Revelando, imortalizando histórias e talentos
24.3.13

Morre Bebo Valdés, era considerado um dos músicos mais completos de Cuba

 

 

 

Arranjador,  compositor e pianista cubano Bebo Valdés, considerado por muitos um dos músicos mais completos da ilha caribenha, morreu nesta sexta-feira,22,  na Suécia vitimado pelo Mal de Alzheimer, informou o percussionista Amadito Valdés.

 

 

Bebo Valdés morreu aos 94 anos em Estocolmo, cidade onde morava desde 1963. Segundo especialistas musicais, ele foi um dos gênios e protagonista dos momentos de ouro da história musical de Cuba. Seu filho Chuco Valdés, ganhador de vários prêmios Grammy, esteve junto com o pai há duas semanas em Benalmádena, no sul da Espanha, para onde havia sido levado temporariamente devido ao avanço da doença que o afetava há vários anos.

 

 

"O neto de Bebo me ligou, o pianista Roberto Carlos Rodríguez, da orquestra Los Van Van, para me avisar da morte de seu avô hoje (sexta-feira)", disse Amadito Valdés, um percussionista cubano, ex-integrante do grupo Buena Vista Social Club. "Bebo é um ícone, um paradigma da música cubana dos anos 30, um fenômeno, é uma perda grande para a música", destacou por telefone à Reuters desde sua casa em Havana.

 

 

O verdadeiro nome de Bebo Valdés é Dionisio Ramón Emilio Valdés Amaro, nascido em 9 de outubro de 1918, em Quivicán, nos arredores de Havana. Tocou em várias orquestras desde os anos 1940 e gravou discos com grupos de jazz afrocubano. Em 1960 viajou ao México, logo foi aos Estados Unidos e permaneceu na Espanha. Mas em 1963 decidiu ficar na Suécia e nunca mais voltou a Cuba. Mais recentemente, Valdés assinou a trilha sonora do filme "Chico y Rita", de Fernando Trueba, indicado ao Oscar de melhor animação em 2012.

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 01:13  comentar

Março 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
14
15

17
19
21
23

25
26
27
28

31


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds