 'Estudos Alemães', 'Ensaios e Estudos do Direito', Mandado Criminal' e 'Ensaios e Estudos de Filosofia e Crítica'. Seu livro de poesias 'Dias e Noites' alcançou na época o maior êxito. No bairro da Mooca, São Paulo, dá nome a uma rua.

 

 

Jackson de Figueiredo - escritor

Escritor e revisor, por causa de uma forte gripe que quase o levou à morte, ele se converteu ao catolicismo. Sua vida estudantil foi marcada por brigas corporais.

Nasceu em Aracajú, SE, no dia 9 de outubro de 1891 o escritor Jackson de Figueiredo. Figueiredo tinha um espírito totalmente inconformado com qualquer tipo de injustiça, além de ser dotado de grande coragem pessoal. Sua vida estudantil foi muito agitada, com brigas freqüentes. No ano de 1915 já era bacharel pela Faculdade de Direito da Bahia. Transferindo-se para o Rio de Janeiro, iniciou-se em jornalismo como revisor de provas parlamentares. Exerceu advocacia , em menor escala. Em 1918, foi acometido de forte gripe, e a partir daí teria se convertido ao catolicismo, do qual virou grande líder. Foi fundador da revista 'A Ordem' e um os fundadores do Centro Dom Vital, no Rio de Janeiro. Entre suas obras mais conhecidas citam-se 'Zíngaros', 'Humilhados e Luminosos' , Xavier Marques', 'Crepúsculo Inferior',

 

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 18:29  comentar

Mathias Aires – filósofo pioneiro

 
Ele foi o pioneiro dos filósofos brasileiros mas nunca foi aceito. Teve seu primeiro livro publicado no Brasil em 1993, 245 anos depois. A rejeição talvez seja por sua situação econômica privilegiada.
 

Este paulistano nascido em 1705 cujo nome completo é Matias Aires Ramos da Silva de Eça, foi o primeiro filósofo brasileiro. Matias Aires foi alfabetizado por jesuítas no Pátio do Colégio, centro velho da cidade de São Paulo. Quando tinha 11 anos mudou-se com sua família para Lisboa, Portugal. Lá estudou direito em Coimbra, e na Sorbonne, Paris/França, cursou ciências naturais, hebraico e matemática. O filósofo nunca foi bem aceito e conhecido no Brasil. Foram vários os livros escritos por ele, sendo o mais conhecido " Reflexões sobre a Vaidade dos Homens", que foi publicado no país somente em 1993. Outra obra importante de Aires é ‘Carta sobre a Fortuna’ que merece uma leitura minuciosa. Se contarmos a partir da morte do filósofo, são somente duzentos e quarenta e cinco anos depois. Quem passa pela rua de quatro quarteirões que leva seu nome, na Consolação, é uma justa homenagem ao pioneiro da filosofia no Brasil. Desanimado pelo descaso com suas idéias filosóficas, então, ele retornou à Portugal onde morreu em 1763.
 
 
Júlio Dinis
 
Viveu apenas 31 anos ele deixou vasta obra literária como por exemplo 'As Pupilas do Senhor Reitor'.
 



Nascido na cidade do Porto, o escritor português Joaquim Guilherme Gomes Coelho, em 14 de novembro de 1839. Formou-se em medicina no ano de 1861 pela Escola Médico-cirúrgica, de sua terra natal. Adoentado pela tuberculose, viaja duas vezes para Açores -Portugal, em busca de cura. Não conseguiu debelar a doença e morreria aos 31 anos. Porém, em seu pouco tempo de vida ocupou-se com muitos afazeres de natureza cientifica, sua obra literária é uma das mais sólidas. Entre as mais conhecidas ' A Justiça de sua Majestade', Serões da Província', 'As Pupilas do Senhor Reitor', A Morgadinha dos Canaviais', ' Uma Família Inglesa' ' Os Fidalgos da Casa Mourisca', ' Poesias' e ' Inéditos e Esparsos'. O médico-escritor faleceu em 12 em de setembro de 1871.

 

A.W.K. Billings

Ele transformou obstáculos em fator de progresso e contribuiu para elevar a produção de energia elétrica em São Paulo e Rio de Janeiro.
 


Nascido em Omaha, nos Estados Unidos da América, Asa White Keney Billngs, em 8 de fevereiro de 1876, formado em engenheiro civil, mecânica e eletricidade pela Universidade de Harvard. Iniciou sua carreira profissional em 1897, servindo em grandes empresas de engenharia e finanças nos Estados Unidos, Cuba, México e Espanha. Em 1922 chegou ao Brasil como superintendente de construções da Brasilian Traction, Light & Power Company Limited. Em 1925 enfrentou a grande crise de energia em São Paulo, dobrando a capacidade da usina Paula Souza, construindo a usina do Rasgão em tempo recorde, 11 meses. Porém, o mais importante foi realizar a idéia originalíssima de F.S.Hyde, que era inverter o curso de rios do planalto, a fim de reunir-lhes águas em grandes represas no alto da serra, entre São Paulo e Santos, e jogá-las abaixo para mover geradores no pé da serra.


Após a usina de Cubatão, um verdadeiro monumento de engenharia Elétrica, ele logo começou a ampliação para mais 28 metros da barragem de Ribeirão das Lajes, desviando as águas dos rios Paraíba e Piraí, para aquela bacia, e assim formar reservatório de 1 bilhão e cem milhões de metros cúbicos , aumentando de 60.000 Kw para 700.000. Em 1944, foi eleito presidente do conselho de diretores do grupo Light. Seus trabalhos lograram grande repercussão nos meios internacionais. Em reconhecimento dos seus méritos pessoais e de serviços prestados ao Brasil, o governo brasileiro conferiu-lhe as insígnias da Ordem Nacional Cruzeiro do Sul, a mais alta honraria do País. Também nomeia a represa Billings, na Grande São Paulo. O engenheiro faleceu em La Joia, Califórnia, a 3 de novembro de 1949

 

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 18:27  comentar

Outubro 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
16
17
18

20
22
25

26
27
28
29
31


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds