Revelando, imortalizando histórias e talentos
2.2.10

 

 
Glórya Ryos canta "Uva de Caminhão" composição de Assis Valente, grande sucesso na voz de Carmem Miranda, que ganha bela interpretação na voz de Glórya Ryos. A coletânea "Dois Gênios", enfoca composições de Noel Rosa e de Assis Valente, dois dos mais importantes do País. Entre suas composições estão "Uva de Caminhão, com Glórya Ryos, "Rapaz Folgado", 'Palpite infeliz", 'As pastorinhas" 'Conversa de Botequim" e "Camisa Listrada" entre outras.
 
 
 
 
 
 
 
 
Perfil Glórya Ryos

Nascida em Teresina - Piauí, e começou a cantar aos 13 anos. Antes de chegar à capital paulistana, onde reside desde 1968, ela passou por São Luiz, MA, tendo trabalhado na TV Difusora. Como cantora teve sua primeira chance no disco ao gravar um LP pela gravadora Continental "Chorinho e Maxixe", e, segundo o crítico musical Tinhorão, o classificou o disco "Picante e Brasileiro" como um dos melhores daquele ano de 1981, cuja faixa "Uva de Caminhão" consta de seu conteúdo e saiu na coletânea "Dois Gênios", lançada no final de 2009. Seu segundo disco consagrou seu nome de vez no meio musical com o mix " Isso aqui tá bom Demais" composição de Dominguinhos e Nando Cordel. Depois seguiram o disco "Doçura" e "Me Leva com você" e outros. Seu mais recente CD "Estrela", traz composições suas como Menino Sozinho, Pipoca Quente, de Geraldo Nunes; Gosto de Maçã, de Anastácia/Liane entre outros. Sempre resgatando raízes e rítmos brasileiros como ciranda, frevo,baião,calango e arrastapé. A cantora já recebeu várias homenagens por exemplo a de 1988 "Rainha do Forró", dado pela FM Campina Grande.

Iniciou sua vida no rádio em 1992. Como radialista, durante 14 anos {de 1992 a 2006 } liderou audiência com o programa "Mulher Atual" com dicas, música, utilidade pública etc... na Rádio Atual, AM - São Paulo. Atuou também na Imprensa FM, São Paulo, e atualmente, a comunicóloga tem programa no rádio web: Tô na Mídia, aos sábados, a partir das 10h. Na televisão, Glórya Ryos levou sua comunicação na TVSPL {web} e no canal 18 UHF, Art TV. Na literatura, juntamente com sua irmão, a consultora Nélia Maria, lançaram pela editora Madras um livro destinado ao lar "Dicas e Truques do lar", em 1999.
 
{Capa do disco "Estrela" de Glórya Ryos, foto por Inácio Teixeira}
{Reportagem de Francisco Martins - Agência FM - publicada com prioridade no IG Matéria Mais em EDITORIAS: discos&shows, formas&meios ou no IG: http://minhanoticia.ig.com.br/}

 
 
 

Começa sábado,06, o projeto Residência Artística

 

 

Começa nesse sábado (06) o projeto Residência Artística Ação formativa do Festival Jazz & Blues selecionou 63 alunos para as oficinas de música que acontecem na semana que antecede o evento em Guaramiranga De sábado, 06 de fevereiro, até quinta-feira, 11, cerca de 60 jovens de várias cidades vão estar em Guaramiranga com um objetivo em comum: a música.
 
 

 
Eles foram selecionados, por meio de audições, entre 98 inscritos do Ceará, Rio Grande do Norte e São Paulo, para participar do projeto Residência Artística, uma ação formativa do Festival Jazz & Blues. Durante seis dias, na semana que antecede o carnaval jazzístico na serra, os alunos váo participar de oficinas diversas gratuitas ministradas por instrumentistas conceituados na cena local e nacional, como o cearense Heriberto Porto, o potiguar Junior Primata e os cariocas Robertinho Silva e Carlos Malta. Dos 63 músicos chamados para participar da Residência Artística, 25 vão receber uma bolsa integral, com patrocínio da VOTORANTIM. São alunos que, durante a seleção, alcançaram um melhor desempenho. A bolsa integral inclui transporte para Guaramiranga, hospedagem e alimentação durante a Residência, além de poderem acompanhar os quatro dias de Festival durante o carnaval, de 13 a 16, com os mesmos benefícios.
Para a escolha dos bolsistas, a comissão utilizou uma série de critérios, como interesse, nível musical dos alunos, origem - boa parte mora longe de Guaramiranga - e situação econômica e social. Dentre esses bolsistas, destacam-se jovens de projetos musicais e sociais, como a Banda do Piamarta de Fortaleza, a Banda de Pindoretama, a escola de Música de Sobral, alunos da música da Associação dos Amigos da Arte de Guaramiranga, do Curso Superior de Música da UECE e jovens da periferia de Fortaleza.Os 25 bolsistas também vão se apresentar no Festival Jazz & Blues em Guaramiranga, em shows batizados de Toca Jazz. As apresentações vão acontecer às 17 horas, no Palco Jazz & Blues, de sábado a terça de Carnaval, respectivamente antes das apresentações dos grupos Marimbanda, Ramo, Viola de Arame e Harmônica Mercosul. As oficinas da Residência ArtísticaA Residência Artística acontecerá da seguinte forma. Pela manhã: oficinas de Criação Musical; Guitarra; Baixo; Teclado; Prática de Conjunto / Bateria e Percussão. À tarde: Oficinas de Harmonia e Improvisação; Prática de Conjunto; Leitura Musical e Ritmica. A noite será dedicada a apresentações musicais dos participantes no Teatrinho Rachel de Queiroz. Somente as oficinas oferecidas pela manhã são obrigatórias.
 
 
Programação
 
MANHÃ - 9h30 às 11h30 - Criação Musical – Prof. Heriberto Porto 9h30 às 11h30 - Guitarra – Prof. Manoca Barreto9h30 às 11h30 - Baixo – Prof. Jr. Primata9h30 às 11h30 - Teclado – Prof. Paulo César Vitor 9h30 às 12h30 - Prática de Conj / Bateria e Percussão – Prof. Robertinho Silva {Foto em destaque }
 
 
TARDE - 14h às 16h - Harmonia e Improvisação - Prof. Manoca Barreto14h às 16h - Prática de Conjunto 1 - Prof. Jr. Primata14h às 16h - Prática de Conjunto 2 - Prof. Paulo César Vitor14h às 18h - Prática de Conjunto 3 - Prof.Carlos Malta 16h às 18h - Leitura Musical e Ritmica – Prof. Heriberto Porto16h às 18h - Harmonia e Improvisação – Prof. Manoca Barreto. 20 vagas16h às 18h - Prática de Conjunto 1 – Prof. Jr. Primata. 10 vagas 16h às 18h - Prática de Conjunto 2 – Prof. Paulo César Vitor. 10 vagas 18h às 19h - Apresentações musicais 20h às 21h - Apresentações musicais (Alunos e professores) no Teatrinho Rachel de Queiroz

 
 
SERVIÇO

 
 
Residências Artísticas do Festival Jazz & Blues – De 06 a 11 de fevereiro em Guaramiranga. Festival Jazz & Blues 2010 – De 13 a 16 de fevereiro (carnaval) em Guaramiranga e de 18 a 20/02 em Fortaleza/CE.

 
Programação e informações no http://www.jazzeblues.com.br/
e na Via de Comunicação e Cultura: 85-3262.7230. 02/02/2010
 
ASSESSORIA DE IMPRENSADÉGAGÉ

 
Jornalistas Responsáveis: Sônia Lage – 85-9989.5876
Eugênia Nogueira - 85-9989.391385-3252.5401 / 85-8853.4444

 

 

Edu Lobo: 8 anos depois

 
Apesar de muitas baladas não se trata de um trabalho triste. Muito menos um disco de protesto, desse compositor que já se apresentou no EUA, como o Bob Dylan Brasileiro.
 

"Tantas Marés', novo CD de Edu Lobo tem canções inéditas com Paulo César Pinheiro e antigas parcerias com Chico Buarque. Aos 66 anos, desde "Cambaio" havia oito anos que o músico não lançava um disco. Este é 25* disco de sua carreira, e a novidade fica para seis composições musicais de sua autoria feitas no ano passado e que ganharam letras por Paulo César Pinheiro. Edu Lobo sofreu aneurisma cerebral há seis onde quase morreu além de um acidente sofrido em setembro de 2009,onde quebrou o osso escafoide - no cotovelo, que o impediu de compor para "Tantas Marés". As faixas mais tristes do disco remontam esse período difícil de sua vida.
Das doze faixas do CD, algumas já são conhecidas do público como " Dança do Corrupião", original do disco homônimo de 1993, porém é inédita com letra de Paulo César Pinheiro. Outra parceria de Lobo e Pinheiro " Primeira Cantiga", além da participação especial de Mônica Salmaso. O elo frevo " Angu de Caroço", de Edu Lobo e Cacaso { 1944-1987}, apresenta as raízes nordestinas de Edu, e foi gravada no disco de 1980 " Tempo Presente". A linda faixa "Perambulando", um choro em homenagem ao amigo e parceiro Tom Jobim, logo depois de sua morte, e saiu originalmente no disco de 1995 "Meia Noite", e tem referências óbvias a obra de Jobim.
"Senhora do Rio", é de domínio público, foi apresentada a Edu Lobo por Sérgio Rezende, para o filme Guerra de Canudos. As faixas "Ciranda da Bailarina", A Bela e a Fera" e A História de Lily Braun " são também conhecidas do público que aprecia os shows de Edu Lobo, pois ele sempre as canta. Apesar de muita gente já ter gravado "Ciranda da Bailarina", entre elas Adriana Calcanhoto, Edu Lobo fez de modo muito especial, deu um ar mais simpático a canção. "Tantas Marés" não é um disco triste apesar de grande parte dele conter baladas, é um disco onde o compositor trabalha com várias linhas de sentimentos. Não espere canções de protesto em "Tantas Marés", mesmo porque Edu Lobo afirma: "não sou compositor de protesto, sou compositor e ponto final".
 

 

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 14:38  comentar

Fevereiro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
13

14
16
18

21
23
25
26
27

28


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds