Revelando, imortalizando histórias e talentos
13.11.13

Na Semana da Consciência Negra teremos a volta do Caldeirão do Negão, na Casa das Caldeiras com  uma programação GRATUITA de música, poesia, circo e dança. 

 

Caldeirão do Negão leva atrações gratuitas para a Casa das Caldeiras

Shows, performances de dança afro, salão, break e sapateado, além de performances de poesia e circo e exposição de produtos afro fazem parte da programação gratuita

 

 

 O Caldeirão do Negão está de volta.  Após 1.200 pessoas lotarem o evento em 2011, a segunda edição chega para ferver novamente a panela da Casa das Caldeiras, no dia 17 de novembro de 2013, das 15h às 20h, dentro das comemorações da Semana da Consciência Negra, com ENTRADA FRANCA. O Caldeirão reunirá diversas manifestações da cena preta paulistana, como dança afro, break, dança de salão, além performances de sapateado, circo e poesia. O grupo Samba Delas fecha a programação do Caldeirão.

 

Organizado por livre iniciativa de empreendedores negros de São Paulo, esta nova edição do Caldeirão do Negão adota nesta edição o formato “Cabaret”, um estilo americano de evento onde as linguagens artísticas se manifestam quase que simultaneamente. Poesia, música, dança e intervenções artísticas proporcionarão ao público um verdadeiro mosaico de espetáculos, mostrando, desta forma, toda a diversidade de tons e estilos da cultura negra. O evento terá a apresentação da jornalista Chris Gomes e traz expositores de produtos ligados à cultura negra, como a Resisto, Xongani, Nega Fulo, Feira Preta, Negra Pan Fashion, além de especiarias gastronômicas preparadas por Pakuera, presidente do Samba da Vela.

 

zumblack

 

 

O que é o Caldeirão do Negão

 

A ideia do Caldeirão do Negão surgiu em 2010 durante o Curso de Negócios Culturais Sustentáveis, promovido pelo Instituto Feira Preta, reunindo produtores culturais de várias regiões de São Paulo. Os assuntos de empreendedorismo e sustentabilidade, criação em rede e produção a partir de processos colaborativos inspirou aqueles produtores, que resolveram fazer seu “TCC” saltar do papel para a prática: o evento provou que hoje é possível a comunidade negra criar em rede, de forma colaborativa, criando parcerias e compartilhamento de idéias.


 

PROGRAMAÇÃO

 

15H 

DJ VIVIAN MARQUES

A DJ Vivian Marques, além pilotar os toca-discos desde 2006 e lotar bailes como a festa Nos Tempos da Soweto (SP), ela também comanda desde 2009 o projeto O Futuro do Hip Hop.

DJ  R-JAY

R-Jay, é um conceituado DJ do cenário black paulistano, e a cada dia vem ganhando mais espaço com sua performance diferenciada.

 

15H30 - 16H30: MESA: PARÂMETROS DE LEGITIMAÇÃO DA MODA AFRO BRASILEIRA

Participantes:

O estilista JAERGETON CORREA ganhou destaque no universo da moda por mesclar estilo urbano com toques étnicos. Começou a desenhar aos 13 anos, com o apoio da mãe, uma costureira da Zona Norte da cidade. Autodidata no modo de criar suas idéias vêm de lugares abandonados da cidade e do grafite, transformando estas inspirações em estampas e texturas. JUN ALCANTARA, criador do Ubora um blog/fanpage, no ar há três anos e se destacado cada vez mais por sua simplicidade e sofisticação. Com estilo "retrô" e "contemporâneo" traz inspirações e tendências da moda e do estilo que passeia pelas ruas.

O Jornalista NABOR JR., editor da revista O Menelick 2º Ato, faz a mediação dos debates.

 

16H45 – 17H: ESQUETE DANÇA AFRO

DÉBORA MARÇAL , da Cia. Capulanas, composto por jovens negras (os) de movimentos artísticos e políticos de São Paulo, apresenta uma performance mostrando os movimentos seculares e tradicionais da dança afro.

 

 

17H10 - 17H30: ESQUETE POESIA

MÁRCIO BARBOSA, do Quilombhoje Literatura, grupo paulistano de escritores com proposta de aprofundar a experiência afro-brasileira na literatura, recitam poetas de destaque da cultura negra.

 

FÁBIO BOCAcria do sarau da Cooperifa, conta com publicações de alguns poemas em livros de coletivos e saraus. Foi campeão do Zap Slam 2011(slam de poesia), de onde conquistou a vaga para representar o Brasil no Grand Slam Coupe du Mounde de Poesie, em 2012 – Paris (França).

 

17H40 – 18H10: ESQUETE MUSICAL DENA HILL E ZUMBLACK

A cantora DENA HILL (VOZ E VIOLÃO) alia sua voz recheada de swing ao balanço da soul music do ZUMBLACK, banda formada a partir da amizade formada na Faculdade Zumbi dos Palmares. O Pocket Show passeia pela Black Music, R&B e Jazz.

 

18H20 – 18H40: ESQUETE CIRCENSE TRUPE LIUDS

CIA TRUPE LIUDS surgIU em 2006, no intuito de difundir a arte circense na periferia da cidade de São Paulo. É uma companhia composta por  palhaços Negros, que através da linguagem lúdica recria a realidade cotidiana e desperta o mundo imaginário da população menos favorecida. 

 

18H50 - 19H: ESQUETES DANÇA DE SALÃO ROGERINHO E THAIS BLACK

O dançarinos ROGERINHO e THAYS BLACK trazem o que há de melhor da dança de salão.

 

19H10 – 19H20: ESQUETE BREAK AFROBREAK CREW

O público não vai tirar os olhos do palco com as performances do AFROBREAK CREW, grupo de dança que representa um dos elementos do Hip Hop.

 

19H30 – 19H40: ESQUETE SAPATEADO MARCELO SANTOS

MARCELO SANTOS, solista do Festival Internacional de Sapateado Americano, premiado em 2012 e 2013 com bolsa de estudos para o Brasil e USA. O sapateador também integra o elenco do espetáculo New York New York, onde apresenta o sapateado original dos negros norte-americanos.

 

19H50 – 20H: ESQUETE POESIA RAQUEL ALMEIDA E MICHEL YAKIN

A poetisa e ativista cultural RAQUEL ALMEIDA e MICHEL YAKIN,escritor, poeta e arte-educador, ambos do Coletivo Elo da Corrente, fazem uma intervenção poética.

 

20H10: SHOW SAMBA DELAS

                                                                                    

A comunidade é formada por mulheres de diferentes áreas profissionais e que têm em comum o fato de serem atuantes no universo sambistico, com histórico reconhecido nas rodas de samba de diversas comunidades paulistas na qualidade de músicas, cantoras, compositoras e poetisas. 

 

PROGRAMAÇÃO ESPAÇO DE BAIXO

 

15H – 19H: FESTA E DISCOTECAGEM SEXY BLACK

19H – 19H30: POCKET SHOW AVANTE O COLETIVO

 

Caldeirão do Negão

Quando: dia 17 de novembro de 2013, das 15h às 20h

Local: Casa das Caldeiras - Av. Francisco Matarazzo, 2000 –

Barra Funda, São Paulo

ENTRADA FRANCA

-----------------------------------------------------

 

Museu do Futebol apoia ação em prol da luta contra o câncer de próstata

 

 

 

 

SÃO PAULO (SP) BRASIL - O Museu do Futebol – instituição da Secretaria de Estado da Cultura, localizado no estádio do Pacaembu – abraçou a importância da conscientização sobre exames de rastreamento do câncer de próstata, apoiando o Movimento Novembro Azul, promovido pelo Instituto Lado a Lado pela Vida em parceria com a Sociedade Brasileira de Urologia.

 

 

 

A partir do dia 15 de novembro, a fachada do Museu receberá uma iluminação em tons de azul, mantendo-se todo iluminado até dia 22 de novembro. Além do cenário especial, nos dias 16 e 17 de novembro serão distribuídos folhetos sobre a campanha.

 

 No dia 16 de novembro, das 10h às 11h, será realizada uma palestra especial sobre o câncer de próstata no Auditório Amando Nogueira. O palestrante será o oncologista Ricardo Caponero, ex-presidente da Associação Brasileira de Cuidados Paliativos. São esperadas 180 pessoas para a ação e a entrada é gratuita.

 

Sobre o Novembro Azul

 

Depois do sucesso do “Outubro Rosa”, movimento sobre prevenção do câncer de mama que tomou conta do Brasil, agora chegou a vez de repetir a dose, mas com a atenção voltada para a saúde masculina. Criado pelo Instituto Lado a Lado pela Vida em parceria com a Sociedade Brasileira de Urologia, o “Novembro Azul”, tem o objetivo de orientar sobre câncer de próstata, assunto ainda cheio de preconceito e resistência entre os homens que não têm o hábito de ir ao médico para a realização de exames preventivos. De acordo com o INCA, no Brasil, um a cada seis homens é vítima da doença, que, se não identificada e tratada no estágio inicial, pode levar a óbito. Esse mal é considerado um dos principais fatores responsáveis pela morte entre os homens.

 

As ações são desenvolvidas em espaços abertos (áreas de grande circulação pública) e fechados (empresas, hospitais, entre outros), além de contextos urbanos e rurais, e possuem abrangência local e nacional. São utilizados diferentes meios de comunicação e de sensibilização do público-alvo, como materiais informativos próprios, recursos lúdicos e artísticos, oficinas, portais eletrônicos, mídias sociais, sites e blogs.

 

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 13:11  comentar

Novembro 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

12
14
16

17
20
21
23

24
25
27
30


SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds