Revelando, imortalizando histórias e talentos
21.8.12

Plano visa garantir autonomia e direitos das pessoas com deficiência. Ações são de educação, saúde, acessibilidade e inclusão social

 

O Plano Viver sem Limite tem quatro eixos de atuação: educação, saúde, acessibilidade e inclusão social. “A nossa avaliação é de que o plano está obtendo resultados concretos para a vida das pessoas, mobilizando a sociedade brasileira, estados e municípios, pelos direitos das pessoas com deficiência”, disse a ministra da Secretaria dos Direitos Humanos (SDH) da Presidência da República, Maria do Rosário Nunes. 

Entre as metas previstas para 2014 está a disponibilização de 2.609 veículos acessíveis para transporte escolar, a criação de pelo menos 150 mil vagas de qualificação profissional, a busca ativa de crianças e adolescente com deficiência que estão fora da escola, a implementação de 200 residências inclusivas, a construção de um Centro-Dia de Referência em cada estado e a contratação de 1,2 milhão de casas adaptáveis no Minha Casa, Minha Vida 2. 

Na área da saúde, serão introduzidos novos exames para identificação precoce de deficiências e haverá 45 novos Centros Especializados de Reabilitação em todo o País.“É importante ressaltar que estamos trabalhando a partir de uma nova lógica, que é de autonomia e garantia de direitos das pessoas com deficiência”, avalia a ministra.

Outra ação é o catálogo nacional de produtos de tecnologia assistiva, lançado em novembro de 2011, e o site www.assistiva.mct.gov.br, que é atualizado periodicamente, com base em solicitações e informações dos fabricantes, e já teve 68 mil acessos.

Inovação - Em julho, foi inaugurado o Centro Nacional de Inovação em Tecnologia Assistiva, em Campinas (SP), nas instalações do Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer (CTI). Foram habilitados 29 Núcleos Interdisciplinares de Inovação em Tecnologia Assistiva para compor a rede. 

Dentro do Programa Nacional de Inovação em Tecnologia Assistiva, foi criada uma linha de crédito da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) de R$ 90 milhões, sendo que R$ 11 milhões já foram destinados para apoiar oito projetos de inovação em tecnologia assistiva.

Além disso, o início do curso do primeiro centro tecnológico Cães-Guia, em Camboriú (SC), está previsto para setembro. Outros quatro municípios já foram selecionados para abrigar os demais centros.

 

 

Paralimpíada 2012

 

Atletas brasileiros já estão na Inglaterra para as Paralimpíada. Quem sabe o desempenho seja melhor do que o dos pernetas enviados às Olimpíadas de julho passado na mesma cidade. Veja notícia: 

Carlos Ferreira com o atleta-guia

Paulo Ramos

Mais de 250 integrantes do time paralímpico embarcaram para Manchester, na Inglaterra, onde permanecerão até 22 de agosto. Em seguida, serão transferidos para a Vila Olímpica, em Londres. Na história dos Jogos Paralímpicos, pela primeira vez os atletas passam por um período de aclimatação. A etapa ocorrerá graças a um convênio feito pelo Comitê Paralímpico Brasileiro com o Ministério do Esporte, via o Sistema de Convênios do governo federal (Siconv).

Nos Jogos de Pequim, em 2008, apenas o atletismo e a natação chegaram antes à China para se habituarem ao fuso, alimentação e clima do país. Em Manchester os atletas terão a oportunidade de participar ainda de amistosos com alguns países, reforçando a preparação para as Paralimpíadas.

Para os jogos deste ano, a meta do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) é figurar entre os sete no quadro geral de medalhas. Na última edição (Pequim 2008), a equipe nacional terminou na nona colocação, com 47 medalhas (16 ouros, 14 pratas e 17 bronzes). No grupo, formado por 318 pessoas, 182 são esportistas, sendo 156 deles beneficiados pelo programa Bolsa-Atleta do Ministério do Esporte.

Mulheres - O número de mulheres será recorde nos Jogos Paralímpicos: serão 1.513 atletas competindo em 18 modalidades, de acordo com o Comitê Paralímpico Internacional (IPC, na sigla em inglês). Apenas futebol de 7 e futebol de 5 não têm delegações femininas. Em Pequim 2008 foram 1.383. O número é mais que o dobro das 700 atletas que participaram dos Jogos de Barcelona 1992, duas décadas atrás. Para a dirigente do Comitê de Mulheres no Esporte do IPC, Tine Teilman, o número crescente de mulheres participantes é essencial para assegurar a igualdade de oportunidade no esporte. “Tenho certeza de que veremos várias esportistas com desempenhos inspiradores e empolgantes e que se tornarão grandes modelos para outras”, disse. 

Nos Jogos de Atlanta, em 1996, participaram 790 mulheres; 990 em Sydney 2000 e 1.165 em Atenas 2004. O aumento também ocorreu na delegação brasileira: em Pequim 2008 participaram 55 mulheres e, neste ano serão 67.

Jogos 2012

Os Jogos Paralímpicos de Londres 2012 acontecem entre 29 de agosto e 9 de setembro. Mais de 4,2 mil atletas de 166 países disputarão o pódio em 20 modalidades. Saiba mais em www.esporte.gov.br

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 00:54  comentar

Agosto 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9

13
17

20
22

27


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds