Revelando, imortalizando histórias e talentos
28.7.09

 

 TD apresenta Plataforma Estado da Dança de 4 a 16 de agosto. Grupos se apresentam para curadores e programadores nacionais e internacionais, informa Márcia Marques  Assessoria de Imprensa Canal Aberto

 

 




De 4 a 16 de agosto, o Teatro de Dança (instituição vinculada à Secretaria Estadual de Cultura de São Paulo, gerenciada pela Associação Paulista de Amigos da Arte - APAA), organiza a 1ª edição do projeto Plataforma Estado da Dança, que pretende ser um evento anual. Os espetáculos acontecerão em três lugares diferentes: Centro Cultural São Paulo (CCSP), Pateo do Colégio e no palco do próprio TD.

São 11 dias de apresentações, com 21 espetáculos, entre eles, 15 premiados pelo último edital do ProAC (Programa de Ação Cultural/2008), da Secretaria de Estado da Cultura. A programação também inclui mesas redondas com convidados e a presença de curadores e programadores do universo da dança, nacional e internacional, que acompanharão a maratona de perto na intenção de conhecer a cena artística paulista.


Está confirmada a presença de Guy Darmet, da Bienal de Dança de e Maison de La Danse de Lyon. Um dos nomes de destaque da dança na França. Além dele, Mary Luft, da Tigertail Productions, de Miami, EUA, marca presença no evento. Do Brasil, os convidados são Jacqueline de Castro, da 1,2 na Dança, de Belo Horizonte/MG; Marci Dornelas, do Festival Internacional de Artes Cênicas de Goiânia/GO; Cláudio de Souza, Presidente da APD - Associação dos Profissionais da Dança de Londrina - e Coordenador do Festival de Dança de Londrina/PR; Sacha Witkowski, do Festival Diagnóstico Contemporâneo, de Goiânia /GO; Arnaldo Siqueira, do Festival Internacional de Dança do Recife/PE e Marta Cesar, da Múltipla Dança, de Florianópolis/SC; Lucia Camargo, da Fundação Clóvis Salgado /MG; Gilsamara Moura, do Festival de Dança de Araraquara e Marcelo Zamora, do Fórum de Dança de São José do Rio Preto.

Para registrar o Plataforma foram convidados três especialistas que produzirão textos a serem publicados no site do TD (www.teatrodedanca.org.br). Com foco em teatro, Matteo Bonfitto - ator, diretor, e pesquisador teatral, formado pela Escola de Arte Dramática da USP, pelo DAMS (Discipline Delle Arti, Della Musica e Dello Espettacolo), de Bologna, e pela Royal Holloway University of London. Célia Gouvêa é a responsável por comentar a dança. Formada pelo MUDRA de Maurice Béjart, em Bruxelas, Bélgica, onde foi co-fundadora do grupo CHANDRA (Teatro de Pesquisa de Bruxelas). Kiko Araújo, roteirista e diretor, atual presidente da Associação Paulista de Cineastas – APACI é o especialista em cinema. Ele é formado pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA – USP) e filmou, junto com Helena Ignez, o longa “Luz nas Trevas, A Volta do Bandido da Luz Vermelha”.

A programação do Plataforma Estado da Dança conta com três estréias e 18 espetáculos já conhecidos e apreciados pelo público. Confira a programação abaixo:

Terça, 04 de agosto, no Centro Cultural São Paulo – CCSP (grátis)
Encontro de Improvisação: Dança para criança – Sala Adoniran Barbosa, das12h às 13h30
Com GRUA
O GRUA e seus integrantes trarão suas propostas de improviso nas ruas de São Paulo para dentro do CCSP, conduzindo os participantes para uma escuta individual e coletiva e construindo juntos a relação com o espaço e os “observadores”.

O tal do Quintal - brincadeiras, medos e sonhos - Sala Adoniran Barbosa, 15h30 às 16h30
Com Cia. Balagandança
A peça busca enfatizar a importância do espaço físico no desenvolvimento dos movimentos da criança, nas brincadeiras e na dança, estimulando a inventividade e ressaltando a possibilidade que todos nós temos de nos transformar.

Três Tempos num Quarto sem Lembrança - Espaço Cênico Ademar Guerra, das 17h às 17h40
Com Juliana Moraes – Classificação 14 anos
O espetáculo solo, de Juliana Moraes, é um estudo das qualidades dinâmicas e espaciais de cada proposta de cena até a criação da possibilidade de brincar com as texturas corporais que surgiram durante.

Noiva Despedaçada - Espaço Cênico Ademar Guerra, das 17h40 às 18h30
Com Ricardo Iazetta – Classificação 14 anos
O espetáculo faz uma incursão na linguagem artística para reconstruir um ambiente e refletir sobre as possibilidades do amor, da união e da existência. No processo, o artista recorre a depoimentos e citações sobre o amor sublime, estilhaçando e desenvolvendo formas para investigar a potencia da dinâmica da quebra e reconstrução.

Sacre - Sala Adoniran Barbosa, das 20h30 às 21h00
Com Toshiko Iowa – Classificação 16 anos
O solo da bailarina japonesa é uma resposta à partitura de inspiração eslava de Stravinsky, que questiona os diferentes sentidos de tempo e musicalidade entre Europa, Ásia e África.

Cantinho de Nóis - Sala Adoniran Barbosa, das 21h15 às 22h10
Com Jorge Garcia e Cia.
Inspirado em cantos e contos populares brasileiros, trata-se de uma montagem de dança contemporânea que se resume na transformação dos cortadores de cana-de-açúcar, da Zona da Mata de Pernambuco, de um ambiente nostálgico e religioso para um ambiente rítmico, dançante e surreal do Carnaval de Olinda.

Quarta, 05 de agosto, no Teatro de Dança - TD

Ares Familiares - Caleidos Cia de Dança / SP - Duração 60 min - Classificação livre – às 16h
Direção e coreografia: Isabel Marques / Co-direção e dramaturgia: Fábio Brazil
O espetáculo que abre o evento é um interativo de dança contemporânea com o público. São as relações familiares e inter-familiares que formam a base dramatúrgica da apresentação, desenvolvidas a partir dos corpos em movimento, convidando o público a interagir com os intérpretes.

Speranza! Dona Esperança - Duração 45 min - Classificação 16 anos – às 20h
Direção: José Possi Neto / Criação e interpretação: Mariana Muniz
Inspirado na histórica personagem do cenário da dança paulistana dos anos 70, Dona Esperança, criada por Ruth Rachou e José Possi Neto, para o espetáculo Sonho de Valsa, de 1979.

Quinta, 06 de agosto, no Teatro de Dança - TD
Duas orelhas e uma boca que escuta- Duração 60 min - Classificação 16 anos – às 16h
Coletivo MR – Dança, Pessoas, Corpos e Criação - Diadema / Concepção e Direção: Luis Ferron
Com movimentos inspirados nos diálogos corporais estabelecidos entre portadores e não portadores de necessidades especiais, o espetáculo propõe novas possibilidades de investigação e criação cênica.

Alto Mar de Todas as Coisas - Key Zetta e Cia./SP - Duração 60 min - Classificação 16 anos – às 20h
Concepção e Direção: Key Sawao e Ricardo Iazzetta.
Entre os principais objetivos deste espetáculo está a reunião de sete artistas iniciantes, em processo de criação e colaboração cênica, em torno de uma proposta dirigida por Key Sawao e Iazzetta.

Sexta, 07 de agosto, no Teatro de Dança - TD
Mesa de Debate – Eixos Curatoriais: Dança no Brasil, das 18h às 20h


Cartas Brasileiras - Raça Cia de Dança de São Paulo - Duração 60 min - Classificação livre – às 20h
Direção e Coreografia: Roseli Rodrigues
Partindo de contatos com amigos e familiares, a companhia iniciou uma coleta de cartas com conteúdos em forma de poesia de diversas gerações. Esta coleta se expandiu, e do acervo resultante, algumas cartas foram escolhidas para o trabalho; traduzidas para a linguagem musical, transformaram-se em dança.

Sábado, 08 de agosto, no Pateo do Colégio (grátis)
Cadência - Cia. Artesãos do Corpo/SP - Duração 25 min - Classificação livre – às 11h
Direção: Mirtes Calheiros
O espetáculo marca o jeito criativo que o corpo brasileiro encontra para viver e superar o duro cotidiano das cidades e trabalha a idéia de que, assim como a liberdade, o equilíbrio é uma ilusão. Cadência é um jeito de dançar e existir no tempo presente, driblando os obstáculos sem nunca deixar-se cair.

Domingo, 09 de agosto, no Teatro de Dança - TD
LinhaGens – Grupo Pró-Posição - Duração 40 min - Classificação 16 anos – às 16h
Coreografia, direção e Execução: Janice Vieira e Andréia Nhur / Sorocaba


O espetáculo trabalha o conceito de que a dança é uma idéia instaurada no corpo, um movimento que transmite informação e se adapta, além de se variar, manter, replicar e evoluir, transformando a dança em um pensamento transitório.

Hidrogênio - Duração 60 min - Classificação 16 anos – às 20h
Criação e Concepção: Bocato e Lara Dau Vieira
Hidrogênio é um projeto de música contemporânea que aborda as questões ambientais da atualidade e se utiliza de um novo olhar a respeito da utilização tecnológica a favor do meio ambiente. A trilha, desenvolvida por Bocato, é feita ao vivo pelo quarteto integrado pelo próprio, ao lado de Crys Galante, Marcio Negri e Rubem Faria, e embala a coreografia dos cinco bailarinos em cena.

Quarta, 12 de agosto às 16h, no Teatro de Dança - TD
Oco - Grupo Minik Mondó - Duração 60 min - Classificação 16 anos – às 16h
Dança Instalação de Maria Momensohn
Aqui o foco é o espaço vazio. As lacunas da arquiterura e as passagens irregulares presentes no cenário, assim como as vídeo-instalações, são metáforas para a passagem de uma impressão, um espaço oculto.

Mesa de Debate – Eixos Curatoriais: Dança no Brasil, das 18h às 20h

Quinta, 13 de agosto, 20h, no Teatro de Dança - TD
Nath Park – ESTRÉIA - Duração 60 min - Classificação livre – às 20h
Concepção e Interpretação: Nathalia Catharina
Trabalhando a idéia de que o corpo reflete o espaço externo, seja ele público ou privado, o espetáculo propõe a construção e redefinição do espaço físico por meio da dança, de forma a instigar o questionamento e ações criativas que reflita sobre eles.

Sexta, 14 de agosto às 16h, no Teatro de Dança - TD
Adverso - Confraria da Dança/Campinas - Duração 60 min - Classificação 16 anos – às 16h
Coreografia, texto, direção e interpretação: Diane Ichimaru
Adverso articula paralelos e contrapontos entre verbo e corpo, transgredindo as fronteiras entre a dança, o teatro e a literatura. O espetáculo trata do corpo subjetivo, embriagado pela insatisfação e pelo cinismo, como corpo deslocado da mansa massa apática.

Imensidão Íntima - Ambulante Cia Cênica de Dança/SP - Duração 50 min – Classif. 14 anos - às 20h
Concepção, Criação e Interpretação: Karina Ka e Lua Tatit
A pesquisa corporal e cênica deste espetáculo tem como base a suspensão, a pausa, a evolução e o amor, tendo como lema “remar contra a maré”, como subversão pacífica num mundo à deriva no medo, violência e competição.

Sábado, 15 de agosto às 16h, no Teatro de Dança - TD
Babel - Cia. Domínio Público/Campinas - Duração 60 min - Classificação livre – às 20h
Direção: Holly Cavrell

O espetáculo apresenta uma abordagem crítica sobre questões relacionadas à mentira e seus desdobramentos, como comunicações cruzadas e as relações entre vida pública e privada. Pretende despertar no espectador questionamentos sobre a necessidade de fuga constante do cotidiano, que se dá através de mudanças de atitudes e pensamentos, construção de identidades virtuais e alteração nas maneiras de falar e vestir.

Domingo, 16 de agosto, no Teatro de Dança - TD
Arena – ESTREIA - Grupo Danceato / Diadema - Duração 50 min - Classificação livre – às 16h
Direção geral: Ana Bottosso
O espetáculo trata da solidão humana e traz no nome uma alusão às antigas arenas romanas, nas quais indivíduos são colocados uns contra os outros, em seu estado mais primitivo, em busca da sobrevivência. Trata-se da exposição do humano como carne.

Vira a Lata do Lixo – Pré-estreia - Duração 60 min - Classificação livre – às 20h
Concepção, coreografia e interpretação: Ló Guimarães
Vira lata é uma moradora de rua que vive do lixo e "no lixo". Revirando-o em busca de comida e sobrevivência ao frio da noite, o reinventa, passando a brincar com ele. Dessa forma, a personagem consegue restabelecer seu próprio ser.

TD - Teatro de Dança - Secretaria de Estado da Cultura
APAA - Associação Paulista dos Amigos da Arte
Avenida Ipiranga, 344 - Subsolo, Edifício Itália - São Paulo, SP, Brasil - Metrô República - Email:
info.teatrodedanca@apaa.org.br

Telefone da bilheteria: 2189 2555 /// Informações: 2189 2557 Capacidade: 278 lugares/Ar-condicionado/Acessibilidade para pessoas com necessidades especiais /// Ingresso: R$ 4,00 e R$ 2,00 /// Estacionamento: R$ 15,00 com manobrista /// Bilheteria, abertura: Vendas para o dia do espetáculo - 4ª a domingo, a partir das 14h///
http://www.teatrodedanca.org.br/

 

 

/// Vendas online http://www.ingressorapido.com.br/

CCSP – Centro Cultural São Paulo - Rua Vergueiro, 1000 – Metrô Vergueiro - Email:
ccsp@prefeitura.sp.gov.br

Informações: 3397 4002


Capacidade: Sala Adoniran Barbosa - 631 lugares / Espaço Cênico Ademar Guerra – até 200 lugares.
Entrada Franca - Retirar os ingressos com até duas horas de antecedência

Pateo do Colégio – entre a Rua Boa Vista, a Rua Anchieta e a Rua General Carneiro
Metrô Sé / Informações: 3105 6899
Entrada Franca

O Teatro de Dança tem apoio da Folha de São Paulo, Alcaçuz, Leonor Flores, Circolo Italiano, Luna Di Capri e Planeta´s. No programa "Prêmio Teatro de Dança", conta com o apoio do SESC São Paulo.

Informações para imprensa: Canal Aberto Assessoria de Imprensa
Márcia Marques - (11) 3798 9510 / 2914 0770/ 9126 0425
http://www.canalaberto.com.br/ Justificar

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 23:59  comentar

Julho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9

12
14
15
18

20
21
22
24

26
27
30
31


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds