Revelando, imortalizando histórias e talentos
4.12.11
 
 
Silvana interpreta seu sucesso "Se Deus me ouvisse" em programa Especial realizado dia 3 de dezembro de 2011, com Anael Lopes, Rádio Terra AM 1330, e cobertuta radiojornalística de AgênciaFM. MAIS VÍDEOS: www.youtube.com/formasemeios
 

 

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 23:19  comentar

 
Cláudio Roberto no Anael Lopes, sáb,3 de dezembro, em execução um de seus maiores sucessos. O artista teve um pequeno incidente, raspou a unha em um pequeno corte e sagrou por isso limpa sempre o queixo.
EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 23:19  comentar

Do alto da Avenida Paulista um dos metros quadrados mais caros do mundo, Agência FM decola ao lado de Anael Lopes, Paulinho Pirulito e Paulo Morato, para mais uma cobertura na Rádio Terra, AM 1330, com ícones da canção popular.

 

Silvana, Anael Lopes e Cláudio Roberto/AgênciaFM

 

Este foi um dos programas mais empolgantes de todas as coberturas que AgênciaFM vem realizando nos estúdios de rádios. O locutor 'abraçarinho' do Brasil Anael Lopes recebeu dois nomes consagrados no Brasil e em alguns países da América Latina. Estamos falando da diva dos anos 60 e 70 Silvana, a carioca de Campos, Rio de Janeiro, e o paulistano Cláudio Roberto.

 

 

Cláudio Roberto, Célio Roberto, Silvana e Paulinho Pirulito

produtor do programa de Anael Lopes/AgênciaFM

O Especial deste sábado, 3 de dezembro, começou com Cláudio Roberto sob olhares e atenção dos colegas Silvana e Célio Roberto. Quando Anael anunciou "Parabéns, parabéns querida", inicialmente formou-se um clima de silêncio para se ouvir um dos maiores sucessos dos anos 70.

 

 

 

Porém, a emoção de ouvir claudinho Roberto cantarolar no making off, contagiou a todos dentro e fora do 'aquário' de Anael Lopes. Foi lindo, emocionante. O mesmo acontece com "Um coração que te amava tanto", que gerou este making off com Cláudio Roberto e o luxuoso coro de Silvana.

 

 

Paulo Morato engenheiro de Som /AgênciaFM

Bate papo vai, bate papo vem, eis que Silvana entra em cena. Diva absoluta, admirada pelos colegas encantou o apresentador Anael Lopes com sua voz doce, angelical. Seu Especial foi aberto com "Pombinha branca", primeiro sucesso solo, e em seguida "Se Deus me ouvisse".

 

 

Não poderia ser diferente, a emoção contagiava o estúdio da Rádio Terra, AM 1330, onde Anael realiza estas homenagens aos grandes nomes da canção popular brasileira, e, Agência FM dá sua colaboração a estes astros e estrelas que, por mais que tentem ofuscá-los, jamais conseguirão pois não são artistas descartáveis.

 

 

Anael Lopes, Paulinho Pirulito e o engenheiro de som

da FM Terra, Emerson Caetano/AgênciaFM

 

 

 

 

Porém, as duas horas de programa (15h00 às 17h00) voou e coube ao Célio Roberto encerrar este sábado com sua mensagem a música "Menino Jesus" outro momento emocionante no programa de Anael Lopes. (AgênciaFM).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sobre Silvana

 

Francisco Martins e a diva Silvana/Foto: Célio Roberto

 

 

Silvana fez muito sucesso com a música Pombinha Branca em 1962, trabalhou na extinta gravadora Copacabana e fez shows no Brasil, nos Estados Unidos e em países da América Latina.

 

 

 

 

Atingiu o ápice da carreira ao gravar com Rinaldo Calheiros e Marco Aurélio.Também gravou com relativo sucesso,as músicas:'Eu Não Devia Ter Acreditado',Como vai Você' , 'No Colo da Noite' e 'Se Deus me Ouvisse'.

 

 

 

 

 

Cláudio Roberto, F.Martins e Silvana/Foto:  célio Roberto

 

 

 

Cláudio Roberto nasceu em São Paulo, 1944. Sua primeira gravação oficial foi 1973, seu maior sucesso "Parabéns, parabéns querida", ainda lembrado por quem viveu a época da Jovem Guarda. Gravou 24 discos, que somaram aproximadamente seis milhões de cópias vendidas. Foi laureado com os mais importantes troféus da música popular brasileira e recebeu um diploma de "Ídolo da Juventude" no programa Discoteca do Chacrinha. (AgênciaFM).

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 00:30  comentar

A biografia da família Lugado recebe mais um capítulo. Capítulo este relatado por Benedito Mariano, 83, gráfico aposentado e ex-ator ao lado de Luiz, Natalina e Luzia Lugado. Mariano aproveita para salientar que alguém de Agência FM está tentanto blindar o ator Luiz Lugado, fazendo parecê-lo um semi-deus. Mas, responde sem meias palavras também sobre o ex-colega e sua corja, os Lugado.

 

 

 

 

Um livro sobre estas figuras inusitadas, os Lugado, poderia ser resumido nestas duas frases de Benedito Mariano: "Não somente o Luiz mas todos que conhecemos da família dele não eram bem aceitos no grupo teatral. Sabe, preconceituosos, queriam ser melhor do que todo mundo e não tinham um pardal pra dar água". " O Luiz é mais falso do que uma nota de sete reais" (sic).


 

" Sinceramente, sempre tramaram contra o Luiz porque ele sempre tramava contra os outros". A última notícia que tive dele foi no começo de 1990. Contaram-me que ele estava metido em um rolo. Era mais ou menos assim: Parece que sem ele saber seus sobrinhos contrataram uma japênesa amiga deles para realizar fantasias sexuais do Luiz por telefone. E ele caiu. Depois, eles pegariam uma graninha dele para que a conversa gravada não fosse revelada para os parentes mais velhos", disse Mariano. (Marcelo informou que eles armaram algo assim recentemente também).

 

"Tenho percebido que alguém vem tentando protegê-lo como ator nos papéis que lí. Ele não é boa bisca não. Olha, meu filho leu o que tá publicado sobre ele como ator e da família dele e imprimiu para mim. Até o Nelson Gonçalves apareceu (não o cantor falecido) esta é a única história boa do Luiz Lugado, grande ator, pena ter sido covarde o bastante para cair fora na hora H". Porém, como gente ele é mais falso do que uma nota de sete reais; vive de caluniar as pessoas. Se dizendo temente a Deus, nossa senhora, o Nelson Gonçalves que sempre esteve a seu lado foi caluniado por ele a vida toda. Sempre fez escândalo com o rapaz", disse Benedito Mariano, 83 anos.

 

"Nossa, ele jogava as irmãs dele pra cima de quem tivesse um padrão financeiro melhor". Quando foi trabalhar no banco, emprego arranjado pelo marido de uma irmã, o Luiz aparecia bêbado todos os finais de semana", afirma Mariano. É neste tom que a biografia dos Lugado retorna às nossas páginas. Vale ressaltar que, Luiz não somente continua em cárcere privado com vem sendo medicado aleatóriamente por sobrinhos com fortíssimos calmantes.

 

 

 

ENTREVISTA com Benedito Mariano sobre família Lugado realizada por Marcelo Contreras

 

P: Marcelo Contreras - Como o senhor conheceu o Luiz Lugado?

 

R: Benedito Mariano - Eu já conhecia ele de nome então lhe fui apresentado pelo José Félix que era também ator.

 

P: Contreras - O senhor começou a fazer peça logo que lhe foi apresentado?

 

R: Mariano - Praticamente sim. Ficamos dois meses ensaiando duas peças esquetes "Os transviados" e "Casa de Orates" com direção e montagem de Velasques Sabiá.

 

P: Contreras - como era o senhor Luiz Lugado no seu dia-a-dia ?

 

R: Mariano - complicado. Muito complicado. Tinha altos e baixos era mal humorado e trazia os problemas de casa para o teatro. Eram tempos difíceis e todos tinham com o que se preocupar.

 

P: Contreras que tipo de problemas ?

 

R: Mariano - todo tipo. Necessidades financeiras e afetiva. Ele sempre queria que conhecessemos sua família mas a gente sentia que não seria bom não. Eu namorava uma menina que era amiga deles, Norma Bertoletti, e ela me contava como era o 'clima' lá.

 

P: Contreras - por que o senhor acha que não seria bom conhecê-los?

 

R: Mariano - devido o comportamento dele e de suas irmãs. Tinham um vocabulário pouco convencional para época. Hoje, estaria tudo bem.

 

P: Contreras - Mas o senhor conheceu ou não a família do Luiz Lugado?

 

R: Mariano - Sim. Através do Nelson Gonçalves, cantor e ator e sonoplasta, grande parceiro do Luiz que me levou até a casinha da família dele. Justiça seja feita, todo mundo gostava da mãe dele.

 

P: Contreras - já que senhor mencionou o do Nelson Gonçalves, o que existia entre o Luiz e o Nelson. Uma richa? Egos!?

R: Mariano - Ninguém sabe. A gente sabia que eles foram grandes amigos durante anos, Depois o Nelson se afastou naturalmente dele mas continuou atuando junto. Só não ia mais na casa dele. Porém, o Luiz desencadeou muito fuxico, difamando o Nelson em todos os sentidos e junto as pessoas que o conhecia. O Nelson saiu do Grupo Amadores Bandeirantes e o Luiz continuou a desaboná-lo.

 

P: Contreras - o senhor sabe que ele fala mal do Nelson (Ênio Gonçalves) até hoje?

 

R - Mariano - não acredito. Ele com toda idade que tem ainda fala mal do Nelson Gonçalves. Agora eu fiquei encabulado.

 

P: Contreras - por que - o senhor sabe mais algo à respeito?

 

R: Mariano - Não. Só pensei que ele tivesse crescido pelo menos espiritualmente. Continua pobre, então.

 

P: Contreras - Ele afirma que o senhor Nelson sempre deu calote nele e outros integrantes do grupo, que tomou namoradas dele. É verdade?

 

R: Mariano - o Luiz com namoradas ! Nunca vimos ele namorando nenhuma moça. Andava sempre de cabeça baixa, braços para trás. Ele era pouco atraente, acredito eu. Uma coisa eu sei, ele não gostava de ser apresentado a ninguém com segundas intenções. Ele gostaria de conquistar.

 

P: Contrearas - por que o senhor sorriu quando perguntei sobre namoradas do Luiz Lugado? O senhor não acredita na mesculiniudade dele?

 

R: Mariano - porque é hilária a situação. A gente ia visitar "as primas" e quando se chegava lá fazia o que tinha de fazer enquanto o Luiz Lugado ficava conversando sem nada fazer. Quanto o Nelson tinha mulher de monte atrás dele pois era dono de uma voz potente, fazia o tipo galã, era barítono e as moças ficam gradadas nele. O fato é, quem sempre devia a todos do grupo era o Luiz e suas irmãs que sempre precisavam de uns trocados emprestados. O pai do Nelson era bem estabelecido, tinha uma malharia além do Nelson trabalhar na técnica da rádio Bandeirantes. Não precisava dar golpe em ninguém.

 

P: Contrearas - então o Luiz é mentiroso e falso no seu conceito?

 

R: Mariano - não somente o Luiz mas todos que conhecemos da família dele não eram bem visto no grupo teatral. Sabe, queriam ser melhor do que todos e não tinham um pardal pra dar água.

 

P: Contreras - mas o pai dele era fabricante de vinho em Itatiba, ( interior de São Paulo) não?

 

R: Mariano - era assim que ele queria parecer. Mas não tinha sustentação pois todos estavam na capital tentando sobreviver com muitas dificuldades trabalhando aqui e ali ora em uma loja ora em uma tecelagem. Não podiam se quer tomar guaraná uma vez por semana. Era uma família de muitos filhos.

 

P: Contreras - por que o senhor não manteve contato com o Luiz ou a família depois que o grupo de teatro acabou?

 

R: Mariano - Deus me livre. Nunca tive interesse. Pra ser sincero mudei de calçada algumas vezes quando via o Luiz. Nos anos 90 eu soube de um vizinho deles que o Luiz estava sendo molestado pela própria família. Devido a solidão dele, forjaram um namoro por telefone dele com uma nissei e instruiram o que ela deveria falar com ele, então, gravaram a conversa e os parentes dele tentaram extorquie o dinheiro que ele receberia de fundo de garantia. Foi a úlitma notícia que tive dele. E agora, o sequestro dele. Isso não surpreende não.

 

P: Contreras - recentemenete, mês de agosto me parece, ele passou por uma situação muito semelhante a narrada. O senhor acha que pode ter sido planejado por alguém da família?

 

R: Mariano - Não sei não. Mas, se tem as mesmas características eu desconfiaria primeiro deles.

 

P: Contreras - o senhor conheceu a família Mancini?

 

R: Mariano - conheci. Eles foram explorados pela família do Luiz Lugado por muito tempo. Principalmente o que casou-se com a Luzia, irmã do Luiz. Ela era bonita. O Mancini era um bom músico. Abriu uma empresa de shows ficou endividado, e faliu coitado.

 

P: Contreras - por que a família Mancini não queria o casamento?

 

R: Mariano - você não entendeu a minha resposta. Porque eram explorados. (meio alterado) Vai terminar ! Então, quero terminar com uma queixa: tem alguém lá dentro deste negócio ai de computador protegendo o Luiz. Tudo o que ele fez parece ouro. Apesar dele ter sido um bom ator e diretor também, ele é mais falso do que uma nota de sete reais. Não é merecedor de tanta consideração não. Não vai cortar isso não.

 



LEIA 1ª parte família Lugado: http://folhadanoite.blog.com/2011/09/17/5209177/

LEIA novas travessuras desta maravilhosa família:

http://folhadanoite.blog.com/2011/10/27/familia-lugado-e-mancini-apologia-a-pedofilia/

 

 

LINKS relacionados

 

http://agenciafm.blogspot.com/2011/10/luiz-lugado-o-remendo-saiu-pior-que-o.html

 

http://agenciafm.blogspot.com/2011/09/luiz-lugado-carcere-privado-pela.html

 

http://agenciafm.blogspot.com/2011/09/tarcisio-nones-o-hitler-dos-idosos.html

 

 

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 00:29  comentar

Dezembro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9

14

19
21

25
28
29


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds