Revelando, imortalizando histórias e talentos
13.1.12

Os críticos apostam no cantor de soul britânico que tem Bob Dylan e Miles Davis entre suas influências. Mas outros estão bem cotados como revelações musicais para 2012.

 

 

Michael Kiwanuka, 24 anos

Depois de ouvir 180 celebridades da área, entre elas editores de revistas e jornais, críticos, DJs, blogueiros e chefes do setor de música de emissoras de rádio e televisão britânicas, a BBC divulgou uma lista com artistas e bandas que podem estourar neste ano.

 

 

O BBC's Sound of 2012, décima edição da lista da BBC que já trouxe nomes como as cantoras Adele e Jessie J, acaba de divulgar os cinco primeiros colocados deste ano. Entre eles estão um cantor britânico de Soul, uma dupla sueca e três artistas americanos: uma rapper do Harlem, um cantor de R&B de New Orleans e um DJ de Los Angeles.

 

Artistas de qualquer país ou gênero musical podiam entrar na lista. Os únicos requisitos eram não ter nenhuma música no ranking dos principais sucessos da Grã-Bretanha até 13 de novembro de 2011 e não ser grande conhecido do público, como ter participado de algum show de talentos na TV ou ser membro de uma banda já conhecida. O primeiro lugar do BBC's Sound of 2012 ficou com o cantor de Soul britânico Michael Kiwanuka, de 24 anos.

 

Citando Bob Dylan, Miles Davis e Otis Redding como algumas de suas influências, o músico de sobrenome africano - seus pais são de Uganda - começou tocando guitarra em jam sessions, antes de assumir o microfone.Depois que uma emissora de rádio da BBC tocou sua canção "Tell me a Tale" alguns meses atrás, alguns ouvintes ficaram convencidos de que um disco perdido de Al Green havia sido redescoberto". Kiwanuka se disse honrado por estar no topo da lista do BBC Sound. "Nunca esperei receber um reconhecimento desses. É uma grande surpresa e significa que muita gente está gostando do que ouviu até agora."

 

O cantor de R&B americano Frank Ocean, de 24 anos, ficou na segunda colocação.Ele se mudou de New Orleans para Los Angeles após o furacão Katrina destruir sua cidade natal em 2005, incluindo seus estúdios.Depois de algum tempo trabalhando em uma seguradora, ele disponibilizou seu primeiro álbum gratuitamente na internet – e hoje colabora com artistas como Kanye West e Jay-Z.

 

Christopher Breaux, ou simplesmente, Ocean, é também já compôs canções para Justin Bieber, John Legend e Beyoncé."Poderia ter sido confortável continuar a fazer isso (compor para outros artistas) e aproveitar o dinheiro e o anonimato, mas não foi por isso que me deixei a escola e minha família para trás"

 

A rapper americana Azealia Banks, de 20 anos, ficou em terceiro lugar.Ela conseguiu um contrato após lançar a música Seventeen, há quatro anos. Aspirante à atriz, ela confessou que, na época, a música era apenas um hobby. Depois de problemas com a gravadora, ela decidiu investir mais em suas ambições musicais e começou em trabalhar em faixas que acabaram formando as bases do que será seu primeiro álbum. Conhecida hoje como uma rapper boca-suja, ela não poupa palavrões em suas músicas. E chegou a dizer que era a "rapper Larry David", em referência ao comediante e criador da série Seinfeld.

 

Também vindo dos Estados Unidos, o DJ e produtor Skrillex é outra aposta de 2012, conquistando o quarto lugar. Com um laptop no lugar de uma guitarra, ele vem conquistando plateias de diferentes estilos musicais – de roqueiros a clubbers. Aos 23 anos, Sonny Moore, seu nome de batismo, é energético e seguro de si."Posso tocar em um clube noturno, em um show ou em um festival." Mas ao mesmo tempo em que ele já conquistou uma legião de fãs, o trabalho de Skrillex é visto por alguns críticos como "superficial e sem arte".

 

Malin Dahlstrom e Gustaf Karlof formam a dupla sueca Niki & The Dove, criada em 2010 e que ficou conhecida com seu CD de estreia, "DJ, Ease My Mind".Em quinto lugar no BBC Sound, até mesmo Dahlstrom tem dificuldade em definir o som que eles fazem: "Nossa música varia muito de canção para canção. É um pop eletrônico, mas como muitos elementos acústicos."A dupla rejeita alegações de que Karlof é a força criativa da dupla, enquanto Dahlstrom se limitaria aos vocais.

 

"Escrevemos a música juntos e Malin (Dahlstrom) escreve as letras sozinha." "Ela gosta de escrever porque é estranho cantar as letras de outra pessoa e eu compreendo isso completamente", diz Karlof. (FONTES: www.bbc.co.uk - AgênciaFM

 

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 23:55  comentar

Pelo ritmo dos trabalhos, sete estádios da Copa estarão prontos até o final deste ano. A previsão é para Brasília, Belo Horizonte, Curitiba, Cuiabá, Fortaleza, Porto Alegre e Salvador

 

 

 

 

As obras nos estádios das cidades-sede da Copa do Mundo 2014 estão em andamento em todas as regiões brasileiras. Os investimentos previstos nas arenas somam R$ 6,7 bilhões, entre recursos locais e federais. Em 2011, o BNDES aprovou e contratou financiamentos num total de R$ 3,6 bilhões para apoiar reforma e construção. Os recursos estão disponíveis através do programa ProCopa Arenas e o limite para cada contrato é de R$ 400 milhões ou 75% do valor da obra. Pelo ritmo das obras, as arenas de Brasília, Salvador, Belo Horizonte, Porto Alegre, Fortaleza, Curitiba e Cuiabá devem estar concluídas até o final deste ano.

 

 

Estádio Nacional deve ser entregue no fim deste ano

 

 

O cronograma do Estádio Nacional, em Brasília (DF), está em dia e a previsão é de que seja entregue no fim deste ano. Ao final das obras, a capacidade será de 71 mil pessoas, o que são 26 mil lugares a mais que antes das intervenções quando o local podia receber 45 mil pessoas. As pilastras que rodearão as arquibancadas pelo lado externo e dão sustentação à cobertura já estão visíveis. Brasília vai receber sete partidas da Copa do Mundo de 2014, uma delas com a Seleção Brasileira em campo, e também será palco da abertura da Copa das Confederações, em 2013. O Estádio Nacional terá cobertura em estrutura metálica, novas arquibancadas, eliminação da pista de atletismo e rebaixamento do gramado.

 

Mineirão concluiu demolições internas e externas

 

O Mineirão, em Belo Horizonte (MG), terminou o ano de 2011 com 1,5 mil operários nos canteiros de obra. As demolições internas e externas estão concluídas, cerca de 85% do trabalho nas fundações internas e 75% nas externas terminaram. O estádio terá capacidade para 67 mil pessoas e será o local, já em 2012, de três partidas da Copa das Confederações e de seis da Copa de 2014. As obras estão em andamento e o prazo de finalização é 21 de dezembro deste ano. Uma das intervenções no Mineirão é o rebaixamento do campo em 3,4 metros, medida que vai aproximar os espectadores do local do jogo. As mudanças incluem recuperação estrutural, instalação de telões e construção de novos acessos à arena.

 

Estádio de Cuiabá será entregue em dezembro

 

A Arena Pantanal encerrou 2011 com quase 40% da obra, que será entregue em dezembro deste ano, concluída. As etapas de drenagem e fundação do estádio de Cuiabá estão avançadas, em fase de conclusão, incluída a terraplanagem do campo de futebol. O estádio José Fragelli está em obras de reforma e modernização, que entre outros benefícios, vai resultar na ampliação de capacidade de público. Quando foi inaugurado, em 1975, o estádio deveria abrigar 50 mil torcedores, mas essa capacidade foi reduzida para 35 mil. As atuais intervenções vão permitir que até 43,6 mil espectadores ocupem o espaço. A Arena Pantanal vai abrigar quatro partidas da Copa. Hoje, trabalham nas obras 650 pessoas e este número deve chegar a mil em 2012.

 

 

Arena da Baixada será inaugurada no aniversário de Curitiba

 

Em Curitiba, os investimentos na Arena da Baixada são de R$ 234 milhões para obras de reforma e adequação aos padrões. O estádio chegou ao final de 2011 com o cronograma mantido e a obra deve ser entregue ainda em dezembro deste ano. Uma das principais mudanças será a ampliação da capacidade do estádio para 42 mil pessoas e as intervenções também incluem a finalização de uma arquibancada, além da adequação de setores vip, tribuna de honra, hospitalidade, imprensa, vestiários. A reinauguração do estádio paranaense está prevista para março de 2013, mês em que Curitiba celebra aniversário.

 

Obras do Castelão já superam 50% de conclusão

 

Mais da metade das obras do Castelão está concluída. São 53% de execução das ações que se dividem em quatro fases simultâneas, sendo que duas estão concluídas. O estádio, que deve estar pronto em dezembro deste ano, é um dos que estão com as obras em estágio mais avançado, e será a maior arena do Norte/Nordeste, com capacidade para 67 mil pessoas. Hoje, cerca de 600 funcionários já trabalham numa estrutura governamental edificada ao lado do Castelão. As mudanças abrangem o rebaixamento do campo em quatro metros para garantir visibilidade total aos torcedores e uma cobertura com revestimento termoacústico.

 

Arena da Amazônia vai reaproveitar água

 

As obras na Arena da Amazônia têm investimento total de R$ 533,2 milhões, sendo R$ 400 milhões de financiamento federal. O resultado da reforma e modernização poderá abrigar mais de 43 mil pessoas a partir de junho de 2013 e o estádio amazonense será palco de quatro jogos da primeira fase da Copa. A Arena da Amazônia terá restaurante, estacionamento subterrâneo, acessos para pessoas com deficiência e sistemas de reaproveitamento de água da chuva e de ventilação natural.

 

Arena das Dunas teve ações finalizadas antes do prazo

 

O estádio terá 45 mil lugares, com previsão de término das obras em dezembro de 2013 e os investimentos nas melhorias do estádio potiguar somam R$ 417 milhões, de acordo com a Matriz de Responsabilidade. Neste ano, as intervenções previstas para o estádio foram concluídas antes do prazo estipulado, segundo o governo estadual e a empresa responsável pelo empreendimento. Entre as etapas já concluídas está a demolição do ginásio Machadinho e do Machadão, a drenagem e retirada da rede elétrica e a terraplanagem.

 

 

Beira-Rio terá estacionamento para 8 mil vagas

 

Os investimentos nas obras do novo estádio do Beira-Rio (Internacional) estão estimados em R$ 290 milhões, a previsão de entrega é dezembro de 2012 e as obras estarão em andamento no final deste mês. Uma das mudanças é a ampliação da capacidade do estacionamento para 8 mil vagas. A arena de Porto Alegre terá moderna cobertura metálica, com proteção para os 60 mil lugares, as rampas e os acessos aos portões.

 

 

Mais de 2 mil pessoas trabalham dia e noite na Arena Pernambuco

 

 

As obras da Arena Pernambuco estão em execução nos turnos diurno e noturno, o que resultou em 30% de ações concluídas ao final de 2011, segundo a empresa responsável. São 2.115 funcionários trabalhando para entregar a arena até junho de 2013. A terraplenagem está concluída. Com um avanço de 85,4%, as fundações estão em fase final de execução.

 

Área coberta do Maracanã será praticamente dobrada

 

Uma das principais mudanças é a ampliação da área protegida do estádio, que aumentará de 24,35 mil m² para 47,35 mil m², com uma nova cobertura autolimpante e translúcida, que permitirá condições de luz uniforme em toda a arquibancada. Os investimentos somam R$ 883,5 milhões e vão preparar o local para receber 76,5 mil pessoas. A previsão de entrega do Maracanã é para fevereiro de 2013.

 

Fonte Nova estará concluída até dezembro deste ano

 

As obras do estádio soteropolitano têm um custo previsto de R$ 597 milhões e devem ser finalizadas até dezembro de 2012. Ao final, a Arena da Fonte Nova terá capacidade para 55 mil lugares, cobertura, restaurante panorâmico e estacionamento coberto com 1.800 vagas. Atualmente, a obra está na fase de montagem da superestrutura (peças pré-moldadas e moldadas no próprio canteiro: pilares, vigas e lajes).

 

Arena de Itaquera tem mais de 20% das obras concluídas

 

Em dezembro de 2011, a Arena de Itaquera ultrapassou 20% do cronograma de execução das obras, segundo a empresa responsável. Os investimentos são de R$ 820 milhões, sendo R$ 400 milhões em recursos federais, e a previsão é que o estádio paulista fique pronto em dezembro de 2013. O local terá capacidade para 68 mil torcedores e 3,5 mil vagas de estacionamento. São 48 mil assentos convencionais e 20 mil lugares retráteis, exigidos pela Fifa para a abertura e que serão removidos após o Mundial.

 

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 13:44  comentar

Janeiro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9

16
17
20

22
25

29
30
31


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds