Revelando, imortalizando histórias e talentos
17.3.12

Passeio do Trem Turístico Moita Bonita, de Paraguaçu Paulista a Sapezal (SP), estimula o potencial turístico, atrai turistas e fomenta o comércio loca. Cinco milhões de pessoas viajaram em trens turísticos no último ano

 

 

Exposição de cartões-postais de trens de Maurício Cardim

 

 

 

 

SAPEZAL, SÃO PAULO - BRASIL - O transporte turístico ferroviário foi a escolha de cinco milhões de passageiros em 2011, um volume 33% maior que o do ano anterior. A meta para 2016 é chegar a 10 milhões de passageiros por ano. Desde 2010, o Ministério do Turismo (MTur) coordena um Grupo de Trabalho (GT) de Turismo Ferroviário para desenvolvimento de políticas de fomento ao turismo ferroviário no País.

 

 

No momento, estão em análise mais 50 propostas de prefeituras e entidades privadas para implementação de projetos de ferrovias. O GT trabalha para que haja aumento da oferta de atrativos turísticos nas diversas regiões do País. “Vamos definir quais projetos poderão ser desenvolvidos mediante concessão de bens móveis (vagões, mobiliários) e imóveis (estações) da extinta Rede Ferroviária Federal (RFFSA) e aporte de recursos públicos”, explicou o diretor do MTur e coordenador do grupo, Ricardo Moesch.

 

Cruzeiros ferroviários - Entre as propostas em análise, a pauta do GT inclui para este ano uma novidade para o mercado turístico brasileiro: a possibilidade de criação de cruzeiros ferroviários, a exemplo dos marítimos, com paradas em pontos turísticos.

 

 

As regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste (em 11 estados) concentram 32 trens turísticos em circulação numa malha ferroviária de 30 mil quilômetros. As opções incluem visitas a apenas um ponto turístico, com duração de alguns minutos, e viagens que podem durar até 12 horas, saindo de um estado para outro. O percurso também pode incluir apresentações culturais e musicais.

 

Roteiros

 

Um dos roteiros mais populares é o do Trem do Corcovado, no Rio de Janeiro, que recebe anualmente mais de um milhão de passageiros. Já em Minas Gerais, os trilhos passam por localidades que têm acervo histórico, cultural e artístico, como é o caso da Maria Fumaça. O trecho entre São João Del Rey e Tiradentes, por exemplo, é feito com guia e passa por diversos pontos turísticos, como a Serra de São José, conhecida também como Serra de Tiradentes, pela Mata Atlântica, Fazenda Centenária e Rio das Mortes.

 

Trem do Forró

 

Outro roteiro em destaque é o do Trem do Forró, que sai do Sul para o Nordeste há 22 anos, e nas festas juninas faz o percurso entre Recife e Caruaru. Em cada um dos 10 vagões, um grupo diferente de forro pé-de-serra se apresenta para os viajantes, durante trajeto de cinco horas. O trem chega a carregar mil pessoas a cada viagem.

 

Página de Cardim sobre ferrovia:

http://www.amantesdaferrovia.com.br/photo/cart-es-postais-de-ferrovias-tamb-m?xg_source=activity

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 14:11  comentar

Março 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11

18

28
30
31


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds