Revelando, imortalizando histórias e talentos
31.12.11

 
Livro escrito pelo delegado de polícia Dr. Marco Antônio Azkoul " Gaivotas Perdidas: Poesias, Recordações e Pensamentos", com prefácio do jornalista Fernando Jorge, narra os laços de amizades entre Brasil e Portugal, caminhos e rumo ao mundo globalizado.
 
 
 
 
 
Com perguntas e respostas para: Quem somos? De onde viemos? Para onde vamos num mundo globalizado e neste milênio?. Livro busca também ressucitar elementos poético da cultura luso-brasileira popular quase esquecida de um passado remoto, mas muito significante à alma de nossos pais aos seus filhos queridos língua de Camões.
 
A obra literária vai além e aborda o modo de tratar e educar suavemente que eram legados oriundos dos nossos elementos construtivos lusitanos. No passado eramos uma só nação e tratados como cidadõas portugueses do Brasil, do novo mundo português, da nova humanidade. " Gaivostas Perdidas" são poesisas e versos dedicados de muita singeleza pelo delegado-escritor, que gorjeia os valores de um profundo amor a natureza, às virtudes e ao próximo e a nossa gente.
Breve perfil
Marco Antônio Azkoul é mestre e doutor em Direito Constitucional pela PUC (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo), Pós-doutor em Direito Constitucional da Universidade de Lisboa, bem como professor colaborador do Instituto de Ciências-políticos da mesma uinversidade.
Delegado de polícia do Estado de São Paulo desde 1986, delegado Classe Especial 2009 - 2010, criador da Delegacia Itinerante, em 1995. Jornalista fundador da Ordem dos Jornalistas do Estado de São Paulo, 2007; autor de livros como "Crueldade contra os animais" 'Curso de medicina legal" do IBDC; "Constituição Federal: dez anos depois" . Na extinta TV manchete apresentou quadro no programa Mulheres ao lado de Claudete Troiano " Cidadania entre outros. (Francisco Martins).
 
 
MAIS sobre Dr. Marco Antônio Azkoul:
Editora; Letras do Pensamento
Páginas: 80
ISBN: 978-85-62131-07-3
Edição: 2011
EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 17:16  comentar

Públicos-alvo de três campanhas de vacinação receberam cobertura quase total em 2011 / Foto: Prefeitura Municipal de Goiânia Butantan e Hemobrás firmam parceria em hemoderivados.

 

 

 

A produção nacional de produtos biológicos pelo Instituto Butantan será ampliada ao longo de 2012 por um investimento de R$ 40 milhões - sendo metade do Ministério da Saúde e a outra do governo do Estado de São Paulo. Os recursos, que são quase cinco vezes maiores que o investimento federal médio anual feito no Butantan ao longo dos últimos oito anos, serão usados na produção das vacinas contra difteria, tétano, coqueluche e hepatite B.

Também em 2012, o Butantan e a Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia (Hemobrás) trabalharão em parceria para aprimorar a produção de derivados do sangue no País. A Hemobrás focará no atendimento em larga escala do mercado nacional, enquanto o Butantan apoiará o desenvolvimento de tecnologias para os hemoderivados. A Hemobrás comprometeu-se também a fornecer ao Butantan os lotes pilotos de plasma que o laboratório usará na pesquisa e no desenvolvimento de hemoderivados.

 

Butantan - O Instituto Butantan é uma instituição estratégica para o desenvolvimento de produtos biológicos, pois produz e fornece para a rede pública as vacinas para influenza, difteria e tétano, hepatite B, tríplice DTP (difteria), tétano e pertussis (coqueluche). Em 2011, o laboratório iniciou a produção independente de vacinas da gripe, fornecendo cerca de três milhões de doses para a última campanha sazonal do Ministério da Saúde. A previsão é que, a partir de 2012, o Butantan passe a produzir, anualmente, cerca de 20 milhões de doses, o suficiente para suprir as necessidades da campanha sazonal.

 

Mais de 25 milhões de pessoas foram imunizadas contra a gripe

 

Os públicos-alvo de três campanhas de vacinação receberam cobertura quase total em 2011. As ações foram contra a disseminação da gripe, poliomielite e sarampo. Mais de 25 milhões de pessoas foram imunizadas em todo o Brasil com a 13ª Campanha Nacional de Vacinação Contra Gripe, que contou com cerca de 35 mil postos em 2011. A cobertura corresponde a 84% do público alvo: crianças de seis meses a menores de dois anos, gestantes e profissionais da saúde, idosos e indígenas.

 

Atrelado ao novo protocolo de atendimento à influenza A H1N1, que facilitou o uso do medicamento oseltamivir, o resultado da campanha contribuiu para a redução nos óbitos decorrentes da doença, de 104 casos em 2010 para 18 em 2011 (até a primeira semana de dezembro).

 

Pólio - A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite, que imuniza, anualmente, crianças de 0 a 5 anos, é feita atualmente em duas etapas. Na primeira, 100% do público-alvo foi vacinado e, na segunda, a cobertura atingiu 99,68%.

 

Sarampo - A Campanha de vacinação contra o sarampo ocorre em intervalos de três a cinco anos para reforçar a proteção das crianças contra a doença e manter o Brasil sem transmissão disseminada do vírus. Em 2011, a cobertura vacinal de crianças de 1 a menores de 7 anos atingiu 98,36%.

 

Incidência de dengue cai 24%

 

Doença endêmica no Brasil, a dengue, transmitida pelo mosquito Aedes Aegyti, teve queda de 25%: foram notificados 742 mil casos entre janeiro e novembro de 2011 e 985,7 mil no mesmo período de 2010. Além da diminuição dos casos da doença, melhorias na qualidade do atendimento aos pacientes nas unidades do SUS conseguiram minimizar a frequência de agravamentos entre os doentes. De 2010 para 2011, houve diminuição de 39,3% no número de casos graves, que caíram de 16.590 para 10.620 casos. Já as mortes em decorrência da doença diminuíram 25,6%.

 

Para qualificar as ações de prevenção e controle da doença, o Ministério da Saúde está repassando um adicional de 20% a mais do Piso Fixo de Vigilância e Promoção à Saúde a 989 municípios brasileiros. As cidades contempladas devem apresentar um plano de contingência com detalhamento das ações a serem desenvolvidas. Ao todo, o ministério vai transferir R$ 90 milhões a 959 municípios prioritários para o enfrentamento da doença.

 

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 02:32  comentar

Dezembro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9

14

19
21

25
28
29


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds