Revelando, imortalizando histórias e talentos
2.4.12

"Comecei no como contra-regra de Geraldo Vietri, mas durante 30 anos fiquei à disposição da família Massaini", diz Gavinho.

 

 

Foto/ AgênciaFM

 

 

Paulista da cidade de Tiête, Alberto Gavinho, que prefere ser chamado de d'Berg, tomou contato com a sétima arte ainda bem jovem. Começou no super 8 com o roteiro ''O Jovem Gustavo".

 

 

Escreveu 85 roteiros sendo alguns deles levados à telona. Também realizou vários curtas exemplo " A Vida, o amor e a morte" com 45 minutos, seu estilo anárquico o levou a escrever um segundo curta "Ora pro nobis", uma colagem de vários diretores exemplo Coppola. Está em final de produção mais um curta de sua autoria, " Anne Frank", cuja proposta é exibição em circuito cultural gratuito, com roteiro e produção de Gavinho.

 

 

 

Início

 

 

Sua carreira começou na TV Tupi como contra-regra ao lado de Geraldo Vietri, na novela Senhora. Com Vietri fez Tiradentes, como assistente de montagem, e Adultério por amor, onde atuou como assistente de montagem e de direção. Mudou-se para a Marte filmes, de Cassiano Esteves, tendo feito "O Artesão de mulheres". Duarante 30 anos ficou à disposição de uma das mais tradicionais famílias cinematográficas, os Massaini. A parceria começou em "O Caçador de Esmeraldas". Fica bem claro que, em toda sua obra as temáticas recorrentes são político-ideológico e cristianismo.

 

 

Escritor

 

 

Sua carreira na literatura começou em 2005 com um polêmico livro " Deus proibido", onde pega 'carona' no filme ' O último Tango em Paris". Seu mais recente livro " Anne Frank", ele descreve uma radiografia do nazismo e expondo a essência do judaísmo constituido raiz do cristianismo. O livro é uma obra realista com enfoque transcedental. Isso dá um caráter contemporâneo por isso mesmo a necessidade de uma releitura da vida de Anne Frank e sua família sob o ponto de vista de d' Berg.

 

 

Alberto Gavinho, ou d' Berg, não somente dá novas interpretações daqueles fatos ocorridos como também as mais intimas razões que motivaram Anne Frank a eternizar sua própria vida através de cartas. Ao longo das 177 páginas, o escritor tenta deslindar o significado espiritual daquele povo, um dos pontos polêmicos da obra. Também declara aos povos, línguas e nações sua real e nobre destinação e, consequentemente, revelar as razões desconhecidas e ignoradas, porém fundamentais. O livro traz uma breve cronologia do antissemitismo na Idade Média, de 1147 até 1855, período de liberação progressiva e da assimilação judaica pelo resto da população, dada igualdade perante a lei de ambos os seguimentos sociais. (Formas&Meios Assessoria de Comunicação).

 

 

Para adquirir o livro: " Anne Frank", 15 anos, prisioneira, Judia:

 

domberg@ig.com.br

 agenciafm@gmail.com

 

( 11 ) 9847-9789

Valor: R$ 22,00 (correio incluso).

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 16:15  comentar

Roberto Shinyashiki - "Viva com Paixão" - Especial AgênciaFM

 

Olá , Hoje eu quero falar com você sobre paixão.

 

 

 

 

Viva sempre uma paixão. As pessoas que valem a pena a gente admirar são sempre apaixonadas pelo que fazem, são sempre apaixonadas pela vida. Estar apaixonado significa ter a coragem de se arriscar, de chorar, de perder, de ousar.

 

Infelizmente, vejo que existem muitas pessoas que não vivem um grande amor porque elas têm medo de ser rejeitadas, têm medo de escutar um “não”, têm receio de que as coisas não aconteçam do jeito que elas planejaram. Eu gostaria de falar para você: a coragem de chorar de saudades, a coragem de chorar no final de um grande amor, é que vai dar para você uma vida digna.

 

Muita gente vive pra não chorar, vive pra não sofrer. E eu gostaria de falar para você que quando olho pra trás na minha vida, vejo que só tive grandes conquistas porque tive a coragem de ser ridículo, tive a coragem de perder, de voltar para casa e dizer “não deu certo”.

 

Ouse. Tenha a coragem de se apaixonar. Tenha a coragem de se dar a chance de ser feliz. Não deixe que as coisas negativas te impeçam de buscar aquilo que você quer. Talvez na vida você tenha tido muitas dores de amor, talvez você tenha sido reprovado em um monte de entrevistas de emprego, t5alvez tenha falhado em momentos importantes. Mas não deixe que uma derrota faça você deixar de acreditar na vitória.

 

A vitória é o prêmio de quem acredita. Apaixone-se pelo que você quer da vida e se arrisque. Vá em frente.

Te encontro no pódio!

 

Gravei um vídeo para você, falando sobre isso:

 

http://shinyashiki.uol.com.br/blog/2012/03/3350/

 

Um grande abraço aos leitores de AgênciaFM,

Roberto Shinyashiki

 

O seu sucesso é o meu sucesso!

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 16:14  comentar

Abril 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9

18
19
20

22
23
28

29
30


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds