Revelando, imortalizando histórias e talentos
14.4.12

Sob os olhares indiferentes à cultura este homem não passa de um idoso, um rosto a mais perdido na multidão aos habitantes da metrópole paulistana. Porém, ele é o primeiro a receber convites quando o Circo de Soleil vem ao Brasil, senta-se na parte VIP, e conversou com F&M.

 

 

 

MM cara-a-cara/Foto: FM. Martins

 

Nascido José Araújo de Oliveira em 24 de setembro de 1923, em Pernambuco, afamado no mundo inteiro não precisa provar nada para ninguém. Entretanto, para falar à Formas&Meios, se precisava de um único tópico diferente do que já foi dito sobre sua trajetória circense que ultrapassou frontreiras. Isso não é impecilho para este mestre dos picadeiros que tem centenas de histórias. Muito ressabiado, fomos falar com o Mestre Maranhão em seu território, sua casa, o saguão do Museu do Circo, na Galeria Olido, onde se localiza a Secretaria de Cultura do município de São Paulo. Papo vai e papo vem, aos poucos o falador senhor vai revelando sua história e suas mágoas. "Estou com um pacote de telesena do Sílvio Santos e quero mostrar para ele ver se são ou não premiadas", diz Maranhão. Passou.

 

 

 

Maranhão na sala de espera do Museu do circo/Cícero Silva

 

Uma coisa é certa, ele não ganhou este título de 'mestre' por seus olhos azuis ou seu 1,90 de altura. Tudo foi construído com muito talento e dedicação à profissão. Medindo menos de 1,60m, o franzino Maranhão, não cursou nenhuma escola de circo. Entretanto, aprendeu com grandes nomes como Gregório, Ferrugem. Com mãos fortes e firmes, ele fez números considerados perigosos no circo exemplo Trapézio (Aliás o tópico é sobre o filme Trapézio). Especializou-se em balanço, arame em atuações memoráveis em circos como Stevanowich, Nerino e Fekete.

 

 

"Vê se coloca isso ai na gazeta que esqueceram de colocar nos livros que apareci" disse Maranhão de súbito. Ele pedia para salientar que um grande circo europeu aportou no Rio de Janeiro nos anos 60 " O Circo de Alumínio", na Avenida Getúlio Vargas, e depois de várias apresentações no Brasil fora vendido para o Garcia. Neste circo, Maranhão desempenhou a função de Mestre de Pista, e isso e deixa muito orgulhoso. sua fama corria mundo, então, viajou para o México, Rússia e França. Aliás, por falar em França, é chegada a vez e a hora dele surpreender com o tópico prometido.

MM em frente à sua arte/ Foto: Cícero Silva

 

" Eu estava na França e ia passando em frente a um circo lindo. Deu vontade de ver e fiquei na porta. Logo um cidadão com sotaque espanhol disse " venga Dom Maranhon" (pausa) , e já colocando-me pra dentro do circo. Para minha surpresa, estavam gravando a cena entre Tony Curtis, Burt Lancaster e Gina Lollobrigida, que interpretava uma volante no filme Trapézio,1956. Como lhe contei, trapézio é uma das minhas especialidades. Observei que as unhas de Gina estavam grandes demais. Isso oferece risco pois em um movimento errado pode penetrar no olho de um dos parceiros e levar a cegueira. Eu queria falar mas não podia. Então, usei Lancaster como meu interlocutor. Eu fazia sinais para ele mostrando minhas unhas e simulando serrá-las. Ele, então, entendeu direitinho minha mímica e pediu que interrompesse a cena e falou para Gina Lollobrígida o assunto. Assim, o diretor autorizou que aparassem suas unhas", narrou empolgado Mestre Maranhão.

 

 

Ensinando

 

 

 

 

Mestre Maranhão jamais deixou o picadeiro. Construtor de lonas ele detém uma gama de cobiçadas ferramentas circenses em sua residência, e desde os anos 80 até os dias de hoje, ele se dedica a ensinar sua arte. Muitos artistas passaram por suas mãos. Artesão de primeira, é autor da maquete da sala de espera do museu do circo onde foi fotografado apontando para sua foto. Maranhão casou-se com Railda Evans Raywamon com quem teve Suely e Ronaldo, também atuantes no circo. Assim, Formas&Meios reforça a imortalidade deste afamado 'Mestre Maranhão'. (Reprodução somente com autorização - agenciafm@gmail.com).

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 02:47  comentar

Abril 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9

18
19
20

22
23
28

29
30


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds