Revelando, imortalizando histórias e talentos
18.11.15

Assim como a flora brasileira, a televisão nacional está cada dia mais escassa de grandes atrizes. Nathália Timberg, ao lado de mais duas ou três, são as últimas moicanas. Agora, somente rostinhos bonitos com jeito de atriz. Talento que é bom, nada. 

Nathalia Timberg em pose especial para

o jornalista FraMartins, em 2003. 

 

Formou-se pela Escola de Belas Artes, na Universidade do Brasil, em 1940, atualmente Universidade Federal do Rio de JaneiroNathália Timberg é considerada uma das melhores atrizes brasileiras. Participou de muitos programas do ciclo Grande Teatro tupi, da extinta, dirigida por Fernando Torres (marido de Fernanda Montenegro), Flávio Rangel e Sérgio Brito. 

 

Na televisão, integrou o elenco de diversos teleteatros e telenovelas, com personagens de destaque, assim como participou de um dos primeiros telejornais da Rede Globo, o Tele Globo.

 

Alguns de seus trabalhos são considerados clássicos da teledramaturgia , como a primeira versão brasileira de O Direito de Nascer, na versão romance, A Muralha, na extinta TV Excelsior, A Sucessora, Elas por Elas, Ti Ti Ti, Vale Tudo, Pantanal (extinta TV Manchete), entre outras grandes telenovelas. 

 

Em 2013, ganha destaque interpretando a ética Bernarda, de Amor à Vida,  uma senhora solitária que vive um inusitado romance de meia idade com um médico. 

 

Em 2014, é escalada para Babilônia, na qual fará um casal homossexual com Fernanda Montenegro, tendo as duas atrizes escandalizando os mais puritanos com um beijo lésbico da Terceira idade.  Natália Timberg manteve uma carreira muito regular, sempre marcando presença em todas as décadas de 50, 60, 70, 80, 90. (Francisco Martins). 

EDITORIAS: ,
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 23:39  comentar

O curso de Formação de Atores da Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) estreia, no próximo domingo (22), o espetáculo “Palácio dos Urubus”, montagem do texto de Ricardo Meirelles. 

 

JOÃO PESSOA (PB) BRASIL - A apresentação, que acontece às 19h no Teatro Paulo Pontes, é o exercício final para a turma de 2015, que ingressou no curso em março e chega à reta final sob a direção de Roberto Cartaxo. O elenco traz 28 atores. A entrada custa R$ 5 (preço único).

Sinopse – “Palácio dos Urubus” é uma crítica sobre um decaído regime monárquico de uma fictícia ilha topical chamada Babaneiralle. Um país que nunca teve rumo, que sempre esteve à deriva e vivendo ao sabor do vento e da corrupção. O texto foi escrito em 1975, por Ricardo Meirelles, mas ainda continua atual e arranca gargalhadas dos espectadores que se divertem com as divertidas referências que o autor faz da pátria brasileira e da história mundial. Em um lugar onde tudo pode acontecer, um rei e sua extravagante corte tropical correm o risco de uma invasão no palácio real e uma terrível revolução paira sobre a cabeça dos “tubarões da mordomia” que se aproveitam do povo, roubando seu dinheiro.

Ficha técnica – A direção é de Roberto Cartaxo; assistente de direção: Carlos Machado; coreografia: Ana Soares; preparação vocal: Jandaciara Gissia; iluminação: Eloy Pessoa; concepção cenográfica: Roberto Cartaxo; figurino: alunos do curso; elenco: Alysson Nunes, Dannielly Sousa, Daniele  Ferreira, David Domingos, Ellen Farias, Felipe Cordeiro, Ivaney Justino, Jairton Curz, José Adelino Filho, Júlia Coqueiro, Júnia Giovanna Meireles, Karine Kis, Kátia Pedrosa, Lays Pontes, Layon Stanlyn, Leamdrewson Silva, Liliane pereira, Lucas Justino, Luiz Oliveira, Raissa Ruffo, Rayssa Soares, Rose Bahia, Sônia Pontes, Vandilson Agra, Yasmin Dandara. Sonoplastia: Wilson Lacet.

 

Serviço

Estreia “Palácio dos Urubus”

Exercício Final do Curso de Formação de Atores (Funesc)

Data: domingo (22)

Hora: 19h

Local: Teatro Paulo Pontes (Espaço Cultural)

Entrada: R$ 5 (preço único)

Informações: (83) 3211-6225 / 9-8780-0086

EDITORIAS:
link da notíciaBy Equipe formasemeios, às 23:38  comentar

Novembro 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11

15
19
21

26
28



SITES INDICADOS
Buscar
 
blogs SAPO
subscrever feeds