Revelando, imortalizando histórias e talentos
28.7.11

Exposição individual de João Werner em Londrina, Paraná.

 

A guerra iconoclasta do século VIII tornou explícita a virulência contida na figuração: causava polêmica, à época, a possibilidade de uma imagem ser idolatrada como se fora, ela própria, um ser e, mais além, (e, pior ainda sob a ótica religiosa) um ser "divino".Mas é exatamente isto que vejo em alguns de meus retratos fictícios: traços humanos. Não traços meus, autobiográficos, mas traços que, às vezes, eu me estranho ao percebê-los.Vejo, em alguns deles, um olhar que denuncia uma intenção. Sinto que há uma "alma" para além das pinceladas grosseiras do meu Flash. Há alguém lá, olhando de volta.

 

Doces ou irônicas, amargas ou azedas, mansas ou raivosas, há pessoas embutidas em algumas daquelas imagens.Wittgenstein falou disso, Gombrich dedicou um livro a isso: como uma mesma coisa material pode apresentar aspectos visuais distintos? Como posso ver, em um mesmo desenho, ora um pato, ora um coelho? Como uma simples conjunção de cores e pinceladas pode apresentar aspectos humanísticos?A arte plástica compartilha algo com o xamanismo e a invocação e esta minha exposição tem algo de vodu, como se fosse um mostruário de almas.Enfim, razão seja dada aos iconoclastas...

 

Sobre o artista

 

João Werner é artista catalogado pela Enciclopédia de Artes Visuais do Instituto Itaú Cultural. Exposições destacadas:

 

2007 - "6ª Biennale Internazionale dell'Arte Contemporanea", Fortezze da Basso, Firenze, Itália.

2010 - "Digital Art Extravaganza", Limner Gallery, Hudson, NY.

2009 - "DigitalArt.LA". Los Angeles Center for Digital Arts, Los Angeles, CA.

2008 - 3º Prêmio em Gravura na 1ª Bienal Internacional de Arte Contemporânea com "Raíz en la Tierra", Chapingo, México.

2010 - "Work on Display", Artoteque Gallery (expo online), Londres, GB.

2010 - "Ultraviolence", no site Projekt30 (expo online), USA.

 

O livro "Pinturas de João Werner. 2002-2008" faz parte do acervo das bibliotecas do Museu de Arte de São Paulo (MASP), Centro de Documentação e Pesquisa Guido Viaro, Museu da Gravura Cidade de Curitiba (Solar do Barão) e Museu de Arte de Londrina (MAL). FONTE> Márcia Marques: http://www.canalaberto.com.br/

 

 

 

Informações

 

Título: "Legião, almas para todo gosto”

 

Exposição individual com 25 gravuras digitais, retratos de pessoas imaginárias.

Visitação: de 18 de julho a 14 de outubro de 2011

Local: Galeria João Werner, Rua Piauí, nº 191, sala 71, 86010-420,

Londrina, PR.

 

Horário: das 14h às 20h, com monitoria.

 A entrada é gratuita, embora eu aceite doações.

 

 

Contato João Werner: (43) 3344-2207, werner.joao@gmail.com

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 22:09  comentar

Julho 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

14
16

17

24

31


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds