Revelando, imortalizando histórias e talentos
7.8.12

 Espetáculo resgata a memória e a identidade dos usuários de CRACK

 

Com apresentações marcadas para os dias 10 a 12 de agosto de 2012, na Funarte SP, no projeto Interlocuções Poéticas, a coreografia “Pipando... Onde dormem os pássaros” promete dar uma nova visão ao universo devastador dos usuários de crack. O espetáculo guiará o público – por meio dos movimentos e sensações da dança contemporânea – nos caminhos tortuosos dos usuários da droga. Ganhador do prêmio 8ºPrograma de Fomento à Dança para a Cidade de São Paulo, o espetáculo dialoga com a vídeo-arte, dança contemporânea, hip-hop,contato e improvisação para contar histórias desse universo em forma de dança.

 

 

 

Com concepção e direção de Pedro Costa e interpretação musical ao vivo de Andrei Ivanovic, “Pipando...” mostra personagens em que os caminhos se bifurcam entre alucinações e momentos em que vivenciam o afeto coletivo e conflitos inevitáveis que levam ao isolamento.

 

 

 

 

Pesquisa e criação coreográfica

 

“Pipando...” é um genuíno processo de investigação, que não se limitou aos livros ou a internet: os bailarinos Lúcia Weber, Sérgio Luiz, Márcio Dantas, Roger de Paula e Pedro Costa partiram para a pesquisa de campo e visitaram locais como a Praça da Sé, Praça Júlio Prestes, Largo Coração de Jesus e a Cracolândia, onde colheram entrevistas e depoimentos de usuários. Declarações de familiares, profissionais da saúde, agentes de saúde, sociais, policiais e visitas a clínicas de recuperação completam a pesquisa. A coleta do material trouxe subsídios suficientes para que cada um dos cinco bailarinos compusesse uma galeria de personagens com vidas aparentemente normais, mas que acabaram se entregando ao vício, como uma mulher com ótima situação financeira que deixa os ambientes luxuosos que o dinheiro pode proporcionar para se tornar uma espécie de “zumbi” na Cracolândia, um auxiliar administrativo que perde o rumo no trabalho e encontra o vício, ou mesmo uma criança, que vive com o olhar voltado para o chão, em busca de alguma “pedra” caída, esquecida ou perdida.

 

“Pipando... Onde dormem os pássaros” levou os intérpretes-criadores a investigar sobre um universo em que as pessoas se submetem a uma dura realidade permeada de violência, crianças deformadas pelo poder voraz da droga, vivendo em um ambiente individualista, de desamor, opressão e de renúncia a qualquer autoestima.

 

Quem é Pedro Costa

 

Bailarino e coreógrafo, Costa iniciou suas atividades voltadas à dança em 1981 em Recife/PE.  Trabalhou com os diretores de teatro João Falcão e Rubens Rocha Filho. Posteriormente em São Paulo, estudou com Jane Blauth, Marilena Ansaldi e Ivonice Satie, entre outros. Trabalhou nas companhias Cisne Negro, Joyce Balé, Canvas Cia de Dança, Pássaro de Fogo e grupos independentes. Em 1995, na Europa, aperfeiçoou seus estudos em dança contemporânea na Bélgica, Amsterdã e Alemanha. Dirigiu e atuou junto com Ivonice Satie na Cia. de Dança de Diadema de 1997 a 2001. Foi professor e coreógrafo no Centro de Dança da Prefeitura de Santo André de 2002 a 2004, onde criou e dirigiu os espetáculos: “Eternamente Elis”, “Boneca de Pano” e “Mocambo”. Em 2004 ganhou o Prêmio Estímulo à Dança Contemporânea da prefeitura Municipal de São Paulo com o espetáculo solo “De… Repente”.

 

Em 2005 criou o espetáculo “Urbanóides” juntamente com o bailarino e coreógrafo Sérgio Luiz.  Em 2006 estreia o espetáculo “Khronos” no SESC Ipiranga que, em 2007, ganhou o Prêmio Fomento Municipal à Dança para Circulação. 

 

Pipando... Onde dormem os pássaros

Duração do espetáculo: 60 minutos

Classificação etária: 14 anos

Dias 10 e 11 de agosto, às 19h45 e dia 12 de agosto de 2012, às 18h45

 

Ficha técnica

Concepção e direção: Pedro Costa Assistente de coreografia: Márcio DantasProdutor executivo Rogério Leite Criadores-intérpretes: Lúcia Weber, Marcio Dantas, Roger De Paula e Marcio Grillo Trilha Sonora: Thiago Jamas Vídeodança: Fabio AlmeidaFotos: Arnaldo Torres Figurinos: Núcleo Artístico Iluminação: Domingos QuintilianoSonoplastia: Mauricio Obregon

 

Serviço

 

FUNARTE: Alameda Nothmann, 1058 Campos Elíseos – São Paulo SP

(Próximo à estação Santa Cecília do Metrô)

Ingressos: $ 10,00 e $ 5,00

Capacidade da sala 70 lugares

Agenda atualizada e informações detalhadas no http:/interlocucoespoeticas.

blogspot.com.br ou facebook: Interlocuções Poéticas

Informações e reservas de convites pelo interpoeticas@radarcultural.

com.br

 

                              

  

Canal Aberto Assessoria de Imprensa

11 3798 9510 / 2914 0770

11 99126 0425 - Márcia Marques /// 11 8807 6467 - Lau Francisco

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 02:34  comentar

Agosto 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9

13
17

20
22

27


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds