Revelando, imortalizando histórias e talentos
5.1.12

O ano está apenas no começo e algumas efemérides sinalizam fortes motivos para se lembrar relevantes artistas, escritores mortos e outros em plena atividade como Caetano Veloso, e Nelson Rodrigues e James Joyce.

 

 

 

JANEIRO:

 

Dia 19 de janeiro compeltam-se 30 anos da morte de Elis Regina, e a data será lembrada com CD's, livros e shows. Segundo sua gravadora, a Universal, lançará dois boxes e dois CD's somente com raridades da pimentinha. O primeiro box a chegar no mercado nacional deverá ser "Elis nos anos 60", reunindo os 12 álbuns gravados pela cantora nos anos 60. Gravações inéditas como Comigo é Assim (João Bittencourt e José Menezes), não inclusa no disco Elis Como & Porque, 1969 estão nos planos.

 

A LeYa, informou que também vai entrar no mercado como uma versão atualizada de "Furacão Elis" biografia escrita por Regina Echeverria, em 1985 e relançada em 2005.

 

Maria Rita fará uma turnê em homenagem à mãe com cinco shows nos seguintes estados: Rio de Janeiro, São Paulo, Recife, Belo Horizonte e Rio Grande do Sul. O primeiro está marcado para março, cujo dia e local não foram informados.

 

FEVEREIRO:

 

Em comemoração aos 90 anos da Semana de Arte Moderna de 22, a Companhia das Letras vai lançar o livro 1922, escrita pelo jornalista Augusto Gonçalves. A semana de Arte Moderna foi um marco para cultura brasileira.

 

James Joyce

MARÇO:

 

O livro Ulisses, de James Joyce, ganhará tradução da Cia das Letras sob responsabilidade do professor Caetano Galdino da UFPR (Universidade Federal do Paraná). Obra literária escrita entre 1914 e 1921, publicada em 1922, Ulisses acompanha 24 horas na vida de Leopold Blomm, entre os dias 15 e 16 de junho de 1904. O culto ao livro de Joyce levou a criação do Blommsday, comemorado dia 16 de junho, em Dublin, Irlanda.

 

MAIO:

 

Dia 25 de maio de 1962, Mick Jagger e Keith Ricahrds, amigos de infância, entraram para história ao fundar os The Rolling Stones. Meio século depois eles continuam com pé na estrada. Keith Richards já informou que pretende reunir os colegas Mick, Charles Watts e Ron Wood, para mais uma turnê.

 

JULHO:

Londres sediará as Olimpíadas de 27 de julho a 12 de agosto. Já de olho na data, a editora panda books, relança O Guia dos Curiosos Jogos Olímpicos, de 2004, de autoria do jornalista Marcelo Duarte. O livro reúne os piores e melhores momentos das 29 edições dos jogos, desde a primeira realizada em Atenas, Grécia, em 1896, até a mais recente realizada na China, Pequim 2008.

 

AGOSTO:

Nelson Rodrigues, pó de arroz

 

O maior dramaturgo brasileiro, Nelson Rodrigues, será homenageado com exposições, desfile, livros, espetáculos. A escola de samba do Rio de Janeiro, Unidos do Viradouro, leva para avenida o enredo do anjo pornográfico " A vida como ele é, bonitinha mas ordinária... a vida de Nelson Rodrigues. O enredo é assinado pelo carnavalesco Alexandre Louzada.

 

A Funarte, Fundação Nacional das Artes, mostrará 17 peças encenadas em suas dependências no Rio de Janeiro, São Paulo. Moacyr Góes leva ao cinema sua versão de Bonitinha mas ordinária, tendo nos papéis principais Leandra Leal e João Miguel. A editora Nova Fronteira proprietária do catálogo do dramaturgo anunciou que lançará alguns títulos com novo projeto gráfico.

 

 

Jorge Amado, Um dos maiores nomes da literatura brasileira, se estivesse vivo completaria 100 anos em 10 de agosto. Para comemorar o centenário do bom baiano autor de Gabriela Cravo e Canela, Capitães de Areia, Tieta do Agreste entre outros, a Cia das Letras pretende relançar com edição ilustrada títulos como Navegação de Cabotagem, Mar Morto, Os velhos Marinheiros.

 

No carnaval carioca Jorge Amado será lembrado pela Escola de Samba Imperatriz Leopoldinense "Jorge, Amado Jorge", de Max Lopes. O museu de Arte Moderna da Bahia, inaugurará exposição " Jorge Amado e Universal" . Ainda em Salvador, no teatro duas peças serão levadas ao palco para homenageá-lo: no João Falcão, o musical Gabriela Cravo e Canela. Fernando Guerreiro mostra o espetáculo O sumiço da Santa, enquanto Cecília Amado apresenta Novos Capitães de Areia.

 

A Rede Globo de Televisão prepara uma nova releitura para Gabriela, Cravo e Canela com adaptação de Walcyr Carrasco e a personagem imortalizada por Sônia Braga será interpretado por Juliana Paes. O papel masculino NASSIF, vivodo por Armando Bogus ainda não foi escolhido.

 

 

DRUMMOND DE ANDRADE: Pra marcar 25 anos da morte do escritor mineiro Carlos Drummond de Andrade, a Cia das Letras promete lançar obras do escritor com novos projetos gráficos e concepção editorial e vesão simultânea para e-book. Também será lembrado na (FLIP), Festa Internacional Literária de Paraty, Rio de Janeiro, em sua décima edição, em 2012, entre os dias 4 e 8 de julho.

 

 

 

Caetano Veloso faz 70 anos de vida no dia 8 de agosto. Para celebrar a data, a gravadora Universal vai lançar um álbum onde reunirá artistas nacionais e inetrnacionais interpretando sua canções. Enquanto isso, Cae, pensa lançar uma vesrão ao vivo do disco Transa, original de 1972 pela Polygram. A ideia de Caetano é reunir todos os músicos que atuaram na primeira gravação: Jards Macalé, Tuti Moreno e Áureo de Souza, há 40 anos atrás.

 

 

OUTUBRO:

 

A vida e a obra de Graciliano Ramos, que completaria 120 anos em 27 de outubro, será tema de documentário pelas mãos de Sílvio Back. O Universo de Graciliano, revisita a trajetória do autor de Vidas Secas, e o filme, será rodado em três estados: Pernambuco, Rio de Janeiro e Alagoas. Sem muita convição, algumas de suas obras poderão ser relançadas pela editora Record.

 

 

DEZEMBRO:

 

 

CLARICE LISPECTOR: A editora Rocco pretende relembrar os 35 anos da morte de Clarice Lispector. Dentro da série Clarice de Cabeceira, já lançou três volumes com contos, romances e crônicas. Intitulado Clarice Jornais, com organização da pesquisadora Aparecida Maria Nunes, fará uma coleção voltada para seus textos publicados no jornal Correio da Manhã, entre 1950 e 1960.

 

Em dez de dezembro de 2012, Cássia Eller completaria 50 anos. A gravadora Universal pretende comemorar a data lançando um DVD Luz do Sol, gravado no extinto ATL Hall, Rio de Janeiro, em 2001. No estilo voz e violão, deu interpretações singulares para clássicos como Eleanor Rigby, Diamante Verdadeiro, de Caetano Veloso e Cherokee Louise, de Joni Mitchel. Também está prometido um para o cienema um documentário, Cássia Eller, de Paulo Henrique Fontenelle, com depoimentos e imagens raras.

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 21:57  comentar

Janeiro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9

16
17
20

22
25

29
30
31


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds