Revelando, imortalizando histórias e talentos
21.3.12

 
A Olimpíada busca estimular a leitura e o desenvolvimento da escrita entre estudantes da educação básica pública. Inscrições estão abertas até 25 de maio
Foto: divulgação MEC
BRASÍLIA, DF - BRASIL - O prazo de inscrição para as redes públicas da educação básica e para os professores participarem da 3ª Olimpíada de Língua Portuguesa vai até 25 de maio, pela internet. Podem participar educadores do quinto ao nono ano do ensino fundamental e das três séries do ensino médio. Para a participação dos professores é necessário que as redes públicas façam a adesão. A terceira edição da Olimpíada foi lançada na segunda-feira (19), em São Paulo (SP).
Valorizando a interação das crianças e jovens com seu meio, a Olimpíada adota o tema “O lugar onde vivo”. Assim, para escrever os textos, o aluno resgata histórias, estreita vínculos com a comunidade e aprofunda o conhecimento sobre a realidade, o que contribui para o desenvolvimento de sua cidadania.
Estudantes - Os estudantes do quinto e sexto anos do ensino fundamental vão criar poemas; do sétimo e oitavo anos, memórias literárias; do nono ano do ensino fundamental e da primeira série do ensino médio, crônicas; e da segunda e terceira séries do ensino médio, artigos de opinião.
 
A Olimpíada de Língua Portuguesa vai além de um concurso, oferece propostas de formação dos educadores, por meio da distribuição de materiais com orientações pedagógicas e pela participação do educador em encontros para reflexão sobre as práticas educativas, com objetivo de aprimorar o processo de escrita dos alunos. Desse modo, pretende contribuir para uma prática pedagógica de melhor qualidade.
 
Etapas - A olimpíada tem cinco etapas de produção e seleção de textos. A primeira acontece na escola, a segunda no município, a terceira no estado, a quarta é regional e a última, nacional. Os autores dos 500 textos semifinalistas, sendo 125 por categoria literária, participam de oficinas regionais. A etapa regional dos semifinalistas do gênero poema será em Fortaleza; textos de memória, em Belo Horizonte; crônica, em Curitiba, e opinião, em São Paulo.
Prêmio - Nas oficinas regionais, estudantes e professores ganham bônus para adquirir livros e os 20 vencedores - alunos, docentes e suas escolas - ganham prêmios especiais. Os 20 professores e os 20 estudantes ganham medalhas, notebook e impressora; e as escolas a que pertencem, dez microcomputadores, um projetor multimídia, telão de projeção e livros.
EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 14:51  comentar

Março 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11

18

28
30
31


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds