Revelando, imortalizando histórias e talentos
21.3.09

Prometido para chegar ao Brasil o disco "She and He" da dupla Morten Klein e Tokunbo Akinro. O trabalho da dupla é bem aceito nos festivais europeus que ficam inebriados com os vocais sensuais de Akinro e os arranjos competentes de Klein.


Ele é alemão e ela nigeriana e se juntaram no final dos anos 90 provavelmente em Freiburg, Alemanha, e formaram uma dupla que para revigoramento a cinquentona Takunbo com vocais cheio de influências do jazz e sensuais. Tok Tok Tok, será uma das principais atrações do festival Bridgstone Music que acontecerá no Citibank Hall, em São Paulo entre os dias 14 à 16 de maio. Desconhecidos do público brasileiro, a gravadora está prometendo para antes do festival o mais recente trabalho da dupla "She and He" [Ela e Ele]. A dupla já tem nove discos gravados, mas este é o primeiro por uma grande gravadora. As letras desse disco gira em torno de histórias de amor , sem coisas óbvias como 'eu te amo' etc.
Akinro é filha de nigeriana com alemã e morou alguns meses nos EUA antes de ir morar na Alemanha. Lá, conheceu o saxofonista Morten Klein em uma escola de música na cidade de Freiburg.

 

'Choros' por Osesp

 
Disco comemora os 50 anos da morte de Heitor Villa-Lobos compositor que unia brasilidade e modernismo.
 

Para lembrar os 50 anos da morte de Villa-Lobos, a parte mais expressiva de sua obra chega ao mercado discográfico "Choros " interpretados pela Osesp - Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo. São 14 peças do século XX compostas para diversas formações de grande orquestras a solo de piano ou grupos de câmaras.
As composições trazem a vontade explicita do compositor de ser ao mesmo tempo 'moderno' e brasileiro. 'Choros' foram compostos logo após seu retorno de Paris onde conheceu personalidades como Léger e de ter partilhado da tradicional feijoada de Tarsila do Amaral e Oswad de Andrade em Paris. Em 'Choros', Villa-Lobos floresce com nuances de pura sensibilidade brasileira.
Algumas e boas gravações dispersas em catálogos existiam de "Choros" mas um projeto como da Osesp há muito tempo se fazia necessário para o compositor carioca. Robusta realização musical e muito boa engenharia de som para este terceiro disco da série. Introdução dos 'Choros' traz Fábio Zanon com uma ótima releitura; e a ambiciosa releitura para 'Choros' n* 12. 'Choros' n* 10 com coro tira literalmente da cadeira o mais insensível dos ouvintes. [Foto capa do CD Vol. 2]

 

Villa-Lobos - 'Choros'
Artista: Osesp
Valor: R$ 28,90
Gravadora: Biscoito Fino
Cotação: muito bom
 
Show da banda Os mamelucO no Café Piu Piu

Dia 1º de abril de 2009, quarta, às 21h, no Café Piu Piu, em São Paulo, a banda Os mamelucO se apresenta com seu show “Vira Lata”.
 

 
A palavra mameluco significa primeiro ser híbrido brasileiro, filho do europeu colonizador com a indígena, primeiro bastardo sem berço, que reflete sobre mais de uma origem. Como o nome sugere, Os mamelucO é toda mistura que se pode ter na música brasileira. O repertório do show Vira Lata varia do samba ao blues, do côco ao choro, criando uma música autêntica, genuinamente brasileira. Esse show Vira Lata marca o processo da banda de construção do CD homônimo a ser lançado ainda em 2009: os rapazes têm quatro músicas gravadas no Studio Mr. Sound com os engenheiros de som Marcello Pompeu e Heros Trench, disponíveis no www.myspace.com/osmameluco, e preparam-se para entrar em estúdio para gravar esse primeiro CD.
Com Huguêra no violão, voz e cavaquinho, Gunnar Vargas no violão e voz, Peu na gaita, Cláudio Oliveira no baixo, Dan! na bateria, Paula da Paz [à esquerda] na voz e Rafael Franja na percussão, Os mamelucO reativa uma saudade gostosa de música boa que se fazia no Brasil de Jackson do Pandeiro, de Noel Rosa, de Adoniran Barbosa, uma música simples, direta e profunda, unindo sutileza, beleza e sátira do cotidiano em suas letras.

 
A banda esteve recentemente em shows na Galeria Olido e no próprio café Piu Piu, onde obteve grande sucesso de público, o que os fez voltarem ao palco no mês de abril. Roteiro do showO show é composto por composições de Huguêra e Gunnar Vargas, no repertório estão: Vestido Preto, Alone, Vira Lata, A Vida É... A Luta É... Promessa de Paz, Vai Me Procurar, Navalha, entre outras. Para Ouvir: www.myspace.com/osmameluco IntegrantesHuguêra - Compositor, cantor, violonista, baixista, percussionista e cronista. Estudou contrabaixo com Itamar Colaço na ULM Tom Jobim, e violão com Valter Freire e Ciro Visconti no Instituto Souza Lima de Música. Integrou as bandas S.E.O., João Bobo e Preto Soul.Gunnar Vargas - Cantor, violonista, compositor e produtor cultural. Estudou violão na ULM Tom Jobim, com Marco Prado e Éder Sândoli.
 
Em 2008 produziu e lançou o CD Encontro de Compositores.Peu Pereira – Gaitista e cineasta, estudou teoria musical com Hulizes Cazallas e participou de diversos workshops com gaitistas renomados, como Flávio Guimarães e Serginho Duarte. Dirigiu o documentário “Panorama – Arte na Periferia”, o curta “O Grito”, o curta experimental “Rumo”.Claudinho Oliveira - Baixista com mais de 20 anos de estrada, tem fortes influencias de samba, blues, jazz e rock. Integrante da banda Preto Soul, tem uma extensa trajetória musical trabalhando com inúmeras bandas e músicos do cenário paulistano.Dan! – Baterista, compositor, cineasta e educador popular. É músico autodidata desde os 6 anos, tendo participado de diversas bandas como baterista, violonista e compositor desde 1992. Paula da Paz – Cantora, estuda música desde os 14, já estudou na ULM, fez parte de diversas bandas, além de trilhas para espetáculos teatrais.Rafa Franja – Percussionista e produtor cultural, integrante do Grupo de choro Noite Clara e da banda de Soul Remédio Forte, estudou durante quatro anos com Arlem Ribeiro, percussionista que leciona no Conservatório do Morumbi e com Celsinho Silva a linguagem do pandeiro no Choro.
 
Show Os mamelucO em “Vira lata”Café Piu Piu – Quarta – 1º de abril - 21hRua 13 de Maio, nº 134, Bela Vista, Tel. (11) 3258-8066Entrada R$ 10,00 -
 
Recomendação: 18 anos
Lotação: 300 lugares // Acesso a deficientes
Contatos para Shows - Vanessa Sórice
– 11 – 5572 6232 / 11 9548-0217 / vanessasorice@gmail.com
 
 
Informações para a imprensa
Canal Aberto – 11 3798 9510/ 2914 0770 / 9126 0425 – Márcia Marques canal.berto@uol.com.brhttp://www.canalaberto.com.br/
EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 14:25  comentar

Março 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
13
14

15
16
18
20

22
23
24
26
27
28

29
31


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds