Revelando, imortalizando histórias e talentos
31.1.13

Vale-cultura: dinamizar economia cidades, diz Marta

Semelhante ao vale-refeição, o vale-cultura dará direito a gasto de R$ 50 com atividades culturais a trabalhador com carteira assinada além de dinamizar economia das cidades, diz Marta.


BRASÍLIA (DF) BRASIL - A ministra da Cultura, Marta Suplicy, disse terça-feira, 29, durante o Encontro Nacional com Novos Prefeitos e Prefeitas, que o vale-cultura vai fomentar a economia dos municípios. “Você já imaginou o que serão os trabalhadores de até cinco salários com seu vale-cultura na sua cidade? Ele vai dinamizar a economia, com certeza”, assevera a ministra.
 
Ainda durante o encontro, ela explicou aos prefeitos de todo o país sobre o funcionamento do vale-cultura e do Sistema Nacional de Cultura. A ministra se mostrou otimista com o vale-cultura. Com ele, o trabalhador com carteira assinada terá R$ 50 para gastar com programas culturais como shows, cinemas, exposições, teatro, além de poder comprar livros e revistas. Cada beneficiário terá descontado de sua folha salarial R$ 5, ao passo que os demais R$ 45 ficam a cargo do empregador.

Vale-refeição
 
Segundo a ministra da cultura, o vale-cultura funcionará como um vale-refeição. Um cartão magnético no qual será creditado o valor mensal cumulativo. “A primeira coisa é detectar quais os produtores locais que vocês podem ajudar a se fortalecer para virarem credenciados do vale-cultura. “O município pode fazer sua adesão, mesmo que não tenha nada ainda pronto. Porque esse sistema está na Casa Civil, com a última regulamentação, que está pra sair. Segundo Marta, 1.407 municípios, em sua maioria com mais de 500 mil habitantes, já aderiram ao sistema.
EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 01:36  comentar

Janeiro 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

15
16
17
19

20
22
23
26

27
28
30


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds