Revelando, imortalizando histórias e talentos
30.6.09

‘Música na Noite’ escrita por Maurício Cardim segue abordando importantes personagens da música brasileira. Nessa edição, fala sobre Raimundo José, Diana e Vânia Bastos entre outros.

 

 

"Aleluia", composição de C. Traia S.J., gravação de Raimundo José grande intérprete de diversos gêneros musicais, tanto nacional quanto internacional. Tive o prazer de fotografa-lo (e continua na ativa)diversas vezes em muitos de seus shows e também ao lado de outros famosos tais como: Ângela Maria, Joelma, Vanusa, Claudete Soares, Agnaldo Timóteo. "Aleluia cantam os anjos na bela noite de natal/aleluia canta a terra pois o menino nos trouxe a paz/aleluia canta a noite..." {Música na coletânea Todo Brasileiro}.

"Sala de Recepção", composição de Cartola gravada por Rosemary no seu mais recente CD intitulado ‘Em Mulheres da Mangueira’, bela homenagem da cantora e convidados especiais a tão querida Escola de Samba. "A noite, a lua prateada/silenciosa ouve as nossas canções/tem lá no alto um cruzeiro onde fazemos nossas orações".

"Linda Flor". Maria Bethânia também gravou essa linda composição no seu LP comemorativo, 25 anos de carreira (1990), disco bonito inclusive com um pôster 88X59 tamanho, com mais de 30 fotos históricas com seus amigos e colegas. "Chorei toda noite pensei/no beijo de amor que lhe dei/Iôiô meu benzinho do meu coração/me leva pra casa não me deixe mais não".

"Noite de Paz".composição e gravação de Dolores Duran. Regravada recentemente por Vânia Bastos num Cd em homenagem a grande letrista e cantora. Disco esse com grandes intérpretes homenageando a grande artista que sustentou e sustenta a MPB. "Dá-me, Senhor/uma noite sem pensar/dá-me Senhor/uma noite bem comum/uma só noite em que eu possa descansar".

"Esta Noite lhe Digo que Não". Diana gravou em seu primeiro compacto simples em 1969, porém o sucesso veio em 1971 com outro compacto simples, "Ainda Queima a Esperança", do outro lado do disco o clássico "Carinhoso" em dueto com o cantor e compositor Ed Wilson. Daí pra frente um sucesso atrás do outro, depois sumiu e retornou em 2002 com o nome de Diannah e um CD com regravações de todos seus sucessos. Não aconteceu e "sumiu" de novo,pena, uma grande cantora popular. "Esta noite lhe digo que não..."
{Fotos acervo Agência FM}

 

Saiba mais sobre Raimundo José neste site EDITORIAS: raimundo josé 

ou no blog do artista: http://raimundojosecantor.blogspot.com

 

 

Saiba mais sobre Maurício Cardim neste site EDITORIAS: mauricio cardim    ou em:


http://www.fotografo-expositor.brasilflog.com.br/
http://www.culturafm.brasilflog.com.br/

 
EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 00:57  ver comentários (2) comentar

Duas Orelhas e Uma Boca que Escuta Grupo trabalha com portadores de necessidades especiais


SÃO PAULO - SP - Em julho, nos dias 1 a 5 de julho, o Coletivo MR, coordenado pelo bailarino e coreógrafo Luis Ferron traz ao palco do Teatro de Dança (instituição vinculada à Secretaria Estadual de Cultura de São Paulo, gerenciada pela Associação Paulista de Amigos da Arte - APAA) a estreia da coreografia Duas Orelhas e Uma Boca que Escuta. O Coletivo MR é uma extensão multiplicadora do projeto Mão na Roda, que utiliza a linguagem da dança como ferramenta para a formação, integração e desenvolvimento humano.


Parte da pesquisa empírica, abarcando procedimentos de atuação artísticos e pedagógicos que contribuam para a promoção de habilidades físicas e competências artísticas, inseridas num contexto de formação de artistas que atuem ou almejam atuar na docência ou criação em dança envolvendo pessoas com necessidades especiais. No ano de 2008 o Coletivo desenvolveu as obras coreográficas: “Duo para Dois Perdidos” (direção: Ivan Bernardelli) e “Cores da Alma” (direção: Luis Ferron), além de desenvolver também o Sarau dos Nogueiras, tendo como sede e parceiros o Centro Cultural Nogueira e a Biblioteca inclusiva Nogueira, em Diadema.


Duas orelhas e uma boca que escuta abre questionamentos acerca de um paradoxo contemporâneo: o mundo que se estreita enquanto as relações, percepções, sutilezas, desejos, atitudes e identidades se esgarçam. As relações e a metrópole passam a fazer parte das investigações nessa nova criação do Coletivo.O tema de investigação inicial partiu da vontade de descobrir as resultantes extraídas dos diálogos corporais estabelecidos entre portadores e não portadores de necessidades especiais. Nesse trabalho, bocas e orelhas são metáforas de um silencio observador que submerge o invisível.


 


FICHA TÉCNICA

Direção e concepção: Luis Ferron Criação de Argumentos:

Coletivo MR Coletivo MR: Andrea Pestana, Angélica Passos, Hélio Feitosa, Ivan Bernardelli, Jaqueline Souza, Monica Augusto, Mufid Hauach, Neta Pereira, Ronaldo Evaristo, Suzana Bayona

Preparação Corporal: Jo Pereira, Suzana Bayona e Coletivo MR Relatora de Processos: Mônica Augusto


Concepção de Figurinos: Ivan Bernardelli

Customização de Figurinos: Orlando Dantas

Trilha Sonora: De Portela

Iluminação: Ju Pedreira


Adereços Cênicos/Ferragens: Paulo Sérgio Fermino

Videos: Alexandre Tripiciano

Design Gráfico: Ivan Bernardelli

Produção Executiva: Solange Borelli / RADAR Produção Cultural

WORKSHOP DE DANÇA

Tema: SINGULARIDADES CORPORAIS COMO PROPOSTA DE INVESTIGAÇÃO COREOGRÁFICA


O workshop objetiva compartilhar as experiências criativas desenvolvidas pelo COLETIVO MR na concepção da obra DUAS ORELHAS E UMA BOCA QUE ESCUTA, partindo de abordagens corporais específicas e jogos de construção coreográfica. A palavra e o corpo provocando simbologias gerando descobertas e novos diálogos para uma criação cênica.


Coordenação: LUIS FERRON

Desenvolvimento: COLETIVO MR

Carga Horária: 12 horas: De 02 a 05 de Julho

Quinta a sábado das 14h às 17h, domingo das 10hs às 13hsPúblico Alvo: estudantes de dança e teatro e demais interessados nessa proposta, acima de 16 anos.Limite de inscritos: 30 (trinta) participantes.


Programação: 01 a 05 de julho – quarta a sexta às 21h, sábado às 20h, domingo às 18h 60 minutos de duração, classificação livre


DUAS ORELHAS E UMA BOCA QUE ESCUTA - ESTREIA

Coletivo MR – Dança, Pessoas, Corpos e Criação/Diadema

TD - Teatro de Dança - Secretaria de Estado da Cultura

APAA - Associação Paulista dos Amigos da Arte

Avenida Ipiranga, 344 - Subsolo, Edifício Itália - São Paulo, SP, Brasil - Metrô República - Email: info.teatrodedanca@apaa.org.br


Telefone da bilheteria: 2189 2555 /// Informações: 2189 2557 Capacidade: 278 lugares/Ar-condicionado/Acessibilidade para pessoas com necessidades especiais ///


Ingresso: R$ 4,00 e R$ 2,00 /// Estacionamento: R$ 15,00 com manobrista /// Bilheteria, abertura: Vendas para o dia do espetáculo - 4ª a domingo, a partir das 14h/// http://www.teatrodedanca.org.br/ ///

Vendas online http://www.ingressorapido.com.br/


O Teatro de Dança tem apoio da Folha de São Paulo, Alcaçuz, Leonor Flores, Circolo Italiano, Luna Di Capri e Planeta´s. No programa "Prêmio Teatro de Dança", conta com o apoio do SESC São Paulo.


 


Informações para imprensa:

Canal Aberto Assessoria de Imprensa

Márcia Marques - (11) 3798 9510 / 2914 0770/ 9126 0425http://www.canalaberto.com.br/

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 00:55  comentar

‘Música na Noite’ escrita por Maurício Cardim segue abordando importantes personagens da música brasileira. Nessa edição, fala sobre Raimundo José, Diana e Vânia Bastos entre outros.

 

 

"Aleluia", composição de C. Traia S.J., gravação de Raimundo José grande intérprete de diversos gêneros musicais, tanto nacional quanto internacional. Tive o prazer de fotografa-lo (e continua na ativa)diversas vezes em muitos de seus shows e também ao lado de outros famosos tais como: Ângela Maria, Joelma, Vanusa, Claudete Soares, Agnaldo Timóteo. "Aleluia cantam os anjos na bela noite de natal/aleluia canta a terra pois o menino nos trouxe a paz/aleluia canta a noite..." {Música na coletânea Todo Brasileiro}.

"Sala de Recepção", composição de Cartola gravada por Rosemary no seu mais recente CD intitulado ‘Em Mulheres da Mangueira’, bela homenagem da cantora e convidados especiais a tão querida Escola de Samba. "A noite, a lua prateada/silenciosa ouve as nossas canções/tem lá no alto um cruzeiro onde fazemos nossas orações".

"Linda Flor". Maria Bethânia também gravou essa linda composição no seu LP comemorativo, 25 anos de carreira (1990), disco bonito inclusive com um pôster 88X59 tamanho, com mais de 30 fotos históricas com seus amigos e colegas. "Chorei toda noite pensei/no beijo de amor que lhe dei/Iôiô meu benzinho do meu coração/me leva pra casa não me deixe mais não".

"Noite de Paz".composição e gravação de Dolores Duran. Regravada recentemente por Vânia Bastos num Cd em homenagem a grande letrista e cantora. Disco esse com grandes intérpretes homenageando a grande artista que sustentou e sustenta a MPB. "Dá-me, Senhor/uma noite sem pensar/dá-me Senhor/uma noite bem comum/uma só noite em que eu possa descansar".

"Esta Noite lhe Digo que Não". Diana gravou em seu primeiro compacto simples em 1969, porém o sucesso veio em 1971 com outro compacto simples, "Ainda Queima a Esperança", do outro lado do disco o clássico "Carinhoso" em dueto com o cantor e compositor Ed Wilson. Daí pra frente um sucesso atrás do outro, depois sumiu e retornou em 2002 com o nome de Diannah e um CD com regravações de todos seus sucessos. Não aconteceu e "sumiu" de novo,pena, uma grande cantora popular. "Esta noite lhe digo que não..."
{Fotos acervo Agência FM}

link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 00:49  comentar

Junho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12
13

15
18
20

22
27

28
29


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds