Revelando, imortalizando histórias e talentos
23.10.08

 Nova Iorque - 11/11/ [AgênciaFM] - Axel Rose é o único integrante original do Guns a constar do disco, que estará nas lojas norte-americanas a partir do dia 23 de novembro e no resto do mundo, dia 25. O último disco da banda chamado de "Spaghetti Incidente", de 1993 era um disco somente de covers, e não serve de parâmetros para Chinese Democracy. Desde então, muitas promessas foram adiadas quanto o lançamento de um novo álbum.

 
Ninguém ligado diretamente a história da banda, fora Axel, do novo disco da banda surgida em Los Angeles na metade dos anos 1980. Guns N'Roses tornara-se gigantesca com hits como Mr. Brown Stone, Paradise City, Welcome to the Jungle, do álbum Appetite for Destruction, que vendeu 29 milhões de cópias pelo mundo.


As outras faixas do CD é uma confusão absurda e dividem-se entre canções bregas e toscas como Madagascar, ‘There Was a Time’, com exageros ora de guitarras ora de sintetizadores. Apenas pretensão e nada mais tem o CD do Guns N' Roses. Não tem foco , apesar de constar quatro produtores nos créditos nenhum apontou na direção correta.

Radiohead no Chile e México e Brasil

 
Países da América Latina como o Brasil e a Argentina estão listados para nova turnê da banda Radiohead,
apresentações confirmadas no Chile e México e Brasil.

Os britânicos do Radiohead confirmaram através de seu site uma nova data para apresentação de sua primeira turnê pela América Latina. Eles se apresentarão na Cidade do México no dia 16 de março no Foro Sol. No dia 13, o site do grupo já confirmava um show no Chile, em 27 de março, no Estádio San Carlos de Apoquindo, Santiago. O Brasil terá dois shows com a banda de Tom Yorke. 

A banda está em turnê promovendo seu mais recente disco, In Rainbows,que foi lançado primeiro para download gratuito no seu site. Os ingressos para os shows chileno e mexicano já estão à venda. A banda continua com a mesma proposta que é não aceitar patrocínios de empresas para seus shows, e que torna-se um show caro e de risco alto risco para os produtores. Em qualquer parte do mundo, o grupo tem um dos espetáculos mais aguardados.
 
Rio de Janeiro> 20 de março 2009, na Praça da Apoteose.
São Paulo > 22/03/2009 - na Chácara do Jockey . Ingressos tem preço único: R$ 200,00.
 
 
 
R.E.M.: agora no Rio e Sampa [passou]

 

Gravadora> Universal
R$ > 30 média
Cotação: > ***
 
 
Elton John:13 anos depois

Os fãs de Sir Elton John podem esperar todos os grandes sucessos ao longo dos 40 anos de carreira. Pais e filhos serão bem-vindos haja vista que os fãs de Elton John tem acima de 37 anos e James Blunt é mais garotada. É uma balada familiar.

A última vez que esteve no Brasil foi em 1995, agora o público brasileiro voltará a curtir os clássicos do cantor ao vivo. A turnê Rocket Man, que no ano passado já esteve na Europa, Austrália, Ásia, América do Norte e África, foram confirmados dois shows no Brasil sendo dia 17, no Anhembi, São Paulo - e no dia 19 no Rio de Janeiro, Praça da Apoteose, e ambos terão abertura de James Blunt. {You Are Beautfull - tema da novela A Favorita; Carry You Home}.

Segundo informações os shows terão duração de duas horas e tem como base o álbum Rocket Man - Definitive Hits, lançado em 2007. O que faz acreditar que o repertório mais provável será: Sorry, Seems to be the Hardest World, Good bye Ellow Brick Road, Crocodile Rock, Bennie and the Jets, Skyline Pigeon, Sacrifice, Dont' go Break my Heart, Daniel, I Guess That's Why they Call It eb Blue; Tiny Dancer, Don't let the sun go Down on me; I'M Still Standing entre outras.
Os preços dos ingressos são semelhantes ao de Madonna R$ 550, premium - R$ 250 pista comum, e começam a ser vendidos no sábado, 8, em São Paulo, e para o Rio de Janeiro, domingo, 9. Tanto para São Paulo quanto para o Rio: em ambos os dias pelo site. www.ingresso.com.br , a partir das 22h00 ou pelo fone 4007-1007 [ de qualquer local do país]. Também haverá venda de ingressos no Pacaembu a partir de domingo, dia 9, e no Maracanãzinho - RJ, a partir de segunda-feira, dia 10. Para o Anhembi os realizadores esperam mais de 30 mil pessoas e na Apoteose, Rio de Janeiro, acima de 35 mil.

http://www.ingresso.com.br/
[ 4007-1007]
Valores: [R$ 550 e R$ 250].
Aceitam-se carteirinhas de estudantes
 

Chaka Khan e Marsallis

Duas figuras importantíssimas da cena musical mundial se apresentam grátis em São Paulo.

Uma das vozes mais poderosas e originais do rithym blues e do funk dos anos 1970, Chaka Khan, e o saxofonista Brandford Marsallis, um dos músicos mais talentosos de sua geração que revigorou a cena jazzística dos anos 80, se apresenta juntamente com a diva Chaka Khan no Parque da Independência, domingo dia 23.
 

A memória da musa já não é mais a mesma, mas ela se apresentou no Brasil em 1989 sozinha, e dessa vez trouxe um sexteto de destaque: o baixista Andrew Gouche e o diretor musical Eric Brice; guitarra, Javad Day [teclados] Charles Streeter [bateria], Tiffany Smith e Mabvuto Carpenter vocais. São músicos muito jovem, em média 20 anos de idade.
Marsallis tem 20 discos gravados e centenas de parcerias. Para tocar no Brasil ele trouxe o mesmo nipe de músicos que o acampanham desde 2000 com Jeff Watts, bateria, Joey Calderazzo, piano, Eric Revis - baixo. A interação musical dos caras é algo formidável beira à telepatia. Nos shows ele costuma fazer releituras de músicas de Prince, Jimi Hendrix e Joni Mitchel. Hits por exemplo I'm Every Woman, Through the Fire e I Fell for You entre outros. {Foto assessoria de imprensa da cantora}

Dia 23 de novembro – domingo
Parque da Independência, s/n -
A partir das 15h00
Ipiranga - zona sul
Classificação - livre
GRÁTIS
 

 O grupo tem duas datas agendadas para a capital paulista. Liderado por Michael Stipe, os R.E.M. se apresenta no Via Funchal nos dias 10 e 11 de novembro. Os preços variam entre R$ 200,00 e R$ 500,00 e podem ser adqüridos nas bilheterias da própria Via Funchal, ou pelo telefone 11 3188-4148, e também pelo site http://www.viafunchal.com.br/. Antes de tocar em São Paulo eles se apresentarão no Estádio São José, em Porto Alegre, e no dia 08 no HSBC Arena, no Rio de Janeiro.
O grupo volta ao Brasil após sete anos para divulgar o mais recente álbum de estúdio, “Accelerate”, lançado em 2008.

08/11/2008 - Rio de Janeiro/RJHSBC Arena - Avenida Embaixador Abelardo Bueno, 3401Ingressos: não informadoInformações: www.hsbcarena.com.br

10 e 11/11/2008 - São Paulo/SPVia Funchal - Rua Funchal, 65Horário: 22h00Ingressos: R$ 500,00 (pista VIP), R$ 200,00 (pista), R$ 300,00 (mezanino) e R$ 500,00 (camarote)Informações: http://www.viafunchal.com.br/
 

13 anos ele reaparece por aqui e desfilará repertório 'classsico'

Planeta Terra traz os irmãos Reid garantia de rock e distorções de qualidade


Criado em 1984, na Escócia, o Jesus and Mary Chain teve vida curta por causa das discórdias entre os irmãos Willian [fundador] e Terry Reid. Apesar das brigas constantes até parece que serviam de combustível para as perfeitas distorções em sua guitarras barulhentas. O fim da JMC aconteceu em 1998, quando os irmãos saíram no braço em um show em Los Angeles. Nos meados dos anos 1980 eles ganharam destaque na mídia britânica por causa dos shows com duração de 10 a 15 minutos, e anida tocavam de costas para a platéia. Eles beberam em fontes saborosas como por exemplo Velvet Underground, Beach Boys, então, fizeram sua música quase única ao unir urbanidade sonora e aspereza como em seu primeiro álbum 'Psychocandy' , de 1985, que se tornaria referência para dezenas de bandas entre elas Sonic Youth, My Blood Valentine, Primal Scream e outras. Em 1987 lançaram Darklands seguido por Honey's Dead, 1992.
Depois de longa ausência, eles fizeram as pazes em 2007 e tocaram no tocar no Chocela Festival, na Califórnia. No dia 8 de novembro a banda estará no Brasil, especificamente São Paulo, como a principal atração de Planeta Terra. Eles prometem um repasse por todos os discos no dia 8, em São Paulo. O que será muito bom ouvir Happy When It Rains, Darklands de sua fase mais gótica. ‘Some Candy Talking’, ‘Just Like Honey’ hinos do disco Psychocandy. Eles estão preparando um novo álbum que deverá sair por aqui no meio do ano de 2009.


Além de JMC se apresentam no palco principal Vanguart [ 17h30 às 18h30] Mallu Magalhães 19h00 às 20h00] Jesus and Mary Chain [20h30 às 21h30].


Off Spring [22h00 às 23h15] Bloc Party [23h45 às 2h45], Breeders [0h à 1h30] Keiser Chiefs [1h30 às 2h45] e outros.

Dia 8 de novembro
A partir das 15h00 até às 3 do dia seguinte
Av Nações Unidas, 20.003
portões 1 e 2
Classificação etária: 18 anos
R$ 150,00
www.planetaterrafestival.com.br
 
 
 
 
Dona Jandira - para quem gurte música boa
 
23/10, 2008- Dona Jandira canta desde os 4 anos de idade em clubes, escolas e solenidades. Aos 66 lança seu primeiro CD e o resultado musical não poderia ser outro; um deleite.

Alagoana radicada em Minas Gerais, pedagoga de formação e artesã de coração deu início à carreira musical sem muita pretensão, há quatro anos. Sua voz potente atraiu um público cativo no interior e na capital mineira, ganhando outras proporções. Neste seu primeiro CD ela canta canções consagradas por divas como Dalva de Oliveira e Elizeth Cardoso. São 14 faixas onde gorjeia por faixas de autores do porte de Ary Barroso [8 faixas], Lupicínio Rodrigues e Jacob do Bandolim, que estão entre os compositores preferidos de Dona Jandira. Mas ela também é vanguarda e gravou seis faixas de compositores mineiros de geração mais recente como por exemplo Chico Amaral, Murilo Antunes, Sérgio Moreira e José Dias, cujas composições foram feitas especialmente para o CD que leva seu nome, Jandira. [Fonte: Maurício Cardim –
http://www.mauriciocardim.com.br/
 
Leia mais sobre dona Jandira em http://donajandira.blogspot.com
EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 20:05  comentar

'Arquivo Geral' e 'Nova Arte Nova'

 
As duas mostras abrigadas no centro do Rio de Janeiro abordam produção artística brasileira dos anos 1950 até os dias atuais.
 

Arquivo Geral quer potencializar o mercado de arte carioca aos colecionadores estrangeiros e visitantes da Bienal de São Paulo. A mostra está na terceira edição, e é uma iniciativa de 11 galerias locais com intuito de potencializar o mercada de arte carioca a partir de visitantes do exterior, brasileiros e curadores, gerada pela movimentação na Bienal, com abertura no sábado, 25. "Arquivo Geral" apresenta 96 artistas, no térreo do Centro Cultural de Justiça Eleitoral. Os trabalhos foram escolhidas a partir das sugestões de galeristas cariocas, e são peças produzidas nas últimas décadas como escultura em acrílico de Ruben Ludolf. Destaque para instalação de Paulo Vivacqua que dialogam com a arquitetura de edificação erguida em 1892, e combina elementos neoclássicos e do barroco com 'um pé' na art nouveau.

Nova Arte Nova

A exposição ocupa todo o espaço expositivo do CCBB -RJ, com mais de cem obras de 55 artistas que nos últimos 10 anos, vem atualizando e explorando linguagens e técnicas da arte contemporânea. A mostra apresenta uma dinâmica e ocupa o espaço de maneira fluida. Segundo o curador Paulo Venâncio Filho "a exposição vai demonstrar a abolição das diferenças regionais entre artistas". A exposição deverá ser montada no CCBB /SP, de janeiro a até abril de 2009. [Obra de Gabriel Maciel na mostra "Nova Arte Nova".

Serviço

'Nova Arte Nova'
CCBB – r. Primeiro de Março, 62
Terça a domingo - 10h00 às 21h00
Até 4/1/2009
[21/3808-2020 ]
 

"Arquivo Geral"
Centro Cultural Justiça Eleitoral
Rua Primeiro de Março, 42
De quarta à domingo
Das 12h00 às 19h00
De 22/10 até 29/11
[21/2527-9496
 
EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 20:05  comentar

Fotos de guerra de Robert Capa, no Barbican

 
Mostra em Londres reúne fotos de guerra de Robert Capa. Entre as fotos mais conhecidas 'O Soldado caindo' compôe a mostra.

Uma mostra em Londres reúne fotos de guerra feitas pelo renomado fotógrafo Robert Capa entre os anos de 1936 e 1945. This is War (Isso é guerra, em tradução literal), em cartaz no centro cultural Barbican, traz imagens famosas como O Soldado Caindo e a chegada dos soldados na praia de Omaha, na França, no início das operações do Dia D - o desembarque de várias tropas das forças aliadas na costa da Normandia, que acabou mudando o rumo da Segunda Guerra Mundial.
Veja aqui algumas fotos da mostra
As séries escolhidas para compor a mostra incluem fotos feitas por Capa durante a Guerra Civil espanhola, a Segunda Guerra Sino-Japonesa e a Segunda Guerra Mundial. A mostra exibirá ainda, pela primeira vez, imagens da recém-descoberta "mala mexicana", uma valise que pertencia ao fotógrafo e que ficou perdida por 70 anos. Na mala foram encontradas fotos inéditas feitas durante a Guerra Civil espanhola, inclusive do movimento dos refugiados saindo de Barcelona em direção à França.

Autêntico

A foto mais polêmica presente na exposição é também uma das mais conhecidas do fotógrafo: O Soldado Caindo, feita em 5 de setembro de 1936 em Córdoba. Durante anos houve debate sobre a autenticidade da foto, que mostra um soldado baleado caindo no momento de sua morte, ainda com o rifle na mão. Em 1970, começaram as especulações de que o soldado teria, na verdade, posado para o fotógrafo e que a cena não seria real. A mostra "This is War" traz outras 50 imagens feitas por Capa e sua parceira, Gerda Taro, na frente de batalha, no mesmo dia. Além das séries expostas na mostra, Robert Capa registrou ainda imagens da Guerra de Independência de Israel e a Guerra da Indochina. Ele morreu em maio de 1954, depois de pisar em uma mina terrestre enquanto fotografava as manobras francesas no delta do Rio Vermelho. [Fonte: Francisco Martins / www.bbc.co.uk

A exposição This is War fica em cartaz no Barbican em Londres, até o dia 25 de janeiro.
 
EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 20:04  comentar

Outubro 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
16
17
18

20
22
25

26
27
28
29
31


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds